Comentários do IP 200.154.218.232 | Digestivo Cultural

busca | avançada
64744 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Evento de reinauguração da Praça do Centro de Convenções da Unicamp
>>> Oficina Som Entre Fronteiras está com inscrições abertas
>>> Projeto “Curtas de Animação” com estudantes da zona rural de Valinhos/SP
>>> Novos projetos do Festival de Dança de Joinville promovem atividades culturais para 120 alunos
>>> Toca do Morcego anuncia agenda primavera/verão 2022/2023
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
Colunistas
Últimos Posts
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
Últimos Posts
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
>>> Assim é a vida
>>> Criança, minha melhor idade
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Erik Satie
>>> Ronnie James Dio em 1983
>>> O Leão e o Unicórnio
>>> O outro Carpeaux
>>> Something that grows
>>> Façam suas apostas
>>> Tempo de aspargos
>>> No caso de a Dilma sair, quem assume?
>>> Return to the Little Kingdom, by Michael Moritz
>>> O que mais falta acontecer?
Mais Recentes
>>> Manifesto Comunista/ Teses de Abril de Marx e Engels pela Boitempo (2017)
>>> População Brasileira de Richard Gabriel Viviani pela Sistema Coc
>>> Katmandu e Outros Contos de Anna Maria Martins pela Global (2011)
>>> Os Ricos e Elegantes de Ruth Harris pela Record (1978)
>>> 1808 Como uma Rainha Louca, um Príncipe Medroso e uma Corte Corrupta.. de Laurentino Gomes pela Planeta (2008)
>>> Soa e Web Services Em Java de Cleuton Sampaio pela Brasport (2006)
>>> Manual da Arbitragem de Joel Dias e Figueira Junior pela Revista dos Tribunais (1997)
>>> O Que Você Pode Fazer para Tratar Dores e Ataques do Coração de Fernando B. Ximenes - Trad. pela Ediouro (1982)
>>> Achei Que Meu Pai Fosse Deus: e Outras Histórias Verdadeiras da Vida.. de Paul Auster (orgs.) pela Companhia das Letras (2005)
>>> Isaac Newton e Sua Maçã de Kjartan Poskitt pela Cia. das Letras (2002)
>>> Fugindo do Ninho de Richard Bach pela Record (1996)
>>> Santa Catarina: 100 Anos de História Vol. 2 o Livro de Celestino Sachet Sérgio Sachet pela Rbs (1998)
>>> Histórias Extraordinárias de Edgar Allan Poe pela Nova Cultural (2003)
>>> Desenhos e Gravuras de Abrahão Sanovicz pela Sesc (2016)
>>> Triste Fim de Policarpo Quaresma de Lima Barreto pela Objetivo (1995)
>>> Tempo do Desejo: Sociologia e Psicanálise de Heloisa Rodrigues F. e Outros Orgs pela Brasiliense (1989)
>>> Machu Picchu: Cidade Perdida dos Incas de Simone Waisbard pela Hemus
>>> S. Bernardo de Graciliano Ramos pela Record (2008)
>>> Um Minuto para Mim de Dr. Spencer Johnson pela Record (1987)
>>> Libertação Interior - a Escala Definitiva de Dr. Gerald Kushel pela Melhoramentos (1979)
>>> Ms-dos - Microcamp de Microcamp pela Alvear (2010)
>>> A Dieta Campbell de Thomas M. Campbell pela Gente (2015)
>>> Economic Survey Methods de John B. Lansing e Outros pela Isr
>>> 15 Dias de Oração Com Charles de Foucauld de Michel Lafon pela Paulinas (2011)
>>> Cálculo: Funções de uma Variável de Pedro A. Morettin/ Samuel Hazzan/ Wilton O. Bussab pela Métodos Quantitativos (1987)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Quarta-feira, 14/8/2002
Comentários
200.154.218.232


Do mais elevado ao mais baixo
Sobre esta sua frase: “A função da universidade em um país normal seria estudar tudo que a humanidade já produziu, na ordem de importância do mais elevado ao mais baixo”. Se você me definir qual o “país normal” que já chegou a uma conclusão definitiva sobre esta seqüência “do mais elevado ao mais baixo”, eu dou a mão à palmatória. Não vale citar a Rússia stalinista ou a Alemanha hitlerista. Esses definiram claramente o que era “mais elevado” e “mais baixo”. Mas não acredito que sejam os modelos que você defende.

[Sobre "Babação do popular"]

por Helion
14/8/2002 às
12h41 200.154.218.232
(+) Helion no Digestivo...
 
Villa babando o ovo
Caro Evandro, obrigado antes de mais nada pela sua resposta./// Você pode ter ouvido muitas vezes esse argumento de que “o erudito de hoje é o popular de ontem”. Não acho que isso seja sempre correto, mas de qualquer forma, nos casos em que se aplica, não se trata apenas de um cansativo argumento, uma vez que a repetição excessiva, e mesmo a vulgarização do mesmo, não o esvazia de seus elementos de verdade./// Antes de examinar o seu exemplo, gostaria de descartar para meu argumento o debate sobre a “superioridade” ou a “maior riqueza” de Villa Lobos face à música popular, pois se trata de longa discussão, para qual não há parâmetros objetivos. E eu não advoguei nenhuma pretensa superioridade, da parte de um dos dois “pólos”. Acho que isso só se presta a polêmicas pouco frutíferas, e na qual os argumentos de natureza diretamente ideológica se superpõem às considerações de caráter propriamente artístico ou cultural./// Não sei se você conhece a série francesa de CDs “Villa-Lobos par Lui-Même”, que reúne as gravações feitas por Villa regendo na França em fins dos anos cinqüenta (caso não conheça, posso fazer-lhe uma cópia). A caixa inclui a gravação de uma divertida conferência do maestro em 1959, “Qu´est-ce qu´un Chôros?”, na qual ele explica aos franceses o que é uma roda de choro, e como elas o influenciaram, inclusive imitando com a voz os diversos instrumentos e fazendo referências à cachaça e ao clima nelas reinante. Você consideraria isso uma “babação de ovo do choro”? Em caso positivo, estaria pronto a retirar de Villa-Lobos a designação de erudito, e de relegá-lo à vala dos socialistas medíocres?/// Muitos defensores do popular efetivamente gostariam de vê-lo como peça de museu. Mas não todos. Villa-Lobos, Mário de Andrade, Hermínio Bello de Carvalho, não estão entre estes. Um abraço, Helion

[Sobre "Babação do popular"]

por Helion
14/8/2002 às
12h38 200.154.218.232
(+) Helion no Digestivo...
 
multiculturalismo qualificado
Guilherme, não estava claro na sua mensagem o que exatamente você chamava de “alta cultura”, e eu por isso a associei à cultura erudita. Caso a associação não tenha sido apropriada, desculpo-me. Mas, então, fiquei sem entender./// Veja bem, agora você já está qualificando o multiculturalismo, afirmando que existe um “multiculturalismo de ressentidos”. Já estamos mais próximos, você e eu, porque eu acho possível se reconhecer um “multiculturalismo” que exprime ressentimento de classe, étnico ou cultural. Mas ele nem sempre “vive de encontrar indícios de opressão”: muitas vezes reconhece – com maior ou menor exagero – formas de opressão efetivamente existentes, buscando lutar contra as mesmas. Se as formas de atuação são ou não eficientes para enfrentar o preconceito, o racismo, é outra discussão. Podemos até enveredar por ela. Mas não concordo de maneira nenhuma com o “essencialismo” da relação marxismo e multiculturalismo que é defendido pelo texto citado. Aliás, acho que quanto a esse não vamos concordar mesmo./// Falando nisso, encontrei outros textos no Google, conforme sua sugestão, e não poderei ler todos. Me parece que se referem, na sua maioria, à versão das “culture wars” que marcam o debate político e cultural norte-americano, que é bem diferente do nosso. Forçar analogias com o caso de lá é se arriscar a não compreender nada, e tal recurso só convence aqueles que já estão predispostos de antemão a achar “genial” tudo o que sai da pena de um determinado articulista./// Sobre a professora universitária que te dissertou sobre a estupidez do homem branco ocidental, quero crer que ela não representa o que há de mais sério da postura multiculturalista, assim como fofoquinhas sobre a mulher de Lukacs não representam o que há de mais sério dentre as críticas ao marxismo.

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Helion
14/8/2002 às
12h26 200.154.218.232
(+) Helion no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Cozinhas da Itália - Toscana Florença
Vários Autores
Gold
(2011)



Desejo de Pintar e Outros Poemas Em Prosa: de Charles Baudelaire
Charles Baudelaire
Noovha America
(2008)



Livro - O Médico e o Monstro - Clássicos
Robert Louis Stevenson
Penguin / Companhia
(2015)



Desesterro
Sheyla Smanioto
Record
(2015)



Dor de Cabeça - o Que Ela Quer Com Você?
Dr. Mario Peres
Integrare
(2008)



Livro - A Última Viagem - Quando o Barco Atracou, um dos Passageiros...
Charles Martell
Nova Cultural
(1990)



Triste Fim de Policarpo Quaresma - Serie Bom Livro ( 1987)
Lima Barreto
Ática
(1987)



Paz na Terra
Richard Simonetti
ceac
(1998)



Balanced Scorecard e a Gestão Estratégica / 10ª Ed
Emilio Herrero
Elsevier / Campus
(2005)



Porque Não Mais Que Sete?
Lurdes Gonçalvez
Orientação Cultural
(1984)





busca | avançada
64744 visitas/dia
1,7 milhão/mês