busca | avançada
74698 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Quinta-feira, 13/12/2001
Comentários
Leitores

Filmes de natal
Ju, para mim o filme favorito de natal é sem dúvida "Esqueceram de Mim", até hoje quando passa na TV me programo para assistir, é muito divertido.

[Sobre "Filmes de Natal"]

por Gustavo
13/12/2001 às
08h08

saudades
dani! que saudades, querida! descobri seus textos neste site mais do que por acaso. procurava algo sobre duendes (não me pergunte por que...), quando vi seu texto mais recente. acredita que eu estava "discutindo" neste exata momento com um amigo boas combinações. a dele: prosecco com damascos secos (será??); a minha: cheesecake com café! enfim, adorei ler suas coisas e se não fosse o ritmo puxado da vida aqui no jornal, poderia ler durante todo o dia. milhões de beijos, ana

[Sobre "Matrimônio à americana"]

por ana lucia araujo
12/12/2001 às
19h09

E eu também! *s*
É, Rafael, acho que vc tem razão. Este pessoal parece estar muito mais adaptado à esta realidade. Cada um, com seu próprio critério, separando o joio do trigo e indo por aí, surfando, como dizem...Pra acompanhá-los eu precisaria de slow motion...Ah, e a comparação com a TV é perfeita...Aqui, vc faz o seu caminho...THANKS GOD!...Abraços, Ana.

[Sobre "Arquitetura de informação"]

por Ana Veras
12/12/2001 às
18h28

Patológica é a Maga
Patológico, Ana, somos nós que precisamos desses casos patológicos para absorver, filtrar e separar as erupções de informação que nos cercam, pois são os que melhor conseguem lidar com elas... E entenda isso: "perder" o leitor em um link não é problema na Internet. No duro, está mais para uma solução. Isso aqui não é uma Tv a te empurrar o que você quer e o que você não quer ver.

[Sobre "Arquitetura de informação"]

por Rafael Lima
12/12/2001 às
18h14

Estes não têm mesmo jeito...
Sim, Rafael, eu conheço o tipo. Mas neste caso é patológico, né? Nada a fazer...Porém, mesmo os mais "normais" podem ser "perdidos" para um link se seu texto não está mais interessante...A propósito, gosto muito quando vc escreve sobre Internet, sempre tem algo interessante a acrescentar...Abraços, Ana.

[Sobre "Arquitetura de informação"]

por Ana Veras
12/12/2001 às
13h52

Distúrbio de concentração
Obrigado, Ana, mas escrever muuuuito bem só vai ajudar a prender a atenção do leitor; não impedir que ele saia pulando de link em link. Estou falando de gente com atenção absolutamente dispersa, ou antes, concentrada em mil coisas ao mesmo tempo. Encontra-se muita gente assim mexendo com internet. Em termos de televisão, seria aquela pesssoa que fica mudando de canal incessantemente com o controle remoto, e parece que acompanha todos os programas ao mesmo tempo. Aposto que você conhece o tipo...

[Sobre "Arquitetura de informação"]

por Rafael Lima
12/12/2001 às
09h16

I'm a Cuban Tree Frog!
Rafael, Muito bom, meu caro. Só uma coisa: Há um meio de trazer de volta o leitor, mesmo que ele fuja por um dos links (dos sapinhos, por ex): Escrever tão bem que ele (leitor) queira ler seu artigo até o fim...Viu? A "fidelidade" depende (quase sempre) da "qualidade". Abraços, Ana

[Sobre "Arquitetura de informação"]

por Ana Veras
11/12/2001 às
17h14

UUUAAAAALLLL!!!
Aê Mari!! Parabéns pelo texto! Gostei muito...e...bastante interessante...

[Sobre "Pecados"]

por Martin
11/12/2001 às
16h37

Falta de conhecimento
Esse negócio de americano não saber nada do Brasil, achar que Buenos Aires é nossa capital e outras historietas mais, é muito irritante mesmo para nós brasileiros. Mas isso tudo pois nós achamos que eles têm o dever de saber tudo isso... Por que eles têm que saber do Brasil? A relação deles com o Brasil é igual a nossa com a Namíbia, Gabão, Honduras ou Guatemala... Quantos brasileiros sabem a capital desses países? Quantos não acham que lá só existe pobreza, índios e atraso de vida? Será que essa relação não é comum, então? Só olhamos pra cima, sabemos tudo da França, Itália, EUA, etc... e não olhamos pra baixo... para os países "atrás" de nós... Os EUA são iguais, só olham pra cima, como todos... A diferença é que não há ninguém acima deles... muito menos nós... Abraços.

[Sobre "Diário"]

por Juliano Maesano
11/12/2001 às
16h09

Mas poderia não ser.
Lorota..., fica esperando com os olhos e ouvidos fechados que logo eles estarão aí. Espere a nova grande crise mundial chegar (água), que aí vc vai ver; vão começar a dar ordens por aqui (se é que já não dão). Não vá achar que sou pessimista, basta apenas comparar o número da população mundial 20 anos atrás com a população de hoje. Quanto ao Brasil, é uma pena a falta de cultura, a falta de oportunidades,a falta de escola, a falta de empregos. Mas também, com dirigentes que só sabem olhar para seus próprios umbigos, só podia dar nisto. Um abraço.

[Sobre "Diário"]

por Jefferson Cária
11/12/2001 às
14h49

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
74698 visitas/dia
1,7 milhão/mês