busca | avançada
81347 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Quarta-feira, 17/6/2009
Comentários
Leitores

Aqui não se lê nem se escreve?
Escrevo e escrevo muito. Atualmente escrevo sobre o que outros escrevem. Resenho livros, do ponto de vista do leitor. Em sua maioria sobre ficção científica e fantasia. E o pessoal tem escrito. Muito. As editoras "sob demanda" têm aparecido aos montes. Textos bons e ruins têm aparecido em grande quantidade. Fanzines, eletrônicos ou não, também pululam. Eventos que reúnem escritores têm surgido, não só em são Paulo e Rio como no Paraná, em Pernambuco, no Rio Grnade do Sul. Será que só sabemos lamentar? Seria conveniente sair deste discurso fácil de que no Brasil não se lê ou escreve, baseado no anedotário do ENEM. Isso vem sendo repetido desde que eu era criança e isso faz tempo...

[Sobre "Escrever? Quantas linhas?"]

por Alvaro Domingues
17/6/2009 às
17h38

CNN atrás do Twitter
Pra mim, o futuro do jornalismo está no Twitter. Informação rapid-fire que nem a CNN é capaz de adiantar.

[Sobre "O Twitter na Time"]

por Ciro Tavares
17/6/2009 às
14h01

Opulência e contensão
A italiana pela opulência e a japonesa pela contensão! rs. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Gourmet"]

por Janaina Amorim
17/6/2009 às
13h21

Delicada e saborosa
Japonesa. Pois é leve, delicada e saborosa! Uma obra de arte crua ao nosso paladar. [Salvador - BA]

[Sobre "Promoção Gourmet"]

por Patricia Quental
17/6/2009 às
13h20

Do tempo da vovó
Italiana, cozinha sofisticada que ainda mantém a qualidade e o tempero do tempo da vovó. [Belo Horizonte - MG]

[Sobre "Promoção Gourmet"]

por Gleiciano Sacramento
17/6/2009 às
13h20

Sabores da infância
Minha culinária preferida é a que tem os sabores da infância: a comida tí­pica da serra catarinense - carne de frescal, farofa de pinhão, entrevero - que meu pai cozinhava aos finais de semana, especialmente quando í­amos ao sí­tio em São Joaquim. É um tipo de comida que me lembra famí­lia, frio, casa. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Gourmet"]

por Larissa Oliveira
17/6/2009 às
13h20

Queijos e vinhos
Onde me esbaldo em muita massa, muito queijo e belos vinhos! [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Gourmet"]

por Alexandra Deitos
17/6/2009 às
13h20

Massas divinas
Adoro a culinária italiana, porque tem massas divinas! [Três Coroas - RS]

[Sobre "Promoção Gourmet"]

por Catiane Castanho
17/6/2009 às
13h19

Incômodo existencial
Quase todos os poetas que conheço sofrem de algum tipo de, digamos assim, incômodo existencial. Penso que são as sutilesas da vida que tornam essas pessoas fazedouras de poesia e, na minha opinião, a tristeza, melancolia e amargura são o combustível que alimentam o dom desses seres divinos. Para onde vão as palavras depois que são ditas? A dos simples mortais desaparecem no vento, mas nunca desaparecem quando ditas por esses poetas, porque ficam para sempre registradas em nossas almas...

[Sobre "O centenário de Mario Quintana, o poeta passarinho"]

por Silvia Lima
17/6/2009 às
13h02

Mãos criativas e felizes
Minha culinária preferida, a que alimenta o corpo e a alma, é aquela preparada com mãos criativas e felizes, amantes e conhecedoras do preparo e dos ingredientes, e degustada em boa companhia. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Gourmet"]

por sonia manski
17/6/2009 às
10h45

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
81347 visitas/dia
2,7 milhões/mês