busca | avançada
35344 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Sexta-feira, 17/4/2009
Comentários
Leitores

Sucesso e escolhas
Não. Acredito que o que conhecemos como talento seja um somatório de esforços e dedicação. Uma pessoa bem-sucedida fez escolhas, não nasceu com elas. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Desafiando o Talento"]

por Bárbara Silveira
17/4/2009 às
11h31

Pessoas esforçadas
Acredito em talento sim, porém acredito mais ainda no esforço. Pessoas esforçadas muitas vezes são mais interessantes que pessoas talentosas. [Teresina - PI]

[Sobre "Promoção Desafiando o Talento"]

por Ewerton Costa
17/4/2009 às
11h30

Suor e lágrimas
Eu acredito em suor e lágrimas, com alguns sorrisos no processo. Talento é o ser perseverante apenas. [Rio Branco - AC]

[Sobre "Promoção Desafiando o Talento"]

por André Alexandre
17/4/2009 às
11h30

Tributo a Lennon
Ao ler este artigo, peço uma homenagem ao autor de "Imagine", "Woman", "Give peace a chance", "Instant Karma", "Love", "Happy Xmas", e tantos outros sucessos que encantaram uma geração. Ninguém herda o talento, apenas fica apaixonado e sonhando em encantar o mundo, em protestar contra a guerra, em falar com certas liberdades... Hoje, quem tem esse carisma no meio artístico? Verás que ninguém! É aquele que teve uma vida interrompida que merece ser lembrado na História, mesmo que sua vida não tenha sido só de glórias. Ao menos ele teve uma obra que merece uma continuidade... A da paz.

[Sobre "John Lennon, por Sean Lennon (e Philip Norman)"]

por manoel Messias Perei
17/4/2009 às
08h56

As agências de blogueiros
Atire a primeira pedra o jornalista que nunca sonhou em comandar o jornal... Com esse velho jornalista não deve ser diferente, pois testemunhou desde o monopólio da informação das Agências Internacionais, dominando os jornais anárquicos e dispersos em continentes... Até o atual estágio da imprensa virtual. Jornalistas misturados a palpiteiros num rótulo único: Blogueiros. Se o cara sonhou em ser o dono do jornal, hoje sonha em ser dono de uma Agência Internacional de Blogueiros. Basta conhecer o Caminho das Pedras, conseguir algumas caras que se prestem a levar tapas virtuais nas propagandas, mas que sejam tão sonhadoras quanto os jornalistas iniciantes... Embora tenhamos embutido um Espírito Ditador em cada um, a Humanidade não consegue viver sem Líderes que a mantenham unida pelos Medos, comuns aos pecados da religião ou às leis das constituições. Para tudo isso, o Cara teria de ser Invisível e dispor de subalternos que se aceitassem assim. Será que alguém consegue? Atire a primeira pedra ou façam suas apostas.

[Sobre "Viva e deixe morrer(em)... os jornais"]

por Dalton
17/4/2009 às
08h17

Em resposta ao Willian
Ainda que o foco de meu texto não seja o aspecto econômico, de fundamentação marxista, da luta de classes, você o identificou. Bom, porque esta luta entre as classes não ficou restrita ao século XX, não, ainda que muitas pessoas queiram pensar assim (e que a própria esquerda contribua para tanto, muitas vezes presa a utopias antiquadas). Eu gostaria também de falar em "luta do séc. XX", mas eu estaria sendo aí, sim, preconceituoso e panfletário, ou no mínimo "parcial" a respeito de uma cisão entre classes que é mais do que clara em nosso país e, por que não, na Web (que é subconjunto de nossa sociedade). É perfeitamente possível identificar, mesmo com tantos perfis falsos, a diferença de classes presente no Orkut. Sobre a questão de se ver e existir, apenas transportei um conceito lacaniano para minha interpretação. O que incomoda os "ricos" é exatamente essa "Escala". Tantos "indiferenciados" preenchendo o espaço que antes era deles...

[Sobre "O Orkut, o Twitter e o Existir"]

por Marcos Donizetti
16/4/2009 às
21h05

Tudo para todos
Gente, se não mudar na nossa mente, se nossa concepção de classes, de riqueza e conhecimento continuar a ser a de que somente a "classe média" tem o poderio, que somente ela teve acesso, nunca vamos sair dessa velha história... Se não aprendermos a respeitar cada um como é, independente de seus gostos, pensares e quereres, nunca vamos saber o real sentido de "socialização".

[Sobre "O Orkut, o Twitter e o Existir"]

por Luara Caiana
16/4/2009 às
18h33

O Movimento de Extinção Humana
"Que possamos viver muito, e desaparecer..." Suprimir a raça humana ao, voluntariamente, deixar de procriar, permitirá à biosfera terrestre retornar à boa saúde. Condições sufocadas e escassez de recursos apresentarão melhora à medida que nos tornarmos menos densos.

[Sobre "Ter filhos é..."]

por Bruno Cezar Rocha
16/4/2009 às
12h13

Aprendi muito com o Cerbasi
O Cerbasi é um gênio das finanças! Já li dois livros dele ("Investimentos Inteligentes" e "Casais Inteligentes Enriquecem Juntos") e são sensacionais. Agora vou ler "Cartas a um jovem investidor". Parabéns pela entrevista, precisamos de mais matérias com pessoas diferenciadas e destacadas como o Cerbasi!

[Sobre "Gustavo Cerbasi"]

por Ralf
16/4/2009 às
12h05

Classes diferentes na web
Luta de classes é uma expressão carregada de preconceito. Porém, se conseguirmos peneirar o sentido real dessas palavras, pode-se chegar ao que realmente acontece na web. Com um detalhe: as classes no www não dizem respeito às condições sociais de cada um, e sim à forma de expressão que o indivíduo opta por apresentar. Na minha opinião, na internet "pobre" é aquele que não tem o que acrescentar. "Classe média", os que rejeitam fatos do tipo "orkutização do Twitter". Os verdadeiros ricos dicutem ideias, expressam-se com responsabilidade e sem preconceitos. Ótimo texto e ótimos comentários!

[Sobre "O Orkut, o Twitter e o Existir"]

por Thales
16/4/2009 às
11h48

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
35344 visitas/dia
1,6 milhão/mês