busca | avançada
36819 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Terça-feira, 10/11/2009
Comentários
Leitores

Parabéns
Estou conhecendo agora o Digestivo Cultural (infelizmente) e gostaria de parabenizar, você, Pilar Fazito, pelo excelente texto. Me identifiquei bastante, principalmente pela linha do tempo. Estava achando que estava andando na contramão de tudo. Parabéns.

[Sobre "A graça da coisa"]

por João Paulo Matos
10/11/2009 às
14h38

As partes de um filme
A grande inovação da Pixar, na verdade, foi ter um enorme cuidado em todos os processos de um filme (roteiro, direção etc.). É isso que verdadeiramente podemos aprender com a Pixar: ser extremamente respeitoso com todas as partes de um filme, pois é assim que se fazem filmes que ficam para a História. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: A Magia da Pixar"]

por Ulisses Teixeira
10/11/2009 às
13h20

Não, não concordo
Porque estamos em processo de resolução da crise financeira de 2008. Um acontecimento grave, como este, não tem dia e hora marcados para acabar, é digerido com o passar do tempo em estágios diferentes, nas diferentes áreas afetadas e, a meu ver, é isso o que temos hoje. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Crash de 2008"]

por Rosangela Camara
10/11/2009 às
13h19

O sistema é matar ou morrer
Sou professor, estou procurando emprego, e tudo que me dizem é: "procure um político", no caso das públicas; nas privadas, "sem contato, não vá". Como eu posso ser um professor assim, que vou pregar a democracia, a liberdade, a autoestima? Não dá, cara, o sistema é matar ou morrer. E olha que tenho dois cursos, artigos publicados, especialização, vou publicar um livro, e ninguém dá a mínima para o meu currículo. Preciso me prostituir, ou procurar um político ou ter alguém que me indique. Onde fica o mérito? O esforço pessoal? A realidade é bem mais crua que o cinema e as letras...

[Sobre "Sociedade dos Poetas Mortos"]

por Ronaldo Magella
10/11/2009 às
13h02

Um filme para ver e rever
SPM é um filme que também não canso de assistir. Está na minha prateleira de DVDs para situações de reciclagem de valores. Sim, podemos encontrar princípios e valores que poucos filmes contêm. Só de lembrar da última cena eu me arrepio inteira. E ele nos faz lembrar que os grandes mestres, as pessoas que realmente fazem a diferença, como o professor Keating, são sempre colocadas de lado pela sociedade - que possui valores um tanto questionáveis... Um filme para ver e rever mil vezes, caso seja necessário.

[Sobre "Sociedade dos Poetas Mortos"]

por Taís Kerche
10/11/2009 às
11h09

Animações para a família
A dinâmica narrativa. A Pixar se destacou por sair do circuito de animações para crianças e extrapolou para animações para a família. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: A Magia da Pixar"]

por Paulo Resende
10/11/2009 às
09h01

Tecnologia e simplicidade
Porque utilizou o melhor da tecnologia sem se esquecer das coisas simples da vida e da alegria de viver!

[Sobre "Promoção: A Magia da Pixar"]

por sueli da silva
10/11/2009 às
09h00

A Pixar deu vida
Ela simplesmente transformou a animação de um desenho em algo maior e com muito mais vida e realidade. Assistir a um filme da Pixar é como entrar num mundo mágico e cheio de vida. A maior inovação foi justamente essa: dar VIDA ao que antes era só um sonho. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: A Magia da Pixar"]

por claudio schamis
9/11/2009 às
14h52

Adultos e crianças
A Pixar consegue falar do mundo adulto com figuras fofas e arredondadas que encantam as crianças. [Brasí­lia - DF]

[Sobre "Promoção: A Magia da Pixar"]

por Ana Conceição
9/11/2009 às
10h33

Tecnologia e arte
Foi a mistura da tecnologia com a arte, que produziu a magia com muita inovação, trazendo grandes alegrias para todo coração! [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção: A Magia da Pixar"]

por Irene Curcelli
9/11/2009 às
09h24

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
36819 visitas/dia
1,4 milhão/mês