busca | avançada
71485 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Quarta-feira, 27/5/2009
Comentários
Leitores

Satí­ricon, de Petrônio
É uma bela paródia dos romances gregos que estavam na moda na época em que foi escrito, I d.C. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Agamêmnom"]

por Tiago Pavan
27/5/2009 às
09h10

Prometeu
Indicaria "Prometeu". Seu autor, Ésquilo, continua vivendo na atualidade como todos os escritores da antiga Grécia, e num mundo de tantas injustiças e individualismos "Prometeu" assume o próprio destino: doa o fogo aos mortais contra a vontade dos deuses do Olimpo demonstrando um verdadeiro amor à humanidade. [Salvador - BA]

[Sobre "Promoção Agamêmnom"]

por Ana Alencar
27/5/2009 às
09h10

Pensamentos, de Epicuro
Por permitir uma reflexão sobre aspectos relevantes da vida atual - felicidade, amizade, bom senso. [Belo Horiozonte - MG]

[Sobre "Promoção Agamêmnom"]

por denio magno
27/5/2009 às
09h10

Não ligue, querida
Ganhei o livro da dona da livraria, que sabe que sou fã de carteirinha da Martha. Não ligue, querida: continue escrevendo suas deliciosas e autênticas crônicas! Sempre vão falar de um jeito ou de outro!!!

[Sobre "Os bastidores da crônica"]

por vilma
27/5/2009 às
08h34

Selvagens saindo pelo ladrão!
Cara Sra. Rosana Hermann, notamos um encorajamento do mundo selvagem, que cresce e se manifesta em tantas partes, onde a civilização já tinha chegado e se instalado. Nos meandros e ambientes da rede mundial ocorrem e acontecem as mesmas gangues de rua e espíritos de gangues do mundo real. Há muita glorificação de bandidos em todos os níveis a estimular todos os tipos de demônios, entendendo que podem se manifestar livremente. Não sei se a humanidade um dia terá conserto ou se, ao menos, trocará por outros defeitos e mazelas. Estou à beira dos 70 anos, sem nunca ignorar a minha parcela de sujeito e paciente da história. Sei que já deixei minha marca indelével por onde atuei, boa ou má, melhor ou pior, porém, só sei que o mundo gira, gira, gira... Só espero que forme, pelo menos, uma espiral, havendo verdadeiros, ainda que discretos, avanços nesse movimento circular da história. Vamos continuar, enquanto nos for permitido, nessa mesma vitalidade e presença viva. Um grande abraço.

[Sobre "Cyberbullying"]

por José Pereira
27/5/2009 às
08h23

Amor de Perdição
De Camilo Castelo Branco. Uma das histórias mais românticas da literatura portuguesa; profunda, cercada pela inveja. Uma história que comove até mesmo os mais insensíveis e antirromânticos. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Agamêmnom"]

por Marcia Caracciolo
26/5/2009 às
14h21

Desassossego, de Pessoa
"O livro do desassossego", de Fernando Pessoa. Te convida a "se reposicionar" diante das coisas, da vida. Fazer isso é "convulsionar", é mudar o olhar diante das coisas que te avassalam. Você levanta e diz: Não! [Joinville - SC]

[Sobre "Promoção Agamêmnom"]

por clotilde zingali
26/5/2009 às
14h19

A Gaia, de Nietzsche
O mundo abre-se de uma maneira incontrolável e absurdamente bela. [Recife - PE]

[Sobre "Promoção Agamêmnom"]

por clareana cruz
26/5/2009 às
14h19

Epicuro
Um mestre de sabedoria atemporal! [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Agamêmnom"]

por Eduardo Carli
26/5/2009 às
14h19

É brasileirí­ssimo!
Recomendo "O Cortiço", de Aluí­sio de Azevedo, pois o livro conta a história de pessoas normais e com cotidianos diferentes, que compartilham de problemas, tristezas e felicidades umas das outras. Mostra a importância de saber conviver com o outro. E tem um vocabulário fácil. [Palmas - TO]

[Sobre "Promoção Agamêmnom"]

por Vanessa Miranda
26/5/2009 às
14h19

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
71485 visitas/dia
2,4 milhões/mês