busca | avançada
63075 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Quarta-feira, 31/1/2001
I choose us

Julio Daio Borges




Digestivo nº 18 >>> Nicholas Cage, um dos rostos mais expressivos da Hollywood atual, está em Um Homem de Família. Apesar da carga de conservadorismo que emana do título, o filme discute com habilidade a opção, cada vez mais extremista, entre carreira e família. Ainda que pule de um estereótipo a outro (do executivo infalível, refinado, milionário de Wall Street, ao pai de classe média, endividado, conformado e piegas), o roteiro leva o espectador a ponderar entre os dois estilos de vida. Vale à pena, nem que seja para explorar as contradições da fita, afinal, ninguém constrói um império, ou galga os mais altos degraus de uma organização, na solidão, sem nenhuma estabilidade emocional; afinal, nem toda a família é feliz, nem todo o casamento é bem-sucedido, nem todos os filhos são uma benção; afinal, nem todo mundo que investe apenas no lado profissional chega ao topo do mundo; afinal, nem todas as esposas permanecem eternamente belas, nem todos os maridos se mantém para sempre românticos, nem toda a sociedade é estável, planificada e pródiga como a americana.
>>> http://www.family-man.com/
 
>>> Julio Daio Borges
Editor
 

busca | avançada
63075 visitas/dia
1,8 milhão/mês