busca | avançada
44941 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Sexta-feira, 4/8/2006
Comentários
Leitores

Demônio do meio-dia
Poderosa expressão de desabafo. Belo texto. Considero a incompatibildade de relacionamentos sociais uma grande dificuldade para que indivíduos atinjam plenitude. Essa sensação de tentar se comunicar e ninguém te entender é um sufoco. Lembro de um livro denso que fala sobre isso, "O demônio do meio-dia".

[Sobre "Gênios da vida real"]

por Rodrigo Xavier
4/8/2006 às
12h54

Yahoo!: 10 a 0 no Gmail
Eu sou usuário do Yahoo! e do Gmail, do Hotmail já fui mas nunca gostei. E na minha opinião o Yahoo! dá de 10 a 0 no Gmail, principalmente o anti-spam.

[Sobre "O Gmail (e o E-mail)"]

por Alan de Souza
4/8/2006 às
11h30

Quase desistindo do alemão
"En alemán mucho menos; es una lengua envarada y torpe, en el fondo horrible. Es una lengua espantosa que mata todo lo que es ligero y maravilloso." Com isso, ele está quase me fazendo desistir de aprender alemão...

[Sobre "De una catástrofe a otra"]

por Rafael Rodrigues
4/8/2006 às
10h48

Algum gênio por aí?
É difícil definir o que é um gênio. Às vezes, um artista tido como gênio, não o é, de fato. E, sinceramente, não vejo nenhum gênio em atividade no Brasil. Fora daqui, talvez o Hawking? (Escrevi o nome dele certo?) Vivemos numa época em que tudo é mais fácil, a evolução tecnológica faz parecer gênios alguns muito-competentes-com-sorte. Nos esportes: Schumacher é um gênio? Não acho. Pelé foi. Digo "foi" porque hoje vemos por aí o Edson Arantes. O Pelé parou de jogar; mas é imortal. Na literatura? Algum gênio por aí? Vivo? Não me lembro de nenhum agora. Será que a leitora, que se considera um gênio, é mesmo um? Talvez sim, talvez não. E, sinceramente mais uma vez, fico inclinado a achar que não. Mas enfim, se ela ler isso aqui, um recado: pense positivo, sempre, e não tente ser mais do que é; nem exija demais de você, pelo fato de você ter um QI acima da média. Viva a sua vida da melhor maneira possível. E pense na quantidade de pessoas que não tiveram as mesmas chances que você. Abraço!

[Sobre "Gênios da vida real"]

por Rafael Rodrigues
4/8/2006 às
10h38

Engraçadérrimo!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk! ótimooooooooo! muito bom! Lisandro, vc está de parabéns... foi impossível não rir dessa crônica sua! boa d+... e olha q eu nunca tinha te "reparado" por aqui, mesmo seu gênero sendo um dos meus preferidos... cbo? eu nunca soube dessa maluquice de requisito do censo...ai ai ai! mas e agora? que porcaria! não vou poder nem mais mentir qdo o moço do censo passar lá em casa... justo esse ano q eu queria me passar por escritora... beijo e mais uma vez, parabéns!

[Sobre "Escritora de Bom Censo"]

por janaina sorna
4/8/2006 às
10h36

Maroldi absolvido...
Maroldi,considere-se absolvido. Sua resposta foi brilhante. Não é pelo fato de ser eu, uma pessoa objetiva e pouco dada à devaneios (instinto de proteção)... que deva desmereçer os sentimentos... traduzidos nesta forma de arte - a poética. Eve

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por eveline
4/8/2006 às
09h52

A situação do autor?
Ué, como assim penalizada com a situação do autor? Qual é a minha situação, afinal? Ou vc está achando que estou de cama, tomando anti-depresssivos e me controlando para não cortar os pulsos com a faca de pão? Sinto decepcioná-la, mas infelizmente não, não dessa vez. Por amor seria uma estupidez gigantesca fazer isso, não acha? Maroldi, o autor que vitimiza leitoras :)

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por Marcelo Maroldi
4/8/2006 às
08h52

(quase) escritora
O personagem da velhinha (quase) escritora é ótimo.

[Sobre "Escritora de Bom Censo"]

por Alvaro
4/8/2006 às
07h39

fff aparecendo
pô, perdi a chance de te conhecer... fica pra próxima. e pode ser porque eu tô envolvido, mas o estudiolivre querer "aparecer" é bem menos do que a MS avisar um dia antes que ia participar de uma mesa, lançando um produto irrelevante e nada criativo. alguma dúvida de que o tal plugin é mero pretexto pra ter visibilidade no isummit?

[Sobre "Criei, tive como"]

por felipefonseca
4/8/2006 às
02h43

o que sinto em relação a Orkut
Eu também encontrei seu texto colocando no Google "como sair do Orkut". Você escreveu o que sinto em relação ao Orkut no início do seu texto. Mas quero realmente sair, pois muita gente está fazendo muita besteira no Orkut. Uma pena porque é uma ferramenta interessante. Virou uma perda de tempo. As discussões ficam na superfície.

[Sobre "Por que quero sair do Orkut (mas não consigo)"]

por lavinia teixeira
3/8/2006 às
20h41

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
44941 visitas/dia
1,3 milhão/mês