Ode ao indivíduo, ódio ao coletivo | Blog de Cassionei Niches Petry

busca | avançada
45069 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projeto cultural leva cinema até paradas de descanso de caminhoneiros
>>> HOMENS NO DIVÃ Ano XV
>>> Paulo Goulart Filho é S. Francisco de Assis na peça de Dario Fo
>>> Momo e o Senhor do Tempo estreia dia 15 de janeiro
>>> Rafa Castro leva canções de Teletransportar ao palco do Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
>>> O tempo é imbatível
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Outliers, de Malcolm Gladwell
>>> Nem morta!
>>> A América de John Steinbeck
>>> 7 de Setembro
>>> Como num filme
>>> É proibido proibir
>>> Museu dos brinquedos
>>> O engano do homem que matou Lennon
>>> 1º de Novembro de 2014
>>> Overmanos e Overminas do Brasil, uni-vos!
Mais Recentes
>>> O Grito da Esfinge Livro 1 - Os Prisioneiros da Eternidade de William Goldoni pela Novo Século (2005)
>>> Inteligência Natural: Integração Corpo-Mente E Desenvolvimento Humano de Susan Aposhyan pela Manole (2001)
>>> Tratado Geral dos Portais de Libertação de Ortiz Belo de Souza pela Portais de Libertação (2008)
>>> Jornada dos Anjos de Sandra Carneiro; Lucius pela Vivaluz (2010)
>>> Uma Sistematização Sobre a Saúde do Trabalhador: do Exótico ao Esotérico de Paulo Rogério Albuquerque de Oliveira pela Ltr (2011)
>>> Cultura Geral - Tudo o que se deve saber de Dietrich Schwanitz pela Martins Fontes (2007)
>>> Renascer das Emoções de Marco Antonio Maiuri Miranda pelo espírito Lucio pela Mnêmio (1998)
>>> Tietê - Imagens que o Brasil Não Vê de Denis Ferraz pela Não especificado (2000)
>>> Os Dez Mandamentos da Ética de Gabriel Chalita pela Nova Fronteira (2003)
>>> Desejo Paixão e Ação na Ética de Espinosa de Marilena Chauí pela Companhia Das Letras (2011)
>>> Desejo Paixão e Ação na Ética de Espinosa de Marilena Chauí pela Companhia Das Letras (2011)
>>> Os Florais do Dr. Bach - As Flores e os Remédios de Antonieta Barreira Cravo pela Hemus
>>> Chic[érrimo] - Moda e etiqueta em novo regime de Gloria Kalil pela Códex (2004)
>>> Labirinto de Ossos de Rick Riordan pela Atica (2009)
>>> Bilionários Por Acaso: A Criação do Facebook de Ben Mezrich pela Intrínseca (2010)
>>> Vertigem Digital - Por que as Redes Sociais... de Andrew Keen pela Zahar (2012)
>>> Le Nouveau Bescherelle - L'Art ded Conjuguer-Dictionnaire de 12000 Verbes de Bescherelle pela Ao Livro Técnico (1984)
>>> As Mais Belas Páginas da Literatura Árabe de Mansour Challita pela Civilização Brasileira
>>> Cartas de Mário de Andrade e Oneyda Alvarenga pela Duas Cidades (1983)
>>> O Século do Martírio - Os extermínios colectivos e o martírio dos cristãos do século XX de Andrea Riccardi pela Quetzal (2002)
>>> Medicina Oriental: diagnose, fisiologia e curas de Michio Kushi pela Sol Nascente
>>> 26 Poetas Hoje - Antologia 1976 de Heloisa Buarque de Hollanda - Organizadora pela Companhia Das Letras (2021)
>>> Vida com Esperança - Segredos para ter saúde e qualidade de Vida de Mark Finley - Peter Landless pela Casa Publicadora Brasileira (2014)
>>> O Livro de Ouro do Futebol Brasileiro de Celso Unzelte pela Ediouro (2002)
>>> Código Civil Comentado de Regina Beatriz Tavares da Silva pela Saraiva (2008)
BLOGS >>> Posts

Terça-feira, 17/11/2015
Ode ao indivíduo, ódio ao coletivo
Cassionei Niches Petry

+ de 1000 Acessos

Ayn Rand (1905-1982), filósofa norte-americana de origem russa, escreveu toda obra literária — que inclui A nascente e A revolta de Atlas — para propagar sua filosofia, que se destaca, entre outros temas, pela crítica ao comunismo. Talvez por isso ela tenha se tornado mentora dos neoliberais e sua obra é desprezada pela intelectualidade, cuja maioria é de esquerda.

