busca | avançada
89692 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Terça-feira, 11/3/2008
Comentários
Leitores

sobre se esconder no armário
Agradeço pela franqueza das opiniões. Gostaria de dizer que penso exatamente como você no tocante "a se esconder no armário". Como nós, ateus, temos de respeitar a religião dos outros, muitas vezes temos de engolir calados verdadeiras obscenidades nada sutis dos religiosos, quanto a nosso futuro no inferno ou o destino cruel que nos aguarda, quando "Deus punir os infiéis". Afora o ensino religioso, os símbolos explícitos de uma religião, o som de igrejas em tom elevado, para que todos ouçam a pregação...

[Sobre "A máquina de poder que aprisiona o espírito"]

por Fúlvio Antônio Lopes
11/3/2008 às
12h57

doar meus livros, ah!
De vez em quando dôo sangue, sou doador de órgãos. Não me dói o primeiro, não me doerão os segundos, leve o tempo que levar... Será reposto aquele, não haverá necessidade de reposição desses... Agora, doar meus livros, ah! Isso não! São tão poucos e tão queridos. Sim, talvez me acusem possessivo, mas eu penso que quero tão pouco nesta vida...

[Sobre "Confissões de uma doadora de órgãos"]

por João
11/3/2008 às
11h05

A religião cultural
Verônica, um dos melhores textos da série. Didático, pontual, leve e vazio de conflitos. Um convite a reflexão com o vigor das constatações. Particularmente, apreciei o uso das referencias históricas e culturais como contraponto. Um texto leve e com um final confessional/quase laico. Adorei.

[Sobre "Religião prêt-à-porter"]

por Carlos E. F. Oliveir
11/3/2008 às
09h45

Parabéns pela lucidez!
Parabéns pela lucidez argumentativa, necessitamos de mais racionalismo na mídia, pois de proselitismo estamos cheios.

[Sobre "Escrevo deus com letra minúscula"]

por Marcos Telles
10/3/2008 às
21h37

de um nietzscheano
Caro Jardel, com a sua devida licença, faço minhas as tuas palavras - para mim, todas escritas em letras maiúsculas. Não admito discutir deus ou diabo, fé, ateísmo, agnosticismo. Não acredito em deuses, duendes, elfos ou ninfas. Para mim, tudo instrumento de dominação e manipulação da ignorância e fraqueza do ser humano.

[Sobre "Escrevo deus com letra minúscula"]

por carlos fonseca
10/3/2008 às
20h35

Deus, um delírio interessante
A idéia de Deus como fenômeno gerador e controlador do universo é bem interessante. Lembrando que é único e não tem começo nem fim, Deus é a explicação mais fácil, sintética, digestiva e assimilável que se pode oferecer para a pergunta: De onde viemos e para onde vamos? Desde muito tempo, uns sabidinhos perceberam a necessidade que o povão tinha em entender a origem das coisas e montaram sistemas e histórias para o convencimento de sua relação com o todo-poderoso. Era o bastante ler a mão, os astros, matar carneiros, ou fazer previsões óbvias, repetir louvores, entoar cânticos ou defumar crédulos. Logo, e em nome do maioral, começaram a cobrar dízimos, contribuições, ajudas, taxas, percentagens etc. Notaram que tinham habilidade para influenciar e controlar os fortes, os chefes ou soberanos. O resto foi fácil e até hoje está por aí. Nem sempre os métodos foram piedosos ou éticos, mesmo sendo em nome do Principal. Deu certo. Até hoje tem gente que acredita em Adão e Eva!

[Sobre "Deus & Filhos Cia. Ltda."]

por R Almeida
10/3/2008 às
15h09

Algo que nos transcende
Deus com minúscula e ateu com maiúscula! O que o texto tem de correto dilui-se com essa fanfarrice. Religiões são fenômenos humanos e, como tais, falhos e imperfeitos. Nada provam (nem contra nem a favor) de Algo que nos transcende.

[Sobre "Escrevo deus com letra minúscula"]

por Marcus Terra
10/3/2008 às
12h36

o mistério do homem
"não há uma explicação para se fazer uma determinada coisa,mas é o que sempre faço, é o que eu sempre fiz": faço destas palavras de uma amiga minhas palavras para se falar sobre o mistério do homem.

[Sobre "Escrevo deus com letra minúscula"]

por Rodrigo Pignatari
10/3/2008 às
12h26

não sejamos tão maniqueistas
Realmente não é fácil ser ateu. Acreditar que todo tipo de religiosidade (que diga-se de passagem existe em todas as socidades de alguma forma) é um devaneio da espécie humana e atribui-la a um projeto de poder e dominação de uns poucos me parece pouco razoável. E sobre as conquistas do pensamento humano, não podemos negar as contribuições e influencia das religiões nesse sentido.

[Sobre "Escrevo deus com letra minúscula"]

por Marcio
10/3/2008 às
12h03

De um ateu convicto
Lembro-me quando aluno de ginásio no Salesiano de Recife, numa aula de religião, levantei inúmeras dessas questões... E quando meu professor, um padre, não tinha mais argumentos para me convencer, dizia apenas: "paramos por aqui, pois é 'dogma' e dogma não se discute"... Se Deus tivesse metade dos poderes que se atribuí a Ele, não haveria guerras, fome, doenças ou quaisquer outros males que nos aflingem!

[Sobre "Escrevo deus com letra minúscula"]

por Oswaldo Catan
10/3/2008 às
12h02

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
89692 visitas/dia
2,1 milhões/mês