busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Segunda-feira, 7/2/2005
Primeiro de Janeiro

Julio Daio Borges




Digestivo nº 213 >>> O trabalho de resenhista de CDs, num país musical como o Brasil, dá a impressão de nunca cair na monotonia e de oferecer sempre experiências inusitadas. Ainda assim, por mais preparado e vivido que esteja o crítico de música diante do mercado do disco, não tem como não se surpreender ante uma produção como Canção do sol nascente, do violonista Camilo Carrara. Numa iniciativa inédita (de verdade), Carrara se propôs a registrar, em violão solo, o cancioneiro do país do sol nascente, ou seja, do Japão. Foi como um insight que o percorreu por alguns instantes e que o direcionou para a pesquisa de partituras, escassas apesar da significativa colônia japonesa no Brasil. Entre centenas de peças compostas para a voz humana, selecionou 24 e alternou-se entre as cordas de nylon e as cordas de aço. O resultado é indescritível e embora as composições sejam 100% nipônicas, talvez por causa do intérprete (100% nacional), o ouvinte encontra laivos de música daqui, do Brasil. O resultado, então, é de um estranhamento reconfortante. Quem, por exemplo, ouviu-o no programa de rádio do maestro Júlio Medaglia, em meio ao trânsito, deve ter se sentido invadido por um súbito prazer sensorial – sem, no entanto, imaginar de onde vinham e para onde iam aquelas sonoridades. Respeitoso com relação às tradições do Japão, Camilo Carrara pesquisou e manteve as sugestões de imagens, junto a cada título, transferindo-se, de pai para filho, de geração em geração: “A libélula vermelha”; “A escola dos peixes barrigudinhos”; “Duna”; “O luar do castelo em ruínas”; “Picanço na árvore seca”; e “Porto da embarcação que parte” – entre outras. Medaglia, sempre um crítico renitente da indústria musical, vez por outra se depara com uma genuína novidade e é obrigado a recuar, em um milímetro, com suas convicções. Camilo Carrara com Canção do sol nascente foi um desses casos. E se até os velhos estão se curvando, o que dirão os jovens de eager young minds?
>>> Canção do sol nascente - Camilo Carrara - Azul Music
 
>>> Julio Daio Borges
Editor
 

busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês