9º Búzios Jazz & Blues – II | Digestivo Cultural

busca | avançada
68983 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Zé Guilherme recebe o pianista Matheus Ferreira na série EntreMeios
>>> Chamada Vale recebe cadastro de cerca de 3 mil projetos
>>> Lançamento do Mini Doc Tempo dell'Anima
>>> Cinema in Concert com João Carlos Martins une o cinema à música sinfônica em espetáculo audiovisual
>>> Editora Unesp lança 20 livros para download gratuito
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> As Cem Melhores Crônicas Brasileiras
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> A soberba de Beauvoir
>>> Somos todos consumidores
>>> Genealogia da Moral, de Nietzsche
>>> Virtual cai na real
>>> Literatura universal do Sul
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> André Bazin e a crítica como militância
>>> Em Cena: Um Casal Admirável
Mais Recentes
>>> Tenório - O Homem e o Mito de Do Carmo Cavalcanti Fortes pela Record (1986)
>>> Para onde vai o Peru. de Juan Velasco Alvarado. pela Paralela, (1970)
>>> Só o Amor é Real de Brian L. Weiss pela Salamandra (1996)
>>> Só o Amor é Real de Brian L. Weiss pela Salamandra (1996)
>>> Pense jovem de Tim Drake pela Ediouro (2009)
>>> Hoje é dia de Maria de Varios Autores pela Globo (2006)
>>> No Mundo da Lua de Camila Justino pela Leitura (2009)
>>> Diversidade. Um guia para o Teatro dos anos 90 de Nelson de Sá pela Hucitec (1997)
>>> Medida Certa de Zeca Camargo pela Globo (2011)
>>> Amar Vale a Pena de Sergio Savian pela Landscape (2007)
>>> Sociologia para jovens. Iniciação a Sociologia de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2011)
>>> Vianinha. Cúmplice da Paixão de Dênis de Moraes pela Record (2000)
>>> O Eterno Barnes de Salustiano Luiz de Souza pela Novos Talentos (2013)
>>> Eu e minha boca grande de Joyce meyer pela Bello publicações (2015)
>>> Reflexões sobre Espiritualidade e Ministério de Jamê nobre pela Ccc edições (2012)
>>> Nada Além da Vrdade de Alex Gilvarry pela Tordesilhas (2012)
>>> Reecontrando a estrela na rota para bele´m de Eber Rodrigues pela Ministerio ouvir e crer (2014)
>>> The Aventures of Tom Sawyer de Mark Twain pela Word Library (2004)
>>> Fazer amor de Gary chapman pela Mundo cristão (2010)
>>> Brava gente! Os italianos em São Paulo de Zuleika M. F. Alvim pela Brasiliense (1986)
>>> Antes que a noite venha de David Jeremiah pela Cpad (2004)
>>> A comunhão nossa de cada dia de Pedro Arruda pela Clássicos (2017)
>>> O poder das ultimas palavras de Jesus na cruz de Adam Hamilton pela graça Editorial (2013)
>>> A unidade Cristã e o reavivamento do corpo de Cristo de Tommy Tenney pela Ágape (2013)
>>> O mistério da oliveira de Johannes fichtenbauer pela Impacto publicações (2018)
>>> A doutrina do arrependimento de Thomas watson pela Pes (2019)
>>> Vença o pecado de C. H. spurgeon pela Pes (2019)
>>> Graça abundante ao principal dos pecadores de John bunyan pela Fiel (2012)
>>> Crime e Loucura de Roque de Brito Alves pela Recife (1998)
>>> A Vida Secreta das Plantas de Peter Tompkins, Christopher Bird pela Círculo do Livro (1976)
>>> Registro Civil das Pessoas Naturais de Nicolau Balbino Filho pela Atlas (1983)
>>> Manual do Horóscopo Chinês de Theodora Lau pela Pensamento (1987)
>>> Jurisprudência da Responsabilidade Civil de R. Limongi França pela Revista dos Tribunais (1981)
>>> Sonhos de robô de Isaac Asimov pela Record (1991)
>>> Brincando nos campos do senhor de Peter Matthiessen pela Companhia das letras (1991)
>>> Os subterrâneos de Jack Kerouac pela Brasiliense (1984)
>>> On the Road (Pé na Estrada/Na estrada) de Jack Kerouac pela Brasiliense (1984)
>>> Big sur de Jack Kerouac pela Brasiliense (1985)
>>> Meridiano sangrento de Cormac McCarthy pela Nova Fronteira (1991)
>>> Advogado de defesa de Irving Stone pela Itatiaia (1967)
>>> Instituições de Direito Civil Vol. 1 de Caio Mário da Silva Pereira pela Forense (1986)
>>> Fragmento de Warren Fahy pela Amarylis (2010)
>>> Garcia Lorca de Edgard Cavalheiro pela Civilização Brasileira (1956)
>>> Prece a uma aldeia perdida de Ana Miranda pela Record (2004)
>>> A história do mundo pela mulher de Rosalind Miles pela Casa Maria (1989)
>>> Os mandarins de Simone de Beauvoir pela Abril cultural (1974)
>>> Barra Pesada de Octávio Ribeiro pela Codecri (1977)
>>> O selvagem e o inocente de David Maybury-Lewis pela Unicamp (1990)
>>> As Mulheres Francesas Não Engordam de Mireille Guiliano pela Campus (2005)
>>> O Código de Atlântida de Charles Brokaw pela Planeta (2012)
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 31/7/2006
9º Búzios Jazz & Blues – II

