busca | avançada
100 mil/dia
2,5 milhões/mês
Sábado, 26/7/2008
Comentários
Leitores

Uma façanha na internet
Dez anos de internet parecem um século. Sobreviver e, mais ainda, construir alguma coisa é uma façanha. Parabéns pela história e que ela continue. Abçs!

[Sobre "E assim se passaram dez anos..."]

por Guga Schultze
26/7/2008 à
00h50

o raio do Twitter...
Eugenia, adorei! Agora preciso me atualizar e descobrir o raio do Twitter...

[Sobre "Uma baby boomer no Twitter"]

por Fernando Stickel
25/7/2008 às
16h17

Pior Chico que Machado
Na boa, tente sair por aí dizendo que o Chico Buarque, de "Budapeste", é horroroso. Aí, sim, você vai ver o que é levar cascudo na cabeça. Abrs

[Sobre "Não gostar de Machado"]

por Stefano
24/7/2008 às
11h21

Shinyashiki, psicólogo
Vocês deveriam ler "A carícia Essencial", de Roberto Shinyashiki, uma psicologia do afeto. Sejam mais humanos! [Guarulhos - SP]

[Sobre "Promoção Por que ler"]

por Quezia Moura
24/7/2008 às
10h59

Vários clássicos
Mia Couto. Pepetela. Antonio Lobo Antunes. Mario Vargas Llosa. José Saramago. Gabriel García Márquez. Monteiro Lobato. [Caçapava - SP]

[Sobre "Promoção Por que ler"]

por Adams Lopes
24/7/2008 às
10h58

Guimarães e Coelho
Clássico contemporâneo? Como clássico gostaria de ver Bernardo Guimarães, suas facetas clássica, erótica e satí­rica; como contemporâneo, Paulo Coelho demonstra ainda necessidade de um guia explicativo... [Formosa - GO]

[Sobre "Promoção Por que ler"]

por silvio rocco
24/7/2008 às
10h58

E-book com prazer
Apesar de não possuir a magia do livro impresso em papel, aquele com o qual se abraça e leva para qualquer lugar com você, acredito que o e-book é mais uma opção de leitura acessível e sem custo. Eu leria sim um e-book, com todo prazer. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Um Sol e Dois Olhos Âmbar"]

por Maria Fernanda Pires
24/7/2008 às
10h33

Hatoum, amazônico
Milton Hatoum, o escritor que leva a Amazônia na caneta. [Santo André - SP]

[Sobre "Promoção Por que ler"]

por Remulo Vaney
24/7/2008 às
10h33

Frey, batalhador
Um autor que considero um clássico contemporâneo é o escritor James Frey. Em seu primeiro livro, chamado "Um milhão de pedacinhos", ele relata a sua batalha contra o ví­cio das drogas. Apesar de parecer um tema já muito explorado, Frey dá o seu relato através de uma linguagem imediata e agressiva, que mais parece um rascunho de seus pensamentos, estampados no papel. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Por que ler"]

por Débora Gauziski
24/7/2008 às
10h31

Cury, formador
Considero Augusto Cury um clássico contemporãneo. Um dos maiores desafios nos dias de hoje é formar crianças e adolescentes sociáveis, felizes, livres e empreendedoras. "A solidão nunca foi tão intensa: os pais escondem seus sentimentos dos filhos, os filhos escondem suas lágrimas dos pais, os professores se ocultam atrás do giz." E este grande talento traz grandes contribuições para estas questões. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Por que ler"]

por Rosangela Camara
24/7/2008 às
10h30

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
100 mil/dia
2,5 milhões/mês