busca | avançada
88011 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Segunda-feira, 1/9/2003
Editorial
Julio Daio Borges

“A demanda por um jornalismo cultural de qualidade, vivo e crítico, é segura. Provas disso são a quantidade de endereços culturais surgidos na internet, inclusive no Brasil. Sites como No mínimo, Digestivo Cultural e Agulha.”

Daniel Piza in Jornalismo Cultural
(Editora Contexto, 2003, pág. 67)

Caro Leitor,

O Digestivo Cultural faz três anos. Para comemorar: a citação de Daniel Piza, editor-executivo e colunista dominical do Estadão, tirada do seu mais recente livro, Jornalismo Cultural – muito provavelmente o primeiro no Brasil sobre o assunto; e o Digestivo já está lá, fazendo parte dessa História.

Quem acompanhou o trabalho de Daniel Piza como jornalista cultural, principalmente no “Caderno Fim de Semana”, da Gazeta Mercantil, sabe o valor desse reconhecimento. Até porque ele mostra que o Digestivo Cultural, junto com outros sites, mudou a idéia que se tinha da internet no Brasil.

Também neste mês de setembro, o Digestivo é objeto de mais uma pesquisa universitária. Se em 2002, Lucas Santos Junqueira, da Uni-BH, concluiu um projeto de revista eletrônica tomando como modelo o Digestivo Cultural, em 2003, Elaine Gonçalves Dias, pós-graduanda da Estácio de Sá, vai estudar a crise da crítica cultural na imprensa brasileira e o seu ressurgimento na internet, tomando por base o Digestivo. Esses reconhecimentos, fora do âmbito do jornalismo, são igualmente expressivos.

Ao mesmo tempo, como sabem os que acompanham estes Editoriais, o Digestivo Cultural prepara sua versão impressa, a ser lançada, se tudo correr bem, ainda este ano. A receptividade, ao projeto, tem sido a melhor possível – o que atesta o prestígio do trabalho aqui desenvolvido e a afirmação do Digestivo fora do universo virtual.

Vale ressaltar que, se o Digestivo Cultural se estabelecer como publicação nas bancas (o que depende, obviamente, do apoio do nosso “leitorado”, conquistado nestes três anos), será uma vitória não apenas do site, mas de toda a internet brasileira. Principalmente daquela não ligada a grupos ou a interesses da mídia convencional.

Será igualmente a vitória de uma geração, que usou a Web como plataforma de lançamento, e que já é vista como uma fonte de renovação nas letras brasileiras. É nessa geração que o Digestivo vem, desde 2001, apostando. Por isso conta, também nesta edição de aniversário, a história das “Três gerações de Colunistas”, que permitiu ao site lançar mais de 90 nomes (a maioria deles inédita em papel).

Toda a turma agradece o seu apoio, em todo esse tempo, Leitor. E conta com você, para engrossar o coro, a fim de que o Digestivo Cultural chegue e se mantenha nas bancas. E para que possamos, também juntos, mudar não só o panorama do jornalismo cultural brasileiro, mas também o das letras brasileiras – como efetivamente mudamos, graças a você, o da internet.

Um abraço especial,

Julio Daio Borges
Segunda-feira, 1/9/2003

 

busca | avançada
88011 visitas/dia
2,7 milhões/mês