busca | avançada
56914 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Quinta-feira, 4/9/2008
Comentários
Leitores

Reforma difí­cil e sofrida
O propósito da reforma ortográfica é interessante, qual seja, aproximar os povos falantes da Lí­ngua Portuguesa. No entanto, sua implementação não será tão simples assim, em um País pouco letrado como o nosso... Nosso ensino e aprendizado da lí­ngua-mãe é ruim, mal conhecemos sua regras, sua história, seu desenvolvimento... nesse cenário, a reforma torna-se mais difícil, sofrida. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por Roberta Resende
4/9/2008 às
11h10

Aproximação e identificação
Embora ainda não seja suficiente para auxiliar no ensino da língua portuguesa para os não falantes de nosso idioma (e, em certo sentido, até atrapalha um pouco), a reforma ortográfica parece ser um acerto da comunidade lusófona no sentido de padronizar a escrita em seus paí­ses, o que promove a aproximação e a identificação entre eles. [Mogi das Cruzes - SP]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por Denis da Silva
4/9/2008 às
11h09

falta do que fazer
Bobagem, falta do que fazer dos lingüístas. Tem alguém ganhando com essa história. [Belém - PA]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por Jorge Eiró
4/9/2008 às
11h08

sentar e ler
Com 7 anos, assim que aprendi a ler - não tive esse negócio de Pré e jardim, lia de tudo - mônica, cebolinha etc e em seguida na adolescencia lia muito romance - júlia e sabrina. Sonhava de olhos abertos. Em casa, líamos a Bíblia em voz alta. Papai não aceitava gaguejar e palavras "adivinhadas", lia-se várias vezes. O mundo informatizado tirou o jovem "do sentar e ler" e o colocou em frente a um computador - é mais divertido navegar. Que pena! É necessário retomar esta atividade tão esquecida. A leitura. "Ler é conhecer o mundo sem sair do lugar".

[Sobre "A juventude nas livrarias"]

por Solange Boy
4/9/2008 às
11h08

Necessária, mas...
Necessária, mas não sei se pega... [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por Maria Oliveira
4/9/2008 às
11h08

Confesso que não gostei
Não sei se devido à minha veia tradicionalista, mas entendi que ela modernizará a escrita de forma perigosa para os jovens!!! [Belo Horizonte - MG]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por Rodrigo Dolabela
4/9/2008 às
11h07

Pura bobagem
Acho que as autoridades responsáveis por esta mudança ortográfica deveriam se preocupar com outras mudanças no Paí­s, como, por exemplo, a melhoria na educação e o preço dos livros. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por Caroline Raphaelli
4/9/2008 às
11h07

Inteiramente a favor
Os regionalismos não são afetados e os oito países da lí­ngua precisam de uma grafia comum para melhor se entenderem e melhor se apresentarem junto às instâncias internacionais. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por José Braga
4/9/2008 às
11h05

Mudanças são naturais
Acho natural da língua haver mudanças de acordo com a região/situação em que é empregada. É mais gostoso de se ouvir, e ler. [Niterói - RJ]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por Sheila Jacob
4/9/2008 às
11h04

acho desnecessária
demoramos tanto para acharmos um sentido para as coisas, aí­ vem uma reforma e muda tudo... [Ibiúna - SP]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por Elisângela Godinho
4/9/2008 às
11h04

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
56914 visitas/dia
1,8 milhão/mês