busca | avançada
37024 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Quarta-feira, 15/4/2009
John Lennon, por Sean Lennon (e Philip Norman)

Julio Daio Borges




Digestivo nº 411 >>> Sean conta que quando seu pai, John Lennon, morreu, não havia ninguém para consolá-lo. Sua mãe, Yoko Ono, parecia sempre cansada e passava a maior parte do tempo deitada na cama. Como, nas palavras dela, haviam "queimado muitas pontes" atrás de si, não cultivavam mais nenhuma relação com parentes ou familiares. Sean contava, então, cinco anos e, fora Yoko, havia, na casa, apenas empregados. Só quase uma década mais tarde, o filho de John Lennon conseguiu ouvir sua voz, nas canções, sem sentir que estava sendo apunhalado por uma faca. Era a mesma voz que lhe falava na infância, a primeira que ouviu e aquela que lhe ensinara as primeiras palavras. Por isso, até hoje, para ele é tão duro escutar obras — infelizmente tocadas à exaustão — como Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band. Sean, ainda assim, lembra que John era bastante genioso, mesmo para com uma criança de tão pouca idade. O filho reconhece que o pai era bem inseguro e que, por causa disso, inventou um jeito todo próprio de escrever canções. "I'm a loooser..." Sean reconhece também que, embora reclamasse bastante dos Beatles, John Lennon foi "açucarado" por eles e, graças a isso, tornou-se "palatável" para as massas. Para Sean, no entanto, o melhor álbum da história do rock é Plastic Ono Band, quando John, justamente, virou as costas para Paul, George e Ringo. "É como se, nos anos 70, Elvis desistisse de Las Vegas e se juntasse aos punks". Musicalmente, Sean não nega John, ainda que pareça, e inclusive considera que pratica esse ofício (de músico) por tê-lo herdado diretamente. Não participa, contudo, de homenagens musicais ao pai e nem, tampouco, entende aqueles que santificam John Lennon. Apesar de reconhecer que descobriu muito do pai pela imprensa, Sean não lê livros sobre John. Mesmo que sejam tão completos quanto a nova biografia de Philip Norman...
>>> John Lennon: A Vida
 
>>> Julio Daio Borges
Editor
 

busca | avançada
37024 visitas/dia
1,4 milhão/mês