busca | avançada
54003 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Sábado, 27/2/2010
Comentários
Leitores

Culto às avessas?
Tudo é transitório, inclusive as conquistas, sejam elas quais forem, mesmo que algumas durem mais tempo que outras. As pessoas veneram os gênios, querem ser geniais, mas na realidade não sabem lidar nem com pessoas que têm apenas uma inteligência acima da média. De alguma forma isso costuma ser um incômodo, e talvez nem seja uma questão de incompreensão, mas de dificuldade pra lidar com diferenças mesmo. E acho meio complicado afirmar que um iconoclasta, que é possivelmente um gênio em termos de percepção, não teme as consequências legais das suas ações. Ser rebelde, inovador, não significa ser irresponsável. Obter fama e riqueza, a qualquer custo, não necessariamente deve ser o desejo de alguém genial. Mas consequências a enfrentar é algo inevitável, nenhum ser humano escapa disso na vida. Então, por que não correr alguns riscos?

[Sobre "O Iconoclasta, de Gregory Berns"]

por Cristina Sampaio
27/2/2010 às
10h47

Nem precisa mais parabéns
Ah, cara! Ia te parabenizar pelo texto mas já vi que não preciso. Obrigado.

[Sobre "Chickenfoot: o passado e o futuro do rock"]

por Ildejaime
27/2/2010 às
09h56

O futuro é passageiro
Não creia que temos em mãos o futuro, pois o que é futuro é transitório e passageiro. Respire, pois o mundo é dialético.

[Sobre "O Iconoclasta, de Gregory Berns"]

por Manoel Messias Perei
27/2/2010 às
07h28

As Diretas em 84
1984. Movimento Diretas Já. [Mossoró - RN]

[Sobre "Promoção Máquina do Tempo"]

por Daniel Freitas
26/2/2010 às
14h34

Dos Beatles a Vinicius
Com certeza voltaria para o início da década de 60. Para ser pisoteada num show dos Beatles, queimar sutiãs, entrar pra guerrilha e tomar uma birita com o Vinicius de Moraes. [Florianópolis - SC]

[Sobre "Promoção Máquina do Tempo"]

por Camila Latrova
26/2/2010 às
14h33

70 e 80, na música
Acho que eu voltaria pra década de 70 e 80. Foi simplesmente a melhor época da música, da arte, da cultura, das ideias e, apesar das guerras e persiguições políticas que existiam, era uma época em que as pessoas eram muito mais "pensantes" do que são hoje. Sabe aquelas ideias bacanas? Aquele pessoal que tem ideais, que se revolta com o que está errado... simplesmente fantástico. [Belo Horizonte - MG]

[Sobre "Promoção Máquina do Tempo"]

por Guilherme Ferreira
26/2/2010 às
14h31

De Lemúria a Atlântida
Eu voltaria para um período bem anterior ao grande cataclismo que se supõe ter modificado o eixo da Terra, quando teriam existido as grandes civilizações desaparecidas, como a Lemúria, e acompanhar a evolução da história até o surgimento da Atlântida, seu apogeu e declínio, o destino dos sobreviventes. Por quê? Queria poder conhecer os antigos e entrar em contato com todo aquele conhecimento fabuloso, desvendar os segredos perdidos no tempo. Porque os antigos sabiam tudo. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Máquina do Tempo"]

por mari prol
26/2/2010 às
14h30

Tempestade em copo dágua
Texto fantástico! Muito engraçado. E mostra como as pessoas fazem tempestade em copo de água com coisas tão pequenas, enquanto acontecem outras muito mais chocantes com as quais todos ficam plácidos e contemplativos. A propósito, adorei a menção à Guaicuruz, também sou de BH.

[Sobre "Palavrão também é gente"]

por Guilherme
26/2/2010 às
13h38

Ubaldo, gênio
Ninguém pratica melhor o português hoje do que João Ubaldo Ribeiro, escritor que, ao incorporar o verdadeiro gênio da língua, une, com maestria, a herança do idioma de Camões e Pessoa com a experiência verbal do homem enquanto ser de linguagem; por meio de personagens que, corroídas pelas próprias realidades, expressam-se da forma como sentem. Talvez seja esta a união perfeita entre o que o homem é (por meio da linguagem falada) com o que ele pretende ser (figurado na escrita). [Campos dos Goytacazes - RJ]

[Sobre "Promoção: ABC da Língua Culta"]

por Sthevo Damaceno
26/2/2010 às
08h52

A fórmula da Coca-Cola
O segredo da Coca-Cola, porque tenho essa curiosidade há muito tempo. [Barra Mansa - RJ]

[Sobre "Promoção: Segredos de O Símbolo Perdido"]

por simone de assis
26/2/2010 às
08h52

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
54003 visitas/dia
1,1 milhão/mês