busca | avançada
62561 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Terça-feira, 5/12/2000
De vila a metrópole

Julio Daio Borges




Digestivo nº 12 >>> Paulistanos nascem, crescem, vivem e morrem sem conhecer direito a sua cidade. É quase um lugar-comum. A exposição do novo MASP, na Galeria Prestes Maia, no Vale do Anhangabaú, está aí para aplacar essa ignorância institucionalizada e histórica. O desenvolvimento de São Paulo, desde as ferrovias até explosão da megalópole, está retratado e explicado a partir dos marcos e dos agentes que formaram e deformaram a cidade. Olhando assim, para o caos desgovernado de trânsito, violência, poluição e pobreza, fica impossível imaginar que houve sujeitos como o próprio Prestes Maia, que, com seu projeto de Grandes Avenidas e o seu plano para o Metrô (não executado), visavam, de fato, melhorar e modernizar São Paulo. Embora haja ênfase na influência dos meios de transporte (trens, bondes, automóveis, ônibus) no contorno da urbe, iniciativas como as do IV Centenário não são esquecidas na mostra. Completam o conjunto, algumas maquetes, quadros e uma bela colagem de fotos que passa, como filme, São Paulo em todas as suas eras e idades.
>>> MASP Centro - Praça do Patriarca, s/ nš - Vale do Anhangabaú
 
>>> Julio Daio Borges
Editor
 

busca | avançada
62561 visitas/dia
2,3 milhões/mês