busca | avançada
77520 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Segunda-feira, 4/10/2004
Digestivo em Revista (Primeiros Extratos)
Julio Daio Borges

clique aqui e amplie
Arte, por Millôr Fernandes

"É um mundo estranho este de hoje. Você ouve falar das crises de endividamento da grande mídia (Globo, Abril, Folha, Estado) mas entra em qualquer banca de jornal (ou megastore) e as prateleiras estão abarrotadas. Você cansa de escutar reclamações de representantes da indústria fonográfica, contra a pirataria e as baixas vendagens (de CDs), mas olha em volta e percebe que as pessoas não pararam de ouvir música e de ler sobre música. Então você se informa sobre histórias escabrosas, envolvendo falsificação de DVDs e prática de preços impossíveis, mas tenta ir ao cinema no fim de semana e se depara com filas que não acabam mais. Você ainda cresce em meio a eternas reclamações de que 'o brasileiro não lê', mas assiste a um boom inacreditável de livros, livrarias, escritores e editoras. Por último, você convive com a incompreensão geral em torno da arte e das Bienais, mas é testemunha de verdadeiras peregrinações atrás de mostras como as de Rodin, Monet, Picasso, etc. Afinal, o que acontece de fato?"
Apresentação, por Julio Daio Borges

"Como será o cinema daqui a dez anos? Se me perguntassem como o cinema será daqui a 20 ou 30 anos, a resposta não seria diferente: não sei e ninguém sabe. E ainda bem que assim seja, pois a graça do futuro, como diria o Conselheiro Acácio, está nas surpresas que ele nos reserva. Se encurtássemos o tempo para, digamos, cinco ou, vá lá, três anos a sinuca seria a mesma. Quem podia prever, em 2001, que dali a três anos o documentário, tido como o chuchu na água e sal do cardápio cinematográfico, passaria a ser devorado como caviar pelo grande público?"
Tendências para o Cinema, por Sérgio Augusto

"Existe uma interessante agitação, um estado de efervescência na literatura contemporânea. Talvez não tenha surgido ainda um grupo, ou pelo menos um punhado de nomes, que possam delimitar, com visibilidade, esse novo momento. Talvez ele ainda seja obscuro, ou silencioso, o que não quer dizer que não exista. No cenário brasileiro, afora os nomes de Bernardo Carvalho, 44 anos, com um romance como Nove noites, na prosa, e de Fabrício Carpinejar, 32 anos, e Paulo Henriques Brito, 53 anos, com Cinco Marias e Macau, na poesia, que hoje despertam respeito mesmo entre aqueles que não chegam a se entusiasmar com seus livros, o que há é uma produção ainda tímida, não muito visível. Mas na qual já se podem antever bons pedaços do futuro."
Tendências para a Literatura, por José Castello

"O panorama das artes visuais em início de século é uma galeria de paradoxos. Embora a arte moderna tenha surgido de forma perturbadora para a maioria das pessoas, hoje ela é, por assim dizer, a estrela dos grandes eventos como as retrospectivas que lotam museus e centros culturais em todas as partes do mundo. Já a arte contemporânea, cuja divulgação bombástica é feita principalmente pelas bienais internacionais, cada vez menos consegue ser chocante para o espectador médio e, mesmo assim, não ocupa um lugar definitivo em seu coração. Faça uma pesquisa com os freqüentadores da bienal paulista: de qual obra ou artista você se lembra da edição passada? Ou então imagine se um deles, com raríssimas exceções, seria capaz de encher sozinho, por meses, um espaço como a Oca do Ibirapuera, a exemplo de Picasso."
Tendências para as Artes, por Daniel Piza

"Como não consegui vencer meus inimigos, juntei-me a eles para rir de mim. Não levo tudo muito a sério porque não gosto de carregar nada. Recebi os mais implacáveis apelidos na infância, aceitava, ria e tocava a respiração adiante. Não me sentia humilhado. Me antecipava das piadas sobre minha feiúra e elas ficavam velhas nas bocas dos outros. Sinto uma timidez terrível. Mas sinto medo de ser tímido para não sofrer é o que me faz não ser tímido. O medo de ser tímido é maior do que a timidez. Sou expansivo por falta de opções. Quando encontramos as legendas, demoramos mais para apagar as imagens. Terminei sendo um ponto e vírgula, não tenho coragem de terminar uma frase e muito menos certeza para começar outra."
Autobiografia não-autorizada, por Fabrício Carpinejar

"Esse Brazil estereotipado, de catálogo turístico, pelo qual estrangeiros de classe-média dizem se encantar, está longe de se parecer com o Brasil de verdade quer dizer, com o Brasil onde os brasileiros vivem. E ninguém mais pode perceber isso, a não ser os próprios brasileiros. Mas temos uma dificuldade inaceitável para compreender o Brasil: porque o brasileiro lê e viaja muito pouco, sobre e dentro do País. Muita gente, claro, não lê nem viaja nunca, porque, financeiramente, ainda não consegue. Mas a classe-média alfabetizada, economicamente emergente, e mesmo essa gente que é, aqui, considerada 'elite', não tem muitas desculpas para ser tão provinciana. Já é hora de lerem mais e viajarem melhor se abrindo para conhecer em mais detalhes o Brasil e, da mesma forma, o mundo. O conhecimento estrangeiro pressupõe autoconhecimento: só compreenderemos mais profundamente, digamos, os Estados Unidos se, antes, entendermos melhor o Brasil."
Existe Cultura Brasileira fora do Brasil?, por Eduardo Carvalho

"'Cultura' é um termo de definição difícil e vaga. Talvez por isso mesmo a palavra seja ubíqua: associada a atividades tão diversas quanto investimentos, urbanismo, informação, lazer e educação. Fala-se em 'Corredor Cultural da Luz', Lei de Incentivo à Cultura, gestão cultural, patrimônio cultural. No conceito amplo cabe tudo: atividades artísticas como pintura ou teatro, manifestações folclóricas e populares, práticas sociais e entretenimento. A flexibilidade é útil, permitindo que a idéia se adapte a contextos diferentes. Por outro lado, a indefinição permite disfarçar usos políticos ou econômicos sob a aparência neutra do termo: afinal, quem é contra 'cultura'?"
Estudos Culturais, por Daniela Sandler

E mais:

Marcel Plasse em Tendências para a Música
Ana Elisa Ribeiro em Boca de estômago, amor de mixaria
Lucas Rodrigues Pires em Cinema em 2004
Adriana Baggio em Música em 2004
Ricardo de Mattos em Literatura em 2004
Fabio Silvestre Cardoso em Artes em 2004
Luis Eduardo Matta em Existe Cultura Brasileira?

Com ilustrações de:

Yara Mitsuishi

RESERVE JÁ O SEU EXEMPLAR >>>
(C/ 25% DE DESCONTO)

Julio Daio Borges
Segunda-feira, 4/10/2004

 

busca | avançada
77520 visitas/dia
2,7 milhões/mês