+ de 4400 Acessos

A última noite do 9º Búzios Jazz & Blues foi uma das mais aguardadas pelo público. A expectativa ficou por conta do menu de atrações com altíssimo nível, e também pelo próprio sábado (29), dia que recebe mais turistas na região. Embora o balneário estivesse lotado, um imprevisto espantou a multidão por volta das 20h. A chuva chegou com força em Búzios depois de dias de sol escaldante em pleno julho, e expulsou os que já esperavam pelo show do Funk Como Le Gusta na Praça Santos Dumont. A água não deu trégua nem meia hora, nem sessenta minutos depois. Mesmo com chuva e ruas vazias, a big band paulistana subiu no Palco Tim de Música por volta das 21h40, e não deu outra. O repertório adocicado do soul-samba-funk atraiu guarda-chuvas que em pouco tempo tomaram a praça.

Embalados por sax, flauta, trompete, trombone, bateria, teclado, percussão e baixo, os 14 integrantes da banda privilegiaram a harmonia coletiva em detrimento dos solos. Enquanto o público desviava das poças para dançar, o Funk Como Le Gusta provava que é mesmo um forte representante da sofisticação instrumental brasileira. Arrisco dizer que o grupo se equipara, em qualidade e estrutura, com a banda Mantiqueira - guardadas as grandes diferenças entre ambas, já que esta possui uma levada menos híbrida, fiel ao jazz. Na apresentação, o grupo tocou o repertório dos CDs Roda de Funk e FCLG, que traz grooves consagrados, trilhas de cinema e clássicos latinos dos anos 70. Nas faixas, "SOS", "Latina", "Tabasco", "Tá Chegando a Hora", "Funk de Bamba", "Somos do Funk", "Zambação" e "Vertiplano".

Um quarteirão adiante, no mesmo horário, a Dixie Square Band já tocava standards do jazz nas calçadas molhadas da Rua das Pedras. Um verdadeiro ritual de "Dançando na Chuva", mas ao som dos clássicos "Ain't She Sweet", "Basin Street Blues", "Sweet Georgia Brown" e "Limehouse Blues". Logo em seguida, o Pátio Havana recebeu o Memphis la Blusera, que repetiu o desafio de levantar o público, como na noite anterior. Só que, dessa vez, num ambiente mais recluso. Ainda que com menos espaço para se expandir aos moldes do último show, o grupo argentino não perdeu o vigor. O vocalista Adrian Otero e o saxofonista Emilio Villanueva se destacaram com a mesma presença, dividindo a atenção coletiva da casa de shows. Influenciado por Robert Johnson, Muddy Waters, John Lee Hooker e B.B. King - com quem dividiu o palco posteriormente - o Memphis foi aclamado, em duas noites, por exigentes públicos: o diversificado, na praça de Búzios, e o seleto, na casa cubana.

