busca | avançada
38231 visitas/dia
947 mil/mês
Terça-feira, 29/1/1974
Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
Julio Daio Borges


No videocast Man in the Arena, de Miguel Cavalcanti e Leo Kuba

Quem é Julio Daio Borges?
Julio Daio Borges é, por extenso, Julio Dário Revollo Porfírio Borges. Nasceu em São Paulo Capital, no dia 29 de janeiro de 1974. Formou-se em Engenharia de Computação, pela Escola Politécnica da USP, em dezembro de 1997. Foi "redação nota dez" da Fuvest, em 1992. Escreve (e publica) desde então.

Qual o seu histórico profissional?
Julio Daio Borges, ou "Julio Borges", trabalhou de 1996 a 1997 na (Monitor) MGDK, como estagiário na área de suporte. Em 1998, no banco Itaú, produzindo sistemas para a mesa de operações. E, de 1998 a 2001, no banco Real/Santander, na Controladoria do Escritório Regional da América Latina (ROLAC, do então ABN AMRO Bank).

Quais os "antecedentes" do Digestivo Cultural?
Em dezembro de 1997, Julio Daio Borges, assinando "J.D. Borges", compõe "A Poli como Ela é...", uma crítica à Politécnica da USP, que vai parar na Folha de S. Paulo, na coluna de Luís Nassif. Começa uma atividade de "colunista independente" a partir de 1998 (por e-mail) e, em 1999, funda seu próprio site. Em 2000, esboça a newsletter que se tornará, de 2001 em diante, a revista eletrônica Digestivo Cultural.

Além do Digestivo, onde mais publicou?
De 2008 a 2010, manteve uma coluna, intitulada Letras e Números, na revista GV-executivo, da FGV-SP (onde colaborou com artigos sobre internet business desde 2004). E, de 2009 a 2010, foi igualmente colunista do site Operamundi.net. Já publicou: no "Caderno2" e no "Link", de O Estado de S. Paulo; no caderno "Prosa & Verso", do jornal O Globo; no "Caderno Fim de Semana", da Gazeta Mercantil; no Suplemento Literário de Minas Gerais; e no jornal Rascunho.

E em livro, o Julio já publicou?
Sim, em e-books! Em 2010, Julio começou uma jornada de "editor de si mesmo". Quis voltar às origens e reuniu toda a história da polêmica em torno de "A Poli como Ela é..." (2014). Depois, começou a percorrer os textos do seu primeiro site, e lançou "Assim Falava Nietzsche" (2014). Aproveitando o embalo, lançou também Eleições 2014 (e depois...) (2014), com seus textos politicamente "engajados" do Facebook. (Atualmente, trabalha numa nova coletânea do jdborges.com.br. Para mais informações, visite sua página de autor na Amazon.)

Quais as suas atribuições no Digestivo Cultural?
Redação de Digestivos. Supervisão dos Colaboradores e Blogueiros. Elaboração das Promoções. Veiculação dos Banners. (Implementação dos Disparos.) Programação do site. Administração da JDB Editora e Participações LTDA. (empresa que abriga o Digestivo desde 2003).

Com que outros projetos se ocupa Julio Daio Borges?
Desde o início de 2015, Julio trabalha na reestruturação do Digestivo, que completa 15 anos. Uma das novidades é a seção Blogs. Outra é a abertura dos Banners para anúncios dos Leitores. Outra, ainda, é a abertura dos "disparos" (e-mail marketing) para os Leitores. E isso é só o começo. Vem muito mais por aí...

Onde obter ainda mais informações sobre Julio Daio Borges?
No perfil de Júlia Tavares para o projeto Rumos, do Itaú Cultural (em outubro/2014). No Suplemento Pernambuco, em reportagem de Carol Almeida (em meados de 2013). Em entrevistas: a Paulo Palma Beraldo, da Unesp (em setembro/2013); ao Portal Galego da Língua (agosto/2009); à revista ResultsON (outubro/2008); ao jornal O Tempo (fevereiro/2008); à ECA/USP (novembro/2006); ao site Cultura e Mercado (fevereiro/2006); à rádio Cultura FM (a Gioconda Bordon, em agosto/2005); novamente, à rádio Cultura FM (programa Música em toda parte, em julho/2004).

O que mais (além de entrevistas)?
Em comemoração a uma década do Digestivo, Julio foi convidado para uma gravação especial do Tungcast. Participou, na UFRJ, do evento Meio a Meios, junto a Sérgio Cabral (pai) [em novembro de 2010]. Ao lado de André "Cardoso" Czarnobai, percorreu o Sul do Brasil, a convite do projeto Autores & Ideias, do Sesc-PR (junho de 2010). Participou do evento Oxigênio, ao lado de Ana Paula Sousa, da Folha (novembro de 2009). Foi convidado do III Seminário Tendências Conectadas nas Mídias Sociais da Cásper Líbero, ao lado de Pedro Doria (setembro de 2009). Deu aula no curso "Jornalismo na Internet", do Espaço Cult (maio de 2008). Participou do Encontros de Interrogação, do Itaú Cultural (dezembro de 2007). Foi convidado da Fliporto (outubro de 2007). E palestrou, na mesma época, no II Encontro de Comunicação e Letras, do Mackenzie.

E o que mais além do Digestivo?
Julio foi "livreiro" na Estante Virtual de 2007 a fevereiro/2015 (um portal que ajudou a divulgar, quando começou, em 2006). Com base nessa experiência, criou o "Digestivo Livros" (2013). E hoje trabalha a ideia de um novo marketplace, não só para livros, mas também para outros produtos culturais, como discos e filmes. Depois de quase um década mexendo com "vendas" (e-commerce), Julio vem desenvolvendo novas habilidades em marketing (internet marketing). Todas essas experiências são a base para a atual refundação do Digestivo Cultural...

Como encontrar Julio Daio Borges?
Pelo e-mail. No Twitter, no Facebook e na Amazon.


Julio "Digestivo" Borges por Érico San Juan

Julio Daio Borges
São Paulo, 29/1/1974

 

busca | avançada
38231 visitas/dia
947 mil/mês