busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Segunda-feira, 2/2/2009
Comentários
Leitores

Meio do caminho!
Concordo em inúmeros pontos da coluna. Acho mesmo que o jornalista acredita ser superior a todos os novos conceitos da atualidade. Acontece que, nós, que somos da nova geração de jornalistas, ficamos no meio termo entre os antiweb e os vencidos pela web. Somos aqueles que gostariam de fazer à moda antiga mas sabemos que no formato atual as coisas fluem mais rápido! Obrigada pelos esclarecimentos que você colocou no espaço, foram de grande valia. Abraços, Luciana Meningue

[Sobre "Por que os blogs de jornalistas não funcionam"]

por Luciana Meningue
2/2/2009 às
14h42

Site sem comentários
Oi, Julio! Nunca pus a ferramenta de comentários, porque é cada bobagem que a gente até se desanima (como aqueles do BigBrotherBrasil). Como não faço crônicas, nem artigos sobre assuntos atuais, e apenas posto agenda semanal, contos, críticas de livros/filmes e minhas poesias, acabo preferindo que a pessoa interessada em dialogar entre em contato diretamente comigo...

[Sobre "Declínio e Queda do Império dos Comentários"]

por Paula Cajaty
2/2/2009 às
14h32

Os gênios e suas invenções
Acredito que a genialidade venha da persistência na busca de encontrar respostas nas mais diferentes formas de conhecimento, da mesma forma que observo, dentro da minha ótica, que as principais invenções geniais se dão pela busca de outra coisa, como foi o caso da própria invenção do telefone, que veio de uma pesquisa para o desenvolvimento de algum instrumento específico para diminuir a surdez. Creio que a genialidade se baseia na capacidade de observação e no evento mesmo de buscar respostas, do navegar por conceitos variados de uma cultura enciclopédica...

[Sobre "Genialidade"]

por Ricardo Barradas
2/2/2009 às
12h32

O trema não existe mais?
Nossa, como essas pessoas escrevem certo... Acho que fiquei com vergonha! (O trema não existe mais, as mudanças na língua portuguesa começaram este ano!)

[Sobre "BBB matando o português"]

por Gustavo Franco
2/2/2009 às
12h20

Liberdade de expressão na moda
O bom hoje é que quem faz a moda é quem usa. Os estilistas têm estilo próprio para a indústria, por outro lado, ninguém segue o processo indusatrial, há quem copie, a liberdade é total. Mas os desfiles ocorrem é para isso. Há estilistas observando e estudando as ruas para suas criações.

[Sobre "Inútil, o filme e a moda que ninguém vê"]

por manoel messias perei
2/2/2009 às
12h13

Ignorar seria pior
A crise deve afetar menos o Brasil que outros paí­ses, mas ignorá-la seria pior! [Goiania - GO]

[Sobre "Promoção Democracia Traída"]

por Marcelo Igor de Sous
2/2/2009 às
10h45

Trabalho e juros
Tudo que afeta o capital internacional automaticamente tem uma repercussão no Brasil. Iremos sofrer redução de trabalho e os juros continuarão altos. [Fortaleza - CE]

[Sobre "Promoção Democracia Traída"]

por cleone moura
2/2/2009 às
10h44

Sem tudo
Ela não vai passar para o Brasil e os brasileirinhos pobrezinhos, pois já passou dos limites, inclusive deste sistema federal que aí está, para usufruir e não devolver os tributos que exorbita dos contribuintes, deixando-nos na miséria, sem educação, saúde, segurança, cultura e o que mais? TUDO. Amém! [Porto Alegre - RS]

[Sobre "Promoção Democracia Traída"]

por Marli Castro
2/2/2009 às
10h43

Decepcionada com o magistério
O problema é que, se exigimos, somos insensíveis, fazemos terrorismo com os alunos, não respeitamos as limitações deles... Confesso que estou decepcionada com o magistério, mas não é com a sala de aula, é com os profissionais que lecionam, com a estrutura escolar. Além de ensinar aos alunos, parece que, agora, é preciso ensinar também aos professores. Veja só: no meio do ano passado, uma professora de biologia entrou na sala dos profes com um texto impresso em verde, com gravuras, alinhado à esquerda e com os grifos característicos de internet, mas ela exultava o material apresentado: "Gente, vejam só como eles pesquisaram!", um colega pegou o material e disse: "Isto é cópia da internet" e apontou as marcas características... Pois é... a metade dos professores presentes se sentiu melindrada com o comentário do rapaz, isto é, valorizou-se a professora que deu nota máxima para "crtl+c" e "crtl+v... Será que podemos pensar em mudanças?

[Sobre "BBB matando o português"]

por Elaine dos Santos
2/2/2009 à
00h30

Jornalismo é pra quem gosta
Cara, tu escreve bem e ainda tem uns pensamentos interessantes... Merece mais um parabéns. P.S.: Jornalismo realmente é pra quem gosta, mas acho que pra alguém ser jornalista deve ser no mínino um bom escritor. (Obviamente de textos jornalísticos.)

[Sobre "O que é ser jornalista?"]

por Gustavo Franco
1/2/2009 às
21h06

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês