busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Sexta-feira, 5/3/2010
Comentários
Leitores

Um homem protetor
Adoro a história de amor entre o vampiro Edward Cullen e Bella Swan do romance da Stephenie Meyer. Toda mulher sonha com um homem protetor. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por Josi Dourado
5/3/2010 às
14h56

Maravilha de poema
Reconhecendo a maravilha que é este poema!

[Sobre "Reconhecimento"]

por jordanna duarte
5/3/2010 às
11h53

Somos parte da criação
A saga "Crepúsculo". Até então, eu nunca gostei de histórias de vampiros. E só recentemente vim a ler os livros, apesar da insistência dos amigos. Gosto da saga porque, à parte a história de amor impossível de que trata a trama, a autora fala de temas importantes: o preconceito, a intolerância, a aceitação do outro, sacrifícios, superação. A história mostra que vampiro, humano, lobisomem, o que seja, todos compartilhamos este mundo, somos parte da criação, carregamos o bem e o mal, que são inerentes a toda criatura que habita o solo da terra. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por mari prol
5/3/2010 às
09h03

Vampiros do bem!
"Crepúsculo"... Pois é uma história que envolve mistério e amor. Onde existem vampiros do bem! [São Bento do Sul - SC]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por Elidiane Ferreira
5/3/2010 às
09h02

O vampiro Bill
A série de livros "Morto até o anoitecer" e "Vampiros em Dallas". Porque parece mais real, o vampiro Bill é mais "acessível", mais próximo da realidade que o Edward, por exemplo! [Palmas - TO]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por Larissa
5/3/2010 às
09h01

Adorei a postagem
Bacana quando um "alguém" (vulgo Adriana) que não é propriamente da área de moda, mas que curte desfiles e a loucura do tão chamado "mundinho fashion", entender que tudo que está alí na passarela não vem de devaneios ou de um porre em uma noite qualquer. Tudo exige muito trabalho e claro, pesquisa e mais pesquisa! Adorei a postagem, deu praticamente para "presenciar" o desfile mesmo que de longe. =)

[Sobre "Uma noite no desfile de moda"]

por Jenifer
5/3/2010 à
00h32

O vampiro mudo
O primeiro filme, "Nosferatu", filmado em 1922, cinema mudo, e com a direção de Murnau. Principalmente porque é a história pioneira de tudo o que foi feito sobre vampiros desde essa época até os dias de hoje. [São Luís - MA]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por Mariany Carvalho
4/3/2010 às
13h02

Reivindicar e cantar
Gostaria de voltar para os anos 60, principalmente pela questão da energia em reivindicar, e por causa da boa música e efervescente cultura da época. [São Luís - MA]

[Sobre "Promoção Máquina do Tempo"]

por Mariany Carvalho
4/3/2010 às
13h01

Os lindos tempos da juventude
Realista, isso acontece com todos. Dia desses estava num banco e fiz uma pergunta a minha amiga, nisso passou uma jovem senhora, dirigiu-se a nós e me perguntou: você é Candido? Sim, meio sem graça, ela só me deixou à vontade porque tinha um sorriso, conheci você pela voz e começamos a papear e lembrar os lindos tempos de juventude, mas tudo passa e o autor contou extamente como essas coisas acontecem. Pena que a gente deixa de reconhecer muitas pessoas que fizeram parte da nossa vida, lá atrás...

[Sobre "Reconhecimento"]

por Candido Rios
4/3/2010 às
10h31

A vida de Vlad Tepes
Vale Bram Stoker? Não, agora é sério: prefiro a vida de Vlad Tepes, mais conhecido como Vlad, O Empalador, que inspirou Lord Stocker em seu clássico, que, quando fui ler, já havia assistido o filme do Coppola, e acabou estragando meu assombro com o livro. Esse carinha (o Vlad) já era sádico antes mesmo deste termo existir. Pareceu ter seus motivos, e vingança era um deles, já que seu pai e seu irmão foram mortos e perdeream seu reino, que, tempos depois, O Empalador recuperou. E, para mostrar quem manda, fez questão de expor às vistas de todos o que acontecia com quem aborrecia Vlad Dracul. Um fato que colabora com o seu mito: é que este "senhor simpático", bebia o sangue de seus inimigos, ou amigos não tão próximos, e daí para associá-lo aos antigos e novos mitos vampirescos é um pulo. Que me perdoe Bram Stoker, mas o Drácula original, o ainda hoje herói nacional Romeno, parece-me mais misterioso e instigante que o genial Vampiro de Stoker. Apesar de que, na infância, eu gostava muito do Zé Vampir, da turma do penadinho... [Almirante Tamandaré - PR]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por Leandro de Almeida
4/3/2010 às
08h23

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês