busca | avançada
46744 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Segunda-feira, 6/5/2002
Comentários
Leitores

Ler ou não ler, eis a questão.
Meu Caro e Entusiasmado Alexandre E quem é que disse que eu não gosto de tudo que você escreve ? E quem é que disse que eu só li uma vez a sua cacetada nos "iletrados" ? Quanto aos ataques a determinadas e nominadas pessoas que se supõe e se depreende que não lêem é que eu efetivamente não aprecio. Contraria a elegância de quem gostaria de usar bengala. Por outro lado, como atacar os que, podendo ler, não o fazem, se, ao não ler, eles já estão se autoflagelando, ainda que inconscientes do fato ? Não seria para lamentá-los ? Talvez até mais dos que não lêem porque não podem - apesar da Sue não concordar muito com a existencia deles. Por falar nela, eu penso que talvez ela até concorde, mas como sua fiel escudeira, ela não admite que alguém possa ousar pretender - realmente é pretensão - retocar algum pensamento de seu General. Se isso não fosse suficiente, e é, ainda tem você o Fabio a defender você pelo outro flanco. Então, com esse escudo impenetrável e atento, você nem precisa rebater minhas observações -não críticas, que eu a tanto não ousaria - pelo que me sinto muito honrado, por ser rebatido pelo próprio General em pessoa, como se não fosse mais que suficiente, alguém ter que enfrentar tão decididos e magníficos escudeiros. Entretanto, continuo achando que houve uma injustiça com as simpáticas joaninhas. Meus parabéns a você. Peço que os divida com seus amigos guardiães Sue e Fábio. Pena que a Sue não tenha (ainda) uma coluna própria no Digestivo. Seu apreciador, ocasionalmente discordante. VC

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Valentim Carval
6/5/2002 às
21h39

Concretesco
aba caxi só fá afaga ga linha caxias grotesco ovóide

[Sobre "a ópera mágica"]

por Rogério Macedo
6/5/2002 às
17h23

Muito bom!
Muito bom, Evandro, muito bom! É isso mesmo. E eu sempre quis escrever algumas das suas frases, colocando a culpa das bundudas nos hippies e dizendo que, enquanto as faculdades de Adm. nos ensinam a sermos empresários, as outras ensinam a odiá-los. Perfeito, e o resto também. Abraço,
Eduardo

[Sobre "Superficialidade e Reducionismo"]

por Eduardo Carvalho
6/5/2002 às
11h38

Demodé, não!
Querido Rogério, certas coisas, coma a Catherine Deneuve, receber flores e homens de bengala nunca perdem sua validade e beleza. Nem palavras como acalanto. Beijo da Sue

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Assunção Medeiros
6/5/2002 às
11h43

Demodé
De onde foi que tirei mesmo "acalanto"? Demodé, não?

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Rogério Macedo
6/5/2002 às
09h57

Segunda-feira mágica
Segunda-feira mágica, começando com sua bela homenagem ao nosso amado Wolfgang, um dos prediletos de God, e ainda citando outro gênio, o Bergman (Fanny & Alexander é uma das mais belas obras do cinema, infelizmente desconsiderada e quase esquecida). Porém, como você tem aquele lado da acídia proustiana (autoconfessado), tinha de citar o Corinthians & Palmeiras (festival da bipolaridade), para empestear a sua coluna com cheiro de churro misturado ao odor azedo da cerveja morna. Vale, em todo caso, pelo efeito de luz e sombra, elevado ao máximo contraste. Enfim, dizem que Mozart arrotava em público, como o faz a galera do futiba bipolar... mas peidar, jamais! Quem rouba a música dos anjos não produz senão perfumes, ainda que pelo escapamento. Ao menos em minha ilusão de admirador embasbacado. Obrigado pelo belo início de semana útil, Fabio! Muita flauta para você também!

[Sobre "a ópera mágica"]

por Dennis
6/5/2002 às
08h56

Três sugestões de defesa
Não, não, Valentim- você tem que gostar de tudo o que eu escrevo. Se não gostou, sugiro que releia uma, duas, quantas vezes for preciso, até atingir um estado de saturação zen e passar a adorar cada linha que eu escrevo. Vai lá, eu espero. Até lá, um abraço... - Enquanto isso: o que vc disse, sobre eu ter atacado pessoas que não estão aqui para se defenderem, me fez pensar. Será verdade? Será covarde da minha parte? Mas depois reli a minha lista de iletrados. Fora Jeca Tatu, que nem sequer existe, são todos ricos. Juntos, poderiam comprar a Biblioteca do Vaticano. Poderiam contratar Harold Bloom, John Updike e Camille Paglia como "personal teachers". Mas não fazem isso. Ter pena dessa gente? Falar mal deles aqui não é falar pelas costas- é um ato público. Para se defenderem, eles podem: 1) Me processar; 2) Usar o espaço aí embaixo, se defendendo com palavras- mas para isso eles teriam que ler o meu texto, ou mandar que alguém leia por eles; e 3) se eles quisessem mesmo se defender da acusação de que são iletrados, eles bem que poderiam (oh, hipótese radical!) abrir um livro de vez em quando, não é? O que acha, Valentim? Um abraço- Alexandre.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Alexandre Soares
6/5/2002 às
04h45

Eurico Miranda in hell
Ricardo: mas a punição para quem não lê é não ler- já basta isso, você não acha? Tento imaginar a vida sem ler- me parece horrível. Seria atravessar a existência no nível mental de um Eurico Miranda... Isso já é punição...Eurico Miranda pode nem perceber, mas depois de morto, vai respirar fundo, e cair em si: "Meu Deus, fui Eurico Miranda...". Isso já não é o inferno? Um abraço, Alexandre.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Alexandre
6/5/2002 às
04h38

Sobre Eddie Campbell
José Carlos: escrevi duas vezes sobre Eddie Campbell aqui no Digestivo Cultural; a mais recente disseca a série From Hell, cuja versão para o cinema estava nas telas quando a coluna foi ao ar. A mais antiga foi ao ar há mais de uma ano atrás e fala sobre Bacchus, a revista (quase) mensal que ele edita. Um abraço e obrigado pela visita.

[Sobre "O Canto de cisne dos Super Heróis"]

por Rafael Lima
5/5/2002 às
23h18

Alan Moore/Eddie Campbell
Rafael, já te cumprimentei pelo artigo,fiz propaganda do meu site e próprio artigo sobre este grande gêneio que é Alan Moore,mas esquecí de perguntar:voce menciona que já escreveu há um ano sobre Eddie Campbell.Onde posso conseguir erte artigo? (sou viciado em textos inteligentes - por isto compro sempre o Caros Amigos).

[Sobre "O Canto de cisne dos Super Heróis"]

por jose carlos neves
5/5/2002 às
19h50

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
46744 visitas/dia
1,1 milhão/mês