busca | avançada
60133 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Quarta-feira, 10/3/2010
Comentários
Leitores

Há tempos não leio um poema...
Há tempos não leio um poema tão legal...

[Sobre "Reconhecimento"]

por Carolina Costa
10/3/2010 às
09h47

Ficaria na infância
Eu voltaria para a época em que a vida era muito mais fácil, a minha infância, e trataria de ficar por lá bastante tempo. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Máquina do Tempo"]

por Julio Cesar Cruz Col
10/3/2010 às
09h18

Meu primeiro vampiro
Meu vampiro preferido é o Drácula. Porque era o vampiro do meu tempo! Foi meu primeiro vampiro e o primeiro vampiro a gente nunca esquece. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por Vera Carvalho Assump
10/3/2010 às
09h17

E o Von Trier?
Ah, 2009 teve Anti-Cristo do Von Trier...

[Sobre "Cinema em 2009"]

por beto
10/3/2010 às
04h07

Os antigos sabiam tudo
Não creio que a astrologia esteja relacionada a dinheiro ou coisa parecida. Nossos antepassados contemplavam o céu e estudavam as estrelas em busca de conhecimento e iluminação, não de riquezas, ou, pelo menos, sob o aspecto material. Porque o conhecimento, a meu ver, é a maior riqueza a que o homem pode aspirar. Essa depreciação da astrologia, entendida por muitos como mera arte divinatória, ou, até mesmo, como atividade ilícita, resulta, decerto, do desconhecimento de sua verdadeira natureza. Não cabe a mim julgar quem usa esse conhecimento como meio de vida, mas, sem dúvida, existem motivações muito maiores do que o dinheiro entre aqueles que estudam os caminhos do céu. Que o digam os antigos. Como eu já tive oportunidade de dizer aqui, em outro comentário, os antigos sabiam tudo. Por isso, queria uma máquina do tempo para deslocar-me até remotas eras e poder compartilhar o mundo daqueles que conheceram os segredos do Universo.

[Sobre "Sobre astrologia e astrólogos"]

por mari prol
9/3/2010 às
19h11

Recursos bárbaros!
Interessante ter lido a respeito do assunto aqui. Sempre tive aquele sonho (quase delírio) de ser escritora e, recentemente, resolvi colocar parte desse projeto em prática, começando, justamente, pela internet. Criei um blog para publicar uma história que escrevi, que vou atualizando por capítulos, semanalmente, como um folhetim (daí o nome do blog). Nesse processo, terminei conhecendo muitas pessoas geniais, inteligentes e, sobretudo, generosas, que fizeram divulgação do meu livro (a história é, de fato, um livro) em seus próprios blogs, no Facebook, no Orkut, enfim. Tanto que até já tenho alguns seguidores, o que muito me surpreendeu, porque era, de início, um projeto despretensioso, quase um exercício. Estou muito feliz com os resultados e, cada vez mais, decidida a levar meu projeto adiante. A história do Frederico, personagem principal da trama, está a todo vapor. Por isso, como nem podia deixar de ser, virei fã desses novos recursos de comunicação. Simplesmente bárbaros!

[Sobre "Entrevista ao CampiDigital"]

por mari prol
9/3/2010 às
18h44

O verdadeiro Conde
A do Conde Drácula... que dizem existiu de verdade! Porque sua história é verdadeira e real! Amém! [Porto alegre - RS]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por Vitor Hugo Vieira
9/3/2010 às
13h41

Vampiro clássico
Prefiro as histórias clássicas, onde o vampiro tinha preceitos morais e gostava das mocinhas indefesas. O clássico é sempre o melhor. [Umuarama - PR]

[Sobre "Promoção: O Ano do Vampiro"]

por Jaqueline Mocellin
9/3/2010 às
13h40

A de Casimiro de Abreu
Voltaria à infância, aquela entoada por Casimiro de Abreu, na qual a labuta do dia a dia ainda não imprimiu as marcas do preconceito, da desigualdade, da indiferença. Em vez de acumular mágoas, tínhamos delícias e tardes fagueiras embaixo das bananeiras e laranjais. [Cuiabá - MS]

[Sobre "Promoção Máquina do Tempo"]

por Núbia Miranda
9/3/2010 às
13h39

Ficar ou não ficar rico?
Esses capitalistas inveterados e especializados acham que dinheiro é a única preocupação na cabeça de TODAS as pessoas. Mas não é não! O mundo é muito grande, e há pessoas cujas preocupações vão muito além de "ficar ou não ficar ricas"...

[Sobre "Sobre astrologia e astrólogos"]

por Marcelo Caetano
9/3/2010 às
11h31

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
60133 visitas/dia
1,1 milhão/mês