Mas ainda estava por vir uma das atrações mais quentes do festival. Por volta de meia-noite, o mestre da guitarra, Eric Gales, lançou no ar os primeiros acordes, dedilhados no palco do Chez Michou. A partir daí, a chuva perdeu toda a importância. A habilidade que ele aprendeu aos quatro anos de idade em Memphis, Tennessee, já foi equiparada à do imortal Jimi Hendrix. Em entrevista antes do espetáculo, no entanto, ele não pareceu satisfeito com a comparação. "Eu sou eu, entende? Eu faço meu som, é todo meu". De fato, Gales domina a guitarra com tanta peculiaridade, que soa simplista demais colocá-lo no patamar de grandes mestres. Sua unicidade sobressai, também, no timbre de voz grave, de um blues autêntico vivamente nascido no gospel. Acompanhado de instrumentos com igual apuro, o guitarrista mandou uma mistura de rock contemporâneo, funk e blues com uma naturalidade impressionante. Na ficha técnica do artista, alguns que se revelaram seus admiradores: Carlos Santana, Mick Jagger, Keith Richards, B.B. King e Eric Clapton. Nesse clima, Gales encerrou o festival - para usar um clichê necessário - com chave de ouro.

E foi assim que Búzios virou a terra do blues e do jazz, pelo menos por quatro dias. Apesar de sua importância, o festival não pretende ser o maior do país, e talvez esteja longe disso. Mas em termos de qualidade e diversidade, ele se supera e sai na frente de muito evento do gênero. Primeiramente, porque não é elitista ou discriminatório. Estavam lá a criança e o velho, o rico e o pobre, que queriam - e podiam - ver os artistas. Para o Brasil, esse é um avanço cultural sem precedentes. Nem a chuva derrubou a noite, e nem o som ofuscou o brilho das praias. Litoral e jazz é uma combinação perfeita, contagiante, uma descoberta ímpar. Um roteiro altamente peculiar, que pode ser visto, pelo menos, uma vez por ano.


Postado por Tais Laporta
Em 31/7/2006 às 16h15


Mais Tais Laporta no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MANUEL DE NEONATOLOGIA
J. LAUGIER - F. GOLD
MASSON
R$ 8,00



DIREITO SINDICAL C/ DEDICATÓRIA DO AUTOR 8348
AMAURI MASCAVO NASCIMENTO
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
(1982)
R$ 56,00



O CARANGUEIJO BOLA
MARIA LUCIA
DO BRASIL
(1985)
R$ 5,00



DIAS DE CAIÇARA - PARATY- UBATUBA - SÃO SEBASTIÃO
VITO DALESIO E DANIEL PASCALICCHIO
DIALETO
(2006)
R$ 19,90



TODAS AS RESPOSTAS, O QUE A BÍBLIA ENSINA SOBRE CARREIRAS E EMPREGOS
MAX GEHRINGER
BENVIRÁ
(2015)
R$ 18,00



A CIÊNCIA NA VIDA COTIDIANA
JAY INGRAM
EDIOURO
(2004)
R$ 6,00



DIVERGENTE
VERONICA ROTH
ROCCO
(2012)
R$ 19,80



MICROECONOMIA: TEORIA E APLICAÇÕES
EDWIN MANSFIELD
CAMPUS
(1978)
R$ 9,00



STYLISTIQUE LATINE
ERNST BERGER MAX BONNET FERDINAND GACHE
C KLINCKSIECK
(1942)
R$ 88,20



O CANTO DAS MUSAS: POEMAS PARA CONHECER, LER, RECITAR E CANTAR
ALINE EVANGELISTA MARTINS (COM CD)
COMPANHIA DAS LETRAS
(2012)
R$ 13,28





busca | avançada
68983 visitas/dia
2,1 milhões/mês