O romance Cântico, publicado em 1938 e recém-lançado por aqui pela Vide Editorial (com tradução de André Assi Barreto), é ambientado numa sociedade no futuro em que foram abolidas as palavras "eu" e "tu", bem como tudo que se refere à primeira e à segunda pessoa do singular. Em quase todo o romance, menos nos capítulos finais, os personagens falam no plural. Diz o protagonista no seu diário: "Nosso nome é Igualdade 7-2521, como está escrito no bracelete de ferro que todos os homens usam em seus pulsos esquerdos. Temos vinte e um anos." Tudo é decidido pelos conselhos e o lema é: "Somos um em todos e todos em um. Não há homens, mas somente o grande NÓS. Uno, indivisível e para sempre." Nesse ponto, há semelhanças com uma das obras fundadoras da literatura distópica, o romance Nós, do também russo Yevgeny Zamyatin, que certamente deve ter inspirado a escritora.

Trabalhando como varredor, de acordo com a ordem do Conselho de Vocações, Igualdade 7-2521 encontra um túnel onde há objetos abandonados, entre os quais lápis e papéis que o permitem escrever o diário. Por acaso, descobre a eletricidade e consegue acender uma lâmpada. Notem que ele não conhecia esse processo, visto que na sociedade em que vive a luz é proporcionada apenas por vela. Seria a luz na escuridão do túnel a metáfora da busca pelo conhecimento? Ele leva a lâmpada para o Conselho dos Estudiosos, mas é condenado por ter feito uma descoberta sozinho, pois nada realizado fora do coletivo deve ser aceito. Ao tentarem prendê-lo, ele escapa para um bosque, junto com Liberdade 5-3000, uma campesina por quem era apaixonado.

Um dos momentos mais interessantes acontece quando os dois encontram uma casa no final do bosque. Acham-na diferente de todas as outras: é pequena, com apenas uma cama em um quarto, visto que estavam acostumados com dormitórios coletivos. Uma das salas, porém, mudaria suas vidas: "Encontramos uma habitação com paredes feitas de estantes, que continham fileiras de manuscritos desde o piso até o teto. Nunca havíamos visto tal quantidade, nem de uma forma tão estranha. Não eram leves nem estavam enrolados, tinham capas duras de tecido ou coro; as letras de suas páginas eram tão pequenas e parelhas que ficamos assombrados com estes homens que tinham tal caligrafia. Demos uma olhada e vimos que estavam escritos em nossa língua, mas encontramos muitas palavras que não podíamos entender. Amanhã começaremos a ler estes escritos."

Eles desconheciam os livros, mas não a língua. E na leitura encontraram a palavra proibida: EU. Os capítulos finais justificam o título, pois o protagonista, que passa a se chamar Prometeu — o mortal que na mitologia grega roubou o fogo dos deuses e o entregou aos homens, causando a fúria de Zeus — escreve, agora na primeira pessoa do singular, um hino ao indivíduo. Eis um trecho: "Qualquer que seja o caminho que tome, a estrela que me guia está em mim; a estrela e a bússola que assinalam o caminho apontam somente em uma direção. Apontam até mim."

Nossa sociedade não é muito diferente da descrita por Ayn Rand: ouvimos frases como "tudo pelo social" ou "temos que pensar no coletivo"; os governos criam conselhos reguladores; os livros como fonte de conhecimento estão sendo abandonados; falar em nome de uma coletividade é visto como atitude de grandeza; e em uma dissertação de mestrado, por exemplo, não é aconselhável o uso da primeira pessoa do singular. Pelo menos nós ainda temos liberdade de nos expressarmos individualmente, mesmo correndo o risco de sermos taxados de reacionários ou insensíveis. Não concordam CONOSCO?


Postado por Cassionei Niches Petry
Em 17/11/2015 às 17h04


Mais Blog de Cassionei Niches Petry
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Que é Energia Nuclear o Que é Ecologia
Primeiros Passos
Brasiliense
(1985)



A Formação Espiritual do Brasil Autografado
Baptista Pereira
Saraiva
(1930)



Pnaic Pacto nacional pela alfabetização na idade certa Ano 01 - Unidade 08
Vários
Mec
(2012)



Você já viveu outras vidas
Kurt Allgeier
Ediouro
(1986)



Novos Horizontes da Psicologia
P. C. Dodwell Coordenador
Ibrasa
(1979)



O Júri
John Grisham
Rocco
(1998)



Os Reinventores
Jason Jennings
Alta Books
(2013)



Picasso - Crianças Famosas
Tony Hart e Susan Hellard
Callis
(1994)



Mercado Financeiro: Conceitos, Cálculo e Análise de Investimento
José Roberto Securato e José Claudio Securato
Saint Paul
(2013)



Meu Pai, acabaram com ele (Literatura Infanto-Juvenil)
Luiz Claudio Cardoso
Scipione
(1997)





busca | avançada
45069 visitas/dia
1,9 milhão/mês