busca | avançada
60133 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Quarta-feira, 18/1/2006
Comentários
Leitores

scraps pro meu amor
Tive alguns desentendimentos por causa de scraps pro meu amor tb. Sem contar no antigo relacionamento que estava balançando e realmente acabou por isso. O que me fará mta falta se eu sair é a divulgação dos eventos de rock aqui de Campinas, bem como as discussões em cima de um tema que curto, pois frequento bastante as comunidades. Em algum momento passa a ser meio que utilidade pública, uma vez que tive crise de amidalite e me confortava na opinião de outras pessoas também. Resumindo... às vezes dá vontade de sair, outras não... Mas não adianta, é só ter aquilo pra dar a famosa coceirinha de fuçar no profile alheio. Admiro sua atitude e espero um dia fazer o mesmo. E juro que nunca mais brigo por causa de scrap de seja quem for pro meu amor. Ele tá comigo, é o que importa.

[Sobre "Adeus, Orkut"]

por Aline Arielo
18/1/2006 à
00h09

alem-nietzsche tb e' preciso
acho que so' existem dois tipos de pessoas: os que leram e os que nao leram nietzsche, pois e' uma leitura impactante e que joga por terra os nossos conceitos que sao, em sua maioria, baseados nessa sociedade maniqueista. Porem, como disse o propio nietzsche, ele nao queria ser idolatrado, entao nao nos limitemos, pois quando ele pregava o alem do homem tambem estava pregando o alem-nietzsche, mas continuemos a degusta'-lo e continuemos a nos deliciar com sua sinceridade e falta de pudor, a qual ainda choca muita gente!

[Sobre "A Auto-desajuda de Nietzsche"]

por taise de jesus santo
17/1/2006 às
18h59

2005 reloaded
Mas é como dizem sobre a têvê: só temos as notícias ruins – parece que é o que dá mais audiência... Posso garantir que coisas boas aconteceram em 2005, mas a gente se lembra mais fácil das outras.

[Sobre "10 razões para esquecer 2005"]

por Fábio S.
17/1/2006 às
12h03

Denúncia contra Raul Gil
Eu sou Cris e faço parte da dupla Cris e Ivan, ganhadores do programa Raul Gil, no quadro de calouros do ano de 2003. Até hoje o prêmio não apareceu! Não acho que o programa Raul Gil seja tão sério e idôneo como falam! Porque não cumprem o que prometem, e em rede nacional! Isto não é ser sério! E a maneira como Raul Gil trata seus calouros, alguém sabe disso? Como poderiam saber, isto com certeza já aconteceu com alguns calouros, mas ninguém teve coragem de falar, com medo de que as portas se fechassem pra eles!

[Sobre "Raul Gil e sua usina de cantores"]

por Cristiane Henicka
16/1/2006 às
16h46

2005
Quanto barro, quanta lama.

[Sobre "10 razões para esquecer 2005"]

por Charles Fountaine
16/1/2006 às
13h25

Mau Humor
Como eu disse a você, este entra direto para a galeria "O Melhor do Mau Humor".

[Sobre "10 razões para esquecer 2005"]

por Claire
16/1/2006 às
06h12

Nietzsche
Lembro-me apenas de uma frase que resume bem nossa sociedade "posso perdoar pelo que me fizeste, mas como poderei perdoar se o tivesse feito a ti mesmo"

[Sobre "A Auto-desajuda de Nietzsche"]

por rodrigo33
15/1/2006 às
23h22

Gosto muito do que vc escreve
Adriana: sou outra belorizontina a comentar o seu texto - e não é a primeira vez que o faço porque gosto muito do que você escreve. Desta vez, fiquei especialmente entusiamada com o Rio Grande do Sul que você descreve e que está dentro do meu coração desde que li, pela primeira vez, a Trilogia do Tempo e do Vento, do Veríssimo - para mim, o romance histórico mais bonito da Literatura Brasileira. Olha só o que diz o Capitão Rodrigo ao Padre Lara, no volume "O Continente", tomo I: "Se alguém me convidasse para eu me render eu ficava ofendido. Um homem não se entrega". Isso não é mesmo a cara do povo do Rio Grande, exatamente como você o descreve? Parabéns pelo seu texto.

[Sobre "Breve reflexão cultural sobre gaúchos e lagostas"]

por Rina Bogliolo
15/1/2006 às
07h47

Orkut para Maiores...
Acho que tudo que é exagerado é prejudicial. E o Orkut também. Mas, penso que só se expõe no Orkut quem quer, só coloca foto quem quer e só dá detalhes da sua vida pessoal quem quer. E cada um que arque com as consequências de seus atos, afinal o Orkut foi feito para maiores de 18 anos!

[Sobre "Adeus, Orkut"]

por Andressa Duarte
15/1/2006 à
01h54

O Jô: ficando repetitivo
Bem, o Jô não é perfeito, mas é inegável dizer que ele é um bom apresentador, e na minha opinião - que não gosto muito do que vejo na tv - ele até que passa. A minha única crítica no momento é o fato de ele entrevistar muitos atores, quase todos os dias ele vêm fazendo isso, e com isso é sempre o mesmo papo: carreira, teatro, cinema e assim vai.

[Sobre "Anti-Jô Soares"]

por Andressa Duarte
15/1/2006 à
01h41

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
60133 visitas/dia
1,1 milhão/mês