busca | avançada
99122 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Quinta-feira, 26/2/2009
Comentários
Leitores

Prefiro boi manso
Nunca achei nada sobre as referidas figuras, pois, como dizia minha avó, boi manso é que rompe cercas, ou, cachorro que late não morde. Prefiro aqueles que devagar, imperceptivelmente, como as ondas de um tsunami, devastam um continente. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Dentes do Dragão"]

por fernando almeida
26/2/2009 às
13h54

Pra que serve a polêmica
A polêmica é interessante quando serve para criar o diálogo, movimentar as relações humanas, gerar novos interesses e conhecimento; caso contrário, acaba se tornando um instrumento do ego infantil na linguagem de um falso adulto. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Dentes do Dragão"]

por silmara avila
26/2/2009 às
13h53

Sobre No Line On The Horizon
Fantástico seu texto. Muito bem colocado. Pena que boa parte da mídia brasileira não entendeu bem o que este novo disco significa. Parabéns.

[Sobre "No line on the horizon, do U2"]

por Wesley
25/2/2009 às
20h53

Antes que a cow vá pro swamp
Confesso ainda ser raso o meu conhecimento sobre Millôr, embora admire sua inesgotável disposição em ridicularizar dogmas e ideologias. Agora, com este verdadeiro mapa do tesouro, vou corrigir o lapso. Obrigado, Diogo.

[Sobre "Millôr Fernandes, o gênio do caos"]

por Luiz Augusto Lima
25/2/2009 às
19h55

Time travel: Google to Chronic
Creio que este artigo de Jeff Jarvis lhes interesse...

[Sobre "Steve Brill salvando o New York Times"]

por Claudio Soares
25/2/2009 às
19h37

O valor agregado da informação
A questão primordial não é se o trabalho do jornalista/escritor deve ou não ser remunerado: ora, é claro que deve ser. O problema é que a informação é [como ensina a microeconomia] um bem não rival, ou seja, seu consumo por alguém em nada prejudica o consumo simultâneo ou posterior por outra pessoa. Assim, pode ser difícil convencer alguém a pagar por algo que não é exclusivo, entende? De que forma se resolveria esse problema? Ora, agregando-se valor [e personalização] à informação.

[Sobre "Steve Brill salvando o New York Times"]

por Claudio Soares
25/2/2009 às
18h23

Nem tudo está perdido
Julio, parece que nem tudo está perdido. Há quem desconfie da incursão dela na Portela, mas isso são outros quinhentos. Vou conferir, depois de sua dica. Beijo e saudade.

[Sobre "O Mistério do Samba, com Marisa Monte"]

por Adriana Godoy
25/2/2009 às
18h19

Eu pago por informação
Concordo. A informação deve ser paga. Creio que é necessário valorizar os profissionais que trabalham na área. Em suma, é mais do que justo.

[Sobre "Steve Brill salvando o New York Times"]

por Flávio Gustavo
25/2/2009 às
17h08

Marisa Monte e a Portela
Ótimo conteúdo e muito explicativo. Parabéns!

[Sobre "O Mistério do Samba, com Marisa Monte"]

por Agencia de Marketing
25/2/2009 às
16h19

Chinese Democracy ao vivo
Ótima resenha, parabéns. "Chinese" é o melhor álbum de rock lançado nos últimos anos, agora é aguardar para conferir ao vivo.

[Sobre "Chinese Democracy: grande disco"]

por Wesley Luiz Guimarãe
25/2/2009 às
14h15

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
99122 visitas/dia
2,5 milhões/mês