Rasgos de memória | Digestivo Cultural

busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Projeto “Sala de Visita” recebe Mauricio Virgulino para falar sobre Educomunicação e arte
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Tiro ao alvo
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Para pecar, vá de manga
>>> Público, massa e multidão
>>> Vida de Estagiário II
>>> Biocyberdrama: quadrinhos pós-humanos
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Suicídio on-line põe internet no banco dos réus
>>> O melhor presente que a Áustria nos deu
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Desfazendo alguns mitos sobre 64
>>> Uma homenagem a Maysa
Mais Recentes
>>> Aula de Roland Barthes pela Cultrix (2015)
>>> Latino-americanos à procura de um lugar neste século de Nestor Garcia Canclini pela Iluminuras (2000)
>>> Tratado sobre a Tolerância Por Ocasião da Morte de Jean Calas (1763) de Voltaire pela L&pm (2009)
>>> Festa Junina em Portugues de Severino Alves de Lucena Filho pela Ufpb (2012)
>>> 793 Questões Aplicadas pela Fundação Carlos Chagas (FCC) de Profº Gleibe Pretti pela Inp (2009)
>>> 793 Questões Aplicadas pela Fundação Carlos Chagas (FCC) de Profº Gleibe Pretti pela Inp (2009)
>>> A Linguagem do Layout de Bud Donahue pela Ouro (1982)
>>> Pense como um Imperador de Donald Robertson pela CDG Grupo Editorial (2019)
>>> Horta Caseira de Mirian Morelli pela Ouro (1978)
>>> (Des) Nuvem de Adriano Bitarães pela Miguilim (2017)
>>> Interesses Difusos e Coletivos de José Marcelo Menezes Vigliar pela Cpc (2002)
>>> 793 Questões Aplicadas pela Fundação Carlos Chagas (FCC) de Profº Gleibe Pretti pela Inp (2009)
>>> A Hollywood Brasileira Panorama da Telnovela no Brasil de Mauro Alencar pela Senac (2002)
>>> Lugar Comum Auto-Ajuda de Decoração e Estilo de Vera Fraga Leslie pela Senac (2001)
>>> In the Presence of Absence de Mahmoud Darwish pela Archipelago Books (2011)
>>> Atlas Mundial O Atlas para o Século XXI de Muitos Autores pela Melhoramento de São Paulo (1999)
>>> Psiquiatria de Ana Fernández Espinosa pela McGraw-Hill (1995)
>>> Segundo Tratado Sobre o Governo de John Locke pela Martin Claret (2002)
>>> Rumo à Consciência Cósmica de Huberto Rohden pela Martin Claret (2009)
>>> Globalização a Olho Nu de Clóvis Brigagão e Gilberto Rodrigues pela Mordena (1998)
>>> Lições de Direito Civil Introdução à Ciência do Direito de Antônio Chaves pela Revista dos Tribunais (1978)
>>> Sobre a Televisão de Pierre Bourdieu pela Jorge Zahar (1997)
>>> O Iluminismo e os Reis Filósofos de Luiz R. Salinas Fortes pela Brasiliense (1986)
>>> O que é Empoderamento? de Joice Berth pela Letramento (2018)
>>> O Mundo Antigo Economia e Sociedade de Maria Beatriz B. Florenzano pela Brasiliense (1990)
BLOG >>> Posts

Sexta-feira, 27/9/2002
Rasgos de memória

+ de 1000 Acessos

fonte: estado.com.br

Foi assim que João Barone classificou a nova fase mental de Herbert Vianna, em que mistura os atuais lapsos a momentos de lucidez súbita, como nos trechos seguem abaixo (tirados de uma entrevista concedida a Jotabê Medeiros, no Caderno2 do Estadão):

Estado - Você compôs uma música chamada 300 Picaretas, que foi inspirada numa declaração do Lula. Como você vê a eleição atual?

Herbert Vianna - Tenho sentido muito claramente o desejo de ir a um programa do Lula. Não preciso falar nada, só levar um violãozinho e cantar e levar um tamborzinho e pedir para ele tocar. Dá a impressão, pelo menos para a gente que está torcendo tanto por ele, pela mudança que ele pode representar, que ele pode ganhar no primeiro turno.

Estado - Muitas das músicas novas parecem se referir a seu drama. Você faz a conexão entre o momento que as compôs para o atual?

Herbert - Por enquanto não. Acho que, por uma questão operacional do cérebro, não está acontecendo. Pelo contrário. Tenho um desejo de ter a seqüência do disco decupada na minha cabeça.

Estado - Como vocês se situam na numeração dos CDs, que foi defendida pelo Lobão?

Herbert - O Lobão já ofendeu a gente de tudo e a gente sempre teve uma visão positiva dele. Ele xinga e não obtém nenhuma ofensa de volta. A gente não precisa.

Estado - Sentem mágoa dele?

Herbert - Mágoa não. Mas me causou bastante perplexidade que ele visse no que a gente faz - e faz com tanto coração -, coisas de propósito para irritar ele. De vez em quando, a gente via o xingamento, o vômito dele.

Estado - Esse disco é um pouco mais soturno que os outros dos Paralamas. Isso foi deliberado? Nos discos dos Paralamas sempre tinha alguma coisa mais dançante, mais festiva.

Herbert - Quando você fala de coisas mais dançantes, eu me lembro de O Beco. O ritmo é dançante, mas se você ouvir a letra recitada, vai ver que não tem nada de festiva.

Estado - Herbert, você fez três discos-solo muito elogiados. Pretende continuar a fazê-los?

Herbert - Posso retomar no momento em que restabelecer o meu quadro mental antigo. Quando comecei a fazer isso, foi fruto de minha obsessão por equipamentos caseiros. Quando já havia a tecnologia para aquilo ter mais qualidade, eu experimentava. Tinha um pouco da vontade também de mostrar que era possível, que para fazer discos não precisa entrar numa gravadora, apertar a mão de ninguém, assinar contratos.


Postado por Julio Daio Borges
Em 27/9/2002 às 09h43


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O show do AC/DC de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Memórias de Sargento de Milícias - 2ª Edição - Série Reencontro
Manuel Antônio de Almeida - Adaptação - Carlos
Scipione
(2012)
R$ 42,90



Atlas do Extraordinário - Prodígios da Natureza Volume II
Vários
Ediciones Del Prado
(1995)
R$ 5,00



Deus Aguarda
Francisco Cândido Xavier
GEEM
(1980)
R$ 10,00



Os Maiores Mandamentos
Anne de Graaf (texto), José Perez (ilustr.)
Paulinas (sp)
(1991)
R$ 23,82



Branco na Memória -saiba Quais São as Causas e o Que Fazer para Evitar
Renato Alves
Do Autor
R$ 20,00



O Preguicista
Lucas Camargo
A J Lucas Camargo
(1977)
R$ 5,00



Mar Drogado
Eduardo Rodrigues
Ftd
(1993)
R$ 5,99



Himnario Evangélico 1535
Não Definido
Imprensa Metodista Buenos Aire
(1943)
R$ 500,00



CLT Saraiva e Constituição Federal – 53.ª Edição - 2020
Diversos
Saraiva
(2020)
R$ 69,90



Simisola
Ruth Rendell
Rocco
(1997)
R$ 10,00





busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês