busca | avançada
56027 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Sexta-feira, 29/12/2006
Comentários
Leitores

Existem dois tipos de filmes
Existem 2 tipos de filmes em exibições, aqueles dos circuitos "shopcenters" e os "escondidos" nas salas, estações e cinemas especiais. Os filmes de circuitos são realmente amplamente divulgados e a massa vai assistir, paga 16 + 20 de coca-cola e pipocas. Mastigam o filme inteiro e o cérebro fica desoxigenado. Nada acrescentou. Ficções, efeitos especiais, carros voando, tiros, mortes e socos. No final eles aplaudem!! Prefiro assistir filmes de baixo custo mas que de alguma forma trouxe um pouco mais de informação para mim. Abraços, Ivo Samel

[Sobre "Cinema em 2006"]

por Ivo Samel
29/12/2006 às
14h46

Parabéns ao Digestivo Blog!
Gostaria parabenizar ao Julio pelo seu trabalho. O blog do Digestivo é o melhor atualmente na internet brasileira. Um grande abraço, Ivo Samel

[Sobre "Seis anos de Digestivo"]

por Ivo Samel
29/12/2006 às
14h37

Livro é bom demais
Ana Elisa, realmente dar livros de presente é o hot do momento. Chega de presentes chatos que muitas vezes não gostam e trocam. Livro chato a gente lê e ainda pode trocar dentro de 30 dias. Mas será que existe livro chato mesmo? Acho que todos têm alguma coisa que a gente aproveita um pouco. Qualquer coisa é cultura, algo novo. Abraços, Ivo Samel

[Sobre "Livros de presente reloaded"]

por Ivo Samel
29/12/2006 às
14h35

Orkut ficou sem graça
O Orkut é realmente um livro aberto. Poucos meses atrás deletei todas as fotos dos meus filhos. Agora entro uma vez por mês ou a cada dois meses. Somente para deletar mensagens... Realmente ficou tudo sem graça. Ivo Samel

[Sobre "Adeus, Orkut"]

por Ivo Samel
29/12/2006 às
14h32

Chorões de aeroporto
Gostaria deixar dois pontos sobre os problemas de tráfego aéreo. 1. Não consigo entender a mídia dando destaque exagerado a este assunto, principalmente as TV´s onde 90% dos brasileiros que as assistem não tem qualquer interessse sobre o assunto, principalmente porque nunca voaram e talvez nunca usem este meio de transporte e, 2. Eu prefiro mil vezes esperar 2 ou 6 horas no aeroporto do que voar sabendo que os controladores de voos estão controlando 20 ou 30 aviões simultaneamente. As pessoas reclamam mas esquecem que tudo que está acontecendo é uma fase que vai acabar e todos terão mais segurança. Parece que a vida dos chorões de aeroporto não tem valor algum. abraços, Ivo

[Sobre "De dentro do apagão aéreo"]

por Ivo Samel
29/12/2006 às
14h25

A entropia é inevitável
Amei, amei. Eu sou uma das pessoas que vive dizendo para as outras que a entropia é inevitável, a gente só vive adiando – e até, que é mais gostoso, muito mais interessante viver em harmonia com a entropia. Eu vivo de forma entrópica. A minha arte só vive com a entropia acionada. Adorei. =)

[Sobre "Em nome do caos"]

por Daniela Castilho
29/12/2006 às
13h11

Pra definir em uma palavra
Irretocável.

[Sobre "De dentro do apagão aéreo"]

por Glaucia Amaral
29/12/2006 às
12h59

Orkut é pra quem está solteiro
Realmente, o Orkut acaba com relacionamentos. Conheci a minha namorada através de bate-papo, peguei o MSN dela (que é outro que acaba com relacionamentos, mas não é o caso falar aqui) e estamos hoje, juntos. Meu namoro está passando por uma turbulência, ela e eu brigamos quase todos os dias, na maioria das vezes, por causa do Orkut. Recados que deixam pra ela que eu não gosto, me expondo ao ridículo e vice-versa. Já conversei com ela, tentando convencê-la de que nós dois devemos apagar nossa conta do Orkut, mas é a mesma coisa de dizer: “Continue com o Orkut, isso vai ajudar nosso namoro.” Certo que reencontrei muita gente que eu nunca mais tinha visto nem falado. Pra ela é ainda mais fácil apagar o Orkut, que fez a pouco tempo, eu já tenho desde 2004, sei que perderei muitos contatos se eu apagar minha conta, mas estou disposto a fazer isso para salvar meu namoro. Resumindo tudo: Orkut é para aqueles que está solteiro, que esteja procurando alguém, encontrou, exclui a conta.

[Sobre "Adeus, Orkut"]

por Bruno Peralva
29/12/2006 às
10h39

Não me dêem mais perfumes
Adorei o post – e a idéia, lógico. Por convicção, só dou livros em Natal e aniversários. Azar de quem não gostar. Eu também não gosto de ganhar perfumes nacionais e vivo ganhando!

[Sobre "Livros de presente"]

por mila
29/12/2006 às
09h39

O Rafael tem razão!
Marcelo, comecei a ler o texto, juntamente com uns outros dois, porque resolvi ler o texto do Rafael Rodrigues que fala sobre esses textos. Ele tem razão, textos sensacionais!!! Adorei! Parabéns!!

[Sobre "Recomeço"]

por Paulina
29/12/2006 às
06h10

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
56027 visitas/dia
1,8 milhão/mês