busca | avançada
29939 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Quarta-feira, 24/3/2010
Comentários
Leitores

O sonho poético
Ela parte da ilusão abstrata para entrar no céu concreto. Ela vive o sonho poético, por isto vale a pena ler.

[Sobre "Poesia sem ancoradouro: Ana Martins Marques"]

por Manoel Messias Perei
24/3/2010 às
03h09

Vivo uma paixão assim
Amei o texto e me identifiquei com ele, pois vivo no momento uma paixão assim... O encontro ainda não se deu por minha causa, pois temo que haja uma decepção de ambas as partes. Da parte dele, hummm... Diz ele estar muito certo de que isso jamais ocorrerá... bom... eu não sei... Na dúvida, prefiro continuar vivendo esse amor na virtualidade, até que eu não me aguente e corra para encontrá-lo!!! Detalhe importante: moramos próximos um do outro, mas cadê a coragem? Temo perdê-lo caso haja decepção de uma ou de ambas as partes... Já marquei com ele várias vezes, mas chega na hora "H" e eu acabo desistindo. Mas tenho sofrido muito com isso. Enfim, seja o que Deus quiser, beijos!

[Sobre "Don Juan de mIRC"]

por fernanda flores
23/3/2010 às
22h55

Bacana seu texto
Bacana seu texto, acabei de indicá-lo no Twitter da Capitu. Só discordo que "Cabeça Dinossauro" não tenha significado. E discordo violentamente de que as músicas do Ramones sejam nonsense.

[Sobre "A morte anunciada dos Titãs"]

por Duanne Ribeiro
23/3/2010 às
17h29

Crítica da crítica da crítica
Difícil criticar um texto em que se critica a crítica, mas vou tentar ser construtivo. O que seu amigo me parece ter dito, pelo que você citou, não é que ele não entendeu a ideia do texto, mas a quem você dirigia e quais resultados esperava ter. São coisas diferentes. Você pode precisar dar ou não determinado tipo de informação ou se esforçar ou não para convencer sobre determinadas coisas, dependendo de para quem escreve - mesmo que esteja passando a mesma ideia. Você, neste artigo, tem uma ideia de público: é o cara que tem a perfeita apreensão, tem na ponta da língua as regras de interpretação que você precisou consultar manuais para lembrar. Mas são todos assim? A crítica dele era construtiva nesse ponto: "não sei se sua mensagem convence alguém, mas a mim, não". Também penso que você criticá-lo porque ele não produz é uma falácia. Que importa se não produz? Principalmente quando se fala de texto, ele tem a capacidade de raciocínio e de saber se a mensagem chega a ele ou não.

[Sobre "A interpretação dos chatos"]

por Duanne Ribeiro
23/3/2010 às
17h19

Ótimas dicas
Com certeza são otimas dicas. Valeu pela ajuda!

[Sobre "Dicas para você aparecer no Google"]

por Yuri Dassayev
23/3/2010 às
14h01

Erudição e vocação
Ismael, mais uma vez você mostra com brilho e delicadeza sua erudição e vocação de pedagogo. Wilde é uma figura perfeita para a leitura de J.C. Ismael pela sua complexidade e picardia.

[Sobre "Oscar Wilde, dândi imortal"]

por Frederico L. Menezes
23/3/2010 às
12h29

Sem e-mail e celular
São 39! Outro dia queria entrevistar um psiquiatra. Não estava no consultório. Pedi o celular e a secretária disse que ele tinha mas jogou fora, porque não o deixavam e paz. Também não tinha mais e-mail, porque não dava mesmo conta de ler todos. E o cara cobra 700 reais a consulta. Atende público que tem grana. Já assisti a trocentas palestras dele, e não dá pra imaginar que um senhor com tanto conhecimento não tenha e-mail nem celular, porque não conseguiu se adaptar. Já eu... rs

[Sobre "Os sem-celular"]

por Débora Carvalho
23/3/2010 às
11h56

Tenho um tio esquizofrênico
Texto lúcido. É muito fácil criar teorias ridículas para satisfazer os próprios interesses. Também tenho um tio esquizofrênico que sem remédios ficaria agressivo, mas não fica porque a família cuida dele. Chega a parecer piada dizer que o cara está em surto até agora, como disse o pai do criminoso que não quer aceitar a índole do filho. Alguém em surto age e pronto. Depois fica chorando de arrependimento ou não se lembra do que fez. Nunca ouvi falar de surtos esquizofrênicos tão complexos, com tanto planejamento... / Obs: só não acho que a Record encare o Santo Daime como rival, pois é uma comunidade pequena e o público é outro. Acho mais que esta é uma oportunidade para focar escândalos de outro quintal, não importa qual.

[Sobre "Glauco: culpado ou inocente?"]

por Débora Carvalho
23/3/2010 às
11h50

O Haiti faz parte da Terra
O mundo necessita compreender que o Haiti faz parte da Terra, e que pra isto foi vítima recente de um terremoto, e lá as pessoas pereceram e morreram. O que o mundo precisa é ser responsável pela Terra. Pra isto é que existem organismos internacionais, e movimentos, esperando que a solidariedade possa existir, assim como Cuba enviou médicos e preparou homens para atendimentos, sem pedir nada em troca. E pensando assim é que temos que ser solidários e entender que devemos olhar para o próximo sem perguntar quem é.

[Sobre "Haiti, o cisne negro, já virou branco"]

por Manoel Messias Perei
22/3/2010 às
20h53

Minha vida está assim
Adorei este texto, minha vida está assim.

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por Adriana Casimiro
22/3/2010 às
17h18

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
29939 visitas/dia
1,1 milhão/mês