busca | avançada
50141 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Sexta-feira, 20/3/2009
Comentários
Leitores

Um bom Lattes custa caro
Prezado Marcelo, te parabenizo pelo artigo "Quanto custa rechear seu Currículo Lattes". Também penso dessa forma. Quem tem dinheiro e tempo para perder acaba fazendo um lattes primoroso. Eu mesma tiver a oportunidade de juntar minhas economias para estar em congresso na área de cultura latino-americana lá no tal primeiro mundo, que nada mais foi que um evento esvaziado e sequer queriam nos dar uma carta. Marcelo, nós, brasileiros, temos que acreditar em nossa capacidade e deixar de olhar no espelho e não nos ver. Parabéns, mesmo. Abraço.

[Sobre "Quanto custa rechear seu Currículo Lattes"]

por Lia Ferreira
20/3/2009 às
14h42

O Cerbasi é ótimo!
Os livros dele são excelentes, totalmente voltados para a realidade brasileira. Existem muitos livros estrangeiros bons, mas poucos são aplicáveis a realidade de nosso país. Parabéns pela entrevista e pelos livros, já estou lendo o novo livro "Cartas a um jovem investidor" e estou adorando. Recomendo!

[Sobre "Gustavo Cerbasi"]

por Ortodontista
20/3/2009 às
11h23

Me sinto mais integrada
On-line eu me informo sobre os acontecimentos do dia a dia, estou sempre em contato com amigos de perto e de longe, complemento meu lado profissional, ou seja, me sinto mais integrada a tudo e a todos. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Click"]

por Maria Pires
20/3/2009 às
09h57

YouTube, Wikipedia e Digestivo
On-line ando respondendo e enviando e-mails aos meus amigos, dando uma olhada no YouTube, pesquisando coisas na Wikipedia e lendo o delicioso Digestivo Cultural todas as semanas. [Jundiaí ­- SP]

[Sobre "Promoção Click"]

por Albino Junior
20/3/2009 às
09h57

Pensando o tempo todo
Blogando, twitando, ouvindo no Blip, rindo no YouTube, lendo sites, compartilhando no del.icio.us, pensando... todo o tempo. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Click"]

por Débora Bueno
20/3/2009 às
09h56

Entrando na moda on-line
Ando sendo engolida pelo Google Reader, que nunca para de crescer; tendo conversas de elevador com ex-colegas de classe, que serão mais semi-conhecidos no Orkut e tuittando freneticamente, porque tá na moda. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Click"]

por Iana Chan
20/3/2009 às
09h55

Procurando meu lugar
Procurando (sempre) meu nicho existencial. [Santos - SP]

[Sobre "Promoção Click"]

por Barbara Pollacsek
20/3/2009 às
09h55

Sentidos on-line
Hoje, com as ferramentas de pesquisa da internet, é possí­vel fazer tudo o que não inclua atividades físicas. Então, dos 5 sentidos, audição e visão estão quase que completas na internet. Do paladar, tato e olfato temos as informações para aproveitar o que existe de melhor no mundo. [Campo Grande - MS]

[Sobre "Promoção Click"]

por Henrique Alberto
20/3/2009 às
09h54

Amigos irreais
Estou aprendendo a manter minha mente sempre VIVA... Adquirindo mais conhecimento e novos amigos (muitos que eu não conheceria na vida real)! [Nova Iguaçu - RJ]

[Sobre "Promoção Click"]

por Sergio Chagas
20/3/2009 às
09h54

Eu literalmente vivo on-line
Explico: em 2006 comecei a blogar e abri, tardiamente, uma conta no Orkut. Na comunidade virtual, encontrei um amigo com muitos interesses em comum. Ele começou a me ler pelo blog. E leu minha alma, e leu quem sou. E post vai, post vem, decidimos namorar. Eu em Goiânia, ele em BH, nós dois na web. Em 2007 ele teve chance de fazer doutorado na Alemanha e foi. Não terminamos nosso webnamoro, que depois virou webnoivado e agora é webcasamento, por isso, eu vivo on-line. [Goiânia - GO]

[Sobre "Promoção Click"]

por Nilce Moretto
20/3/2009 às
09h54

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
50141 visitas/dia
1,8 milhão/mês