busca | avançada
55141 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Sexta-feira, 3/5/2002
Comentários
Leitores

Santa ingnorança!
De novo: foi mal, Fábio. Como sou burro! E como eu pude depreender que a joaninha prado era alusão ao meu sobrenome se tenho assinado com o sobrenome Macedo? Putz, que melada, hein? Rogério

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Rogério Macedo
3/5/2002 às
15h54

Mulheres lendo
Juliano, Sue, Homer, Rogério, Roberto, e Fabio- mil obrigados pela visita e pelas palavras. Bernardo, obrigado também. Mas solução não é comigo...Está bem, lá vai uma soluçãozinha: revistas do tipo Playboy, ao invés de fotografarem as mulheres brincando com bolas gigantes de plástico, como se elas tivessem 5 anos, vão fotografá-las lendo, com os óculos na pontinha do nariz. Ler é sexy! Ou essa solução é nerd demais? Não, não acho- gostei. Um abraço, Alexandre.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Alexandre
3/5/2002 às
15h39

A Peiticeira, Rogerio!
Rogério, tenho certeza que o Fabio se referiu à Joana Prado, a Mulher que Me Dá Medo. A Feiticeira, cujo apelido já nasce da ignorância (erraram o seriado). Não a você. Há Prados e Prados...Um abraço, Alexandre Soares.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Alexandre
3/5/2002 às
15h29

Num tô intendendo.
Sinceramente, não entendi. No comentário inicial eu não fiz outra coisa senão concordar com o Alexandre. Aí o Fábio vem, também concorda com o Alexandre, diz que o Alexandre tá certo, que o texto é fantástico e... me trata de forma pejorativa (ao menos foi isso que depreendi do "joaninha prado"). Sinceramente, desculpem-me a extensão da minha burrice, mas não entendi patavuna. Vou considerar que o Fábio, por motivos que desconheço, não compreendeu o que escrevi. E não compreendeu, estou certo, porque eu talvez não saiba escrever algo que o Fábio possa "ler e compreender". Foi mal. Rogério

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Rogério Macedo
3/5/2002 às
15h15

Num tô intendendo.
Foi mal aí, Fábio. Mas o que é uma joaninha prado?

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Rogério Macedo
3/5/2002 às
15h10

O terceiro homem
Cara Marília, realmente, o Terceiro Homem não foi dirigido por Welles, que só participou. Nos filmes que citei, que julguei serem os principais, deveria ter dividido a atuação de Welles em direção, atuação, produção, porque, da forma como fiz, ficou parecendo que o cineasta foi diretor de todos eles. Vou consertar. Obrigado. Bruno Garschagen

[Sobre "O cidadão Welles"]

por Bruno Garschagen
3/5/2002 às
15h06

Grande diretores
Caro Otavio, obrigado pelas palavras. Infelizmente, ainda não vi o KRO249, mas já li algo sobre o documentário e pedi para um colega gravar para mim. Valeu o toque sobre os filmes do Kubrick. Vou tentar vê-los para elaborar um texto. Sobre os outros grandes diretores, não sei se estou a altura de escrever sobre eles, assim como escrevi sobre Welles mais por petulância. Mas, obrigado pela consideração e leitura. Abs. Bruno Garschagen

[Sobre "O cidadão Welles"]

por Bruno Garschagen
3/5/2002 às
14h56

Mensagem para o Bruno
Bruno Apesar de ter todo o estilo de um filme de Orson Welles, o Terceiro Homem não foi dirigido por ele e sim pelo Carol Reed.

[Sobre "O cidadão Welles"]

por Marilia Araujo
3/5/2002 às
14h06

joaninhas
Cara, fantástica sua coluna. Uma das suas melhores (como todas as outras, aliás). É um privilégio poder lê-lo e compreendê-lo - azar das joaninhas prados, condenadas ao asfalto e ao silicone. Mas confesso que de vez em quando, de vez em quando, eu gostaria de ser um abacate. Ignorante e burro como um abacate. Sem dúvida sofreria menos - mas também viveria menos. Um grande abraço, Fabio.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Fabio
3/5/2002 às
13h56

Pulando e batendo palminhas!
Coisa mais estranha! Não sei por que, mas ao entrar novamente nesta página... cheguei a escutar um trechinho da Flauta Mágica. Hahaha! Como o Fabio deve estar apreciando o vai e vem de comentários (todo vai e vem é excitante). Ele, o Fabio Danesi, deve estar pulando e batendo palminhas ao som de Mozart. Divirta-se, caríssimo colunista! Na arena branca dos comentaristas, a luta continua... E pensar que tudo o que o Fabio quer, mesmo, mesmo, é achar o tal "Der Lieb' und Tugend Eigentum" (o lugar do Amor e da Virtude). Só que ainda há muita estrada poeirenta pela frente, filho... Não desanime, o mundo é quase bom e a felicidade até existe! Viu como a Isabella o defendeu ardentemente? Viu? E a Sue? Imagine se você penteasse os cabelos, então... acho que até a belíssima cantora Dido tomaria o primeiro avião para São Paulo! Hahaha! Enquanto isso... Lula sobe nas pesquisas e o risco Brasil vai subindo junto... Sinto um desejo enorme de partir para Neverland, por pura vergonha. Já pensou se o sr. Luiz Inácio chegar a lider supremo da Nação? Teremos um orc tolkieniano a nos empurrar para o mais fundo dos abismos. Abraço do Dennis

[Sobre "a falsa verdadeira democracia"]

por Dennis
3/5/2002 às
12h38

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
55141 visitas/dia
1,1 milhão/mês