busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Segunda-feira, 5/3/2007
Comentários
Leitores

um museu em casa
hahahahahahaha... e depois dizem que museu não é engraçado. Vc tem um em casa e não sabia disso. Ótimo texto. Ótimas observações. 5 calorias só, é? Daqui a pouco estão lançando uma nova dieta "porraí".

[Sobre "Revistas velhas na praia"]

por Pilar
5/3/2007 às
14h30

interessante!
Muito interessante, Marília! Fiquei com vontade de fazer o curso...

[Sobre "Dá para aprender literatura?"]

por Adriana Carvalho
5/3/2007 às
11h02

obrigado
Gabriela, obrigado pela referencia ao Blog d'As Minhas Receitas, assim como a tua visita e comentário. Os meus parabéns pelo vosso! Vou passar por cá mais vezes! Bjks da Matilde e Cª!

[Sobre "Esse tal de blog"]

por Miguel
5/3/2007 às
10h44

blogs sem preconceito
Dear Gabi, muito esclarecedor e profundo o seu texto. Finalmente, alguém que fala sobre blogs sem um fundo de preconceito. Gostei e obrigada por citar meu modesto universo virtual. Um grande beijo,

[Sobre "Esse tal de blog"]

por Françoise Terzian
5/3/2007 às
09h33

guias, santos, anjos, QI...
Ao contrário do que muitos pensam, “é preciso talento, intuição, muito trabalho e suor”... inspiração, criatividade, tesão, recursos, referências, exemplos, apoio, dedicação, imaginação, exercícios, treinos, musos, mestres, professores, incentivadores, assistência, insistência, persistência, amigos, contatos, padrinhos, madrinhas, guias, santos, anjos, QI... Será que esqueci de alguma coisa? Perdão! Às vezes as letras nos desobedecem. Abraços

[Sobre "Dá para aprender literatura?"]

por Maira Knop
5/3/2007 às
03h00

sinestesicamente saboroso
Minha profissão, empresário, exige uma “boa conversa" com clientes e credores. O êxito comercial depende dessa habilidade; a "boa escrita”, porém, é irrelevante. No entanto, por hábito, meu lazer é ler. E, depois do Orkut, também postar para minhas comunidades. Foi isso que me trouxe até o texto acima, que reputo boníssimo. É realista, prazeroso, faz recomendações sábias e honestas. O caso da diferença entre o texto literário e o jornalístico: criar personagens e histórias é mais difícil que escrever para jornais ou contar histórias escritas por outros. A ponderação de que é o escritor quem elege seus eleitores e que, para escrever bem, exige-se treino. A recomendação de que não se deve escrever sobre o que não se sabe. Tudo isso explica o juízo que emiti. Esse tipo de leitura nos deixa mais seguros ao escrever; e, "antenados", para evitar deslizes. Obrigado, Maroldi, por um texto tão sinestesicamente saboroso.

[Sobre "Como escrever bem — parte 2"]

por pedro cordeiro de me
4/3/2007 às
13h20

O melhor marco de Villa-Lobos
Continuo gostando do compositor Villa-Lobos e admirando-o, pelo seu gosto e qualidade inovadora. O brasilianismo defendido pelo gênio, o amor à terra e tudo o mais foram o seu melhor marco, além, é claro, de suas composições imorredouras e cheias de novidade.

[Sobre "Villa-Lobos tinha dias de tirano"]

por Altino Valadão Leite
3/3/2007 às
21h17

nadinha para eu dizer, viu?
Prezado Sr. Luis, a EDUCAÇÃO é um caso imenso e muito sério. Ao ler o teu texto, não gostei apenas de uma coisa: não deixaste nadinha para eu dizer. Parabéns! Talvez a senhora alta que encontraste... estivesse apenas buscando alguma coisa para fazer, ou para se distrair. Talvez tenha passado por esta terrível experiência escolar, que graças a Deus, eu nem lembro-me de ter tido (meus caminhos foram um pouco diferentes)... Pode ser, ainda, que esta senhora não queira mais alimentar-se de conhecimento literário... e que busque algo fora do comum, fora da rotina, algo que muitas vezes apenas encontramos em alguns livros... O que me impressionou ao te ler foi esta tua capacidade de expressar de forma tão simples, completa e inteligente teu pensamento. Gostei muito. Escreve sempre, tomara que um dia eu possa esbarrar nele! Abraços...

[Sobre "Formando Não-Leitores"]

por Maira Knop
3/3/2007 às
03h49

A teoria 90/10
É, foi interessante ir contra uma idéia fixa que algumas vezes nos invade de forma autoritária. Existe a teoria 90/10. Vc conhece? Diz asim: na SUA vida, 10 é o fato e 90 é a sua reação frente esse fato. Portanto, cuidado com a lei da ação e reação: ela sim é decisiva na sua felicidade...

[Sobre "Sim, é possível ser feliz sozinho"]

por Flávia
3/3/2007 à
01h20

Uma questão de sintonia
Até que eu gostaria de ser filho espiritual do Francis. Mas, Lucio, a bem da verdade, devo recusar o elogio. É mais uma questão de sintonia, acho.

[Sobre "Romancis"]

por Guga Schultze
2/3/2007 às
22h45

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês