Higienópolis | Digestivo Cultural

busca | avançada
29366 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> LANÇAMENTO DO BLOG DO JUSTINO
>>> Curso de História da Arte Latino Americana na FAAP
>>> Sérgio Mamberti será homenageado nesta segunda (21) na Alesp
>>> PIONEIRA NO ENSINO DAS ARTES, FAAP OFERECE NOVA PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS E PRÁTICAS CURATORIAIS
>>> Oxigênio Hardcore Fest 2017
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
>>> A fotografia é um produto ou um serviço?
>>> A noite iluminada da literatura de Pedro Maciel
>>> Apontamentos de inverno
>>> Literatura, quatro de julho e pertencimento
>>> O Abismo e a Riqueza da Coadjuvância
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 4. Museu Paleológico
>>> Um caso de manipulação
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Pétalas neon
>>> À Lígia
>>> Um biombo oscila entre o côncavo e o convexo
>>> Síndrome da desesperança
>>> Simbiose
>>> Grafologia
>>> Premiadas
>>> Plagas e pragas
>>> Elas por elas
>>> Ritmo binário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O engano do homem que matou Lennon
>>> Exibir sem mostrar
>>> It's my shout
>>> É batata!
>>> Solaris, o romance do pesadelo da ciência
>>> Eu blogo, tu blogas?
>>> Cidade de Deus
>>> Uma Viagem à Índia, de Gonçalo M. Tavares
>>> O desafio de formar leitores
>>> Lugar Nenhum
Mais Recentes
>>> Autismo Infantil - fatos e modelos
>>> Leitura e autoria: planejamento em Língua Portuguesa e Literatura
>>> Hannah Arendt- uma Biografia
>>> Para sair do Século XX
>>> A terra e o céu de Jacques Dorme
>>> Mito e Metafísica
>>> Ponto de Impacto
>>> Cabeça de Porco
>>> Um romântico incorrigível
>>> Constituintes da Ciência da Religião: Cinco ensaios em prol de uma disciplina autônoma
>>> O espectro disciplinar da Ciência da Religião
>>> Estudo das Religiões: Desafios contemporâneos
>>> Religião no Brasil: Enfoques, dinâmicas e abordagens
>>> História das religiões: Desafios, problemas e avanços teóricos, metodológicos e historiográficos
>>> Imaginário da Magia. Magia do Imaginário
>>> Transformações. Ensaios sobre culturas e sociabiliddes
>>> A morte branca do feiticeiro negro. Umbanda e Sociedade Brasileira
>>> Manual de Sociologia da Religião
>>> Tolerância e Intolerância nas manifestações religiosas
>>> História de Nossa Senhora do Desterro
>>> Memórias de Gustav Hermann Strobel. Relatos de um pioneiro da imigração alemã no Brasil
>>> Memória de uma Colônia Italiana: Colombo - Paraná, 1878-2013
>>> Sociologia da religião: enfoques teóricos
>>> Nome de toureiro - 7ª ed.
>>> Diário de Classe - 2ª ed. Nova Ortografia
>>> O caminho do poço das lágrimas
>>> O Homem Demolido
>>> Uma Viagem aos Contos Clássicos Ingleses- Leituras Perfumadas 6
>>> Além do Véu e Fora do Arraial
>>> Os Grandes Enigmas de Nossa História - 12 Volumes
>>> Fertilidade do Solo
>>> Pragas do Coqueiro e Dendezeiro
>>> O Preparo do Solo: Implementos Corretos
>>> Contabilidade Introdutória
>>> Manual de Fitopatologia Vol. I e Vol. II
>>> Conservação e Atração das Aves
>>> Inseticidas e Acaricidas
>>> Construções Rurais - Volume 1 e 2
>>> Mecanização Agrícola Preparo do Solo
>>> A semente da Vitória
>>> Steve Jobs
>>> Cuidado do Corpo Curando a Mente
>>> Curso de Direito Romano - Tomo I
>>> Manual Geral da Redação Folha de São Paulo
>>> Vocabulário Jurídico Vol. V
>>> Ecologia, Meio Ambiente e Poluição
>>> Receituário Caseiro: Alternativas para o controle de pragas e doenças de plantas cultivadas e de seus produtos
>>> Watchaman nele ( o homem espiritual v. 3 )
>>> Watchaman nele ( o homem espiritual v. 2 )
>>> ''Ele é o Senhor e dá a Vida''- Creio no Espírito Santo 2
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 7/11/2005
Higienópolis

+ de 3300 Acessos
+ 4 Comentário(s)

Eu tenho uma ligação, digamos, umbilical com Higienópolis...

Meus pais se conheceram no bairro, eu praticamente nasci no bairro.

Meu pai estudou no Mackenzie. Também, meu irmão.

Nestes cinco anos de existência do Digestivo, eu vim três vezes, sempre nos anos ímpares do site, e convivi, por um tempo, com o bairro.

Em 2001, o Digestivo Cultural ainda era estático e eu vim basicamente para fazer um curso de ASP (Active Server Pages), no Senac da rua Dr. Vila Nova, para tornar o site mais dinâmico.

2001 era uma época de total incerteza. Eu havia saído do banco para levar a cabo o projeto do Digestivo Cultural. E perdia longas horas para que ele ficasse mais fácil de atualizar, para que eu estabelecesse um sistema de publicação, para cada colaborador, simultaneamente ao Blogger (eu não sabia do Blogger).

Lembro que eu ainda me pautava pelas bancas de jornal. Descobria como enviar as newsletters (em HTML) por e-mail. Enquanto administrava os egos dos primeiros Colunistas do Digestivo Cultural...

Já em 2003, eu vim com a missão de fazer um curso de PageMaker, também no Senac, tendo em vista a versão impressa do site (um projeto que desembocou na revista com a FGV no ano posterior).

Eu não sabia, mas estava à frente do meu tempo. Outro dia, encontrei uma revista que é a cara do meu projeto gráfico de dois anos atrás. Em 2003, eu havia concebido uma revista em PDF, para ser lançada em 2005 (?), se fosse...

Agora em 2005, eu vim para conhecer a Casa do Saber de Higienópolis (nossa Parceira), e freqüentar o curso do Luiz Felipe Pondé de Filosofia da Religião, desta vez na rua Itambé.

É provável que eu não fale do curso agora. Queria falar de Higienópolis...

Sempre quando eu venho para Higienópolis, assim pra andar, eu penso no meu pai.

Meu pai entrou no Mackenzie, pelas minhas contas, em 1968 e saiu em 1972, para cursar Engenharia Civil. Eu sempre fico imaginando - sempre que venho - como foram aqueles anos. Acho que os anos 60 são a obsessão da minha geração. Foram anos de grande transformação como o são agora os primeiros anos deste século XXI.

Também penso no meu irmão, que cursou Arquitetura, muito tempo depois, entre os anos 90 e os anos 2000 (Diego, você me desculpe se eu não sei ao certo os seus anos). Sempre penso que o meu irmão viveu aqui uma vida que eu não vivi, porque até então havíamos estudado nos mesmos colégios, na mesma faculdade (a Poli), até ele debandar pra cá.

Se não me engano, o Oliver Sacks, o mesmo de Tempo de Despertar, escreve sobre as memórias que herdamos de nossos familiares, que eles nos contaram, que eles nos passaram, por contágio...

Meu pai, por exemplo, sempre conta que estudou no Mackenzie, que trabalhou na rua Maria Antônia (tinha lá um Pão de Queijo) e que, por isso, não viu nada daquelas brigas contra a Faculdade de Filosofia da USP - sempre mostrada incendiada e pichada nas fotos -, que os sobreviventes inventaram, aumentaram, que no fundo não houve mesmo coisa nenhuma, etc. e tal.

Meu irmão, por sua vez, quando estudava no Mackenzie, contou de uma praça de alimentação (ou equivalente) que construíram lá. Enfim, coisa sem grande importância, mas que eu fiquei imaginando como deveria ser e que finalmente vi, este ano, sem não antes pensar em quantas memórias e em quantas histórias ele tinha daquele lugar. Memórias e histórias que eu não vou compartilhar...

Quando meu tio, irmão da minha mãe, veio no ano passado, eu quis andar com ele por Higienópolis. Ele nunca morou em São Paulo. Ele não sabe, como nós, da história da cidade, e, principalmente, da história recente do bairro.

Eu quis percorrer toda a Maria Antônia, apontar o Mackenzie, apontar a ex-Filosofia da USP, transmitir o que eu sabia do meu pai, o que tinha lido, o que tinha ouvido do meu irmão...

No fim, não houve tempo. Passamos, de carro mesmo, eu, ele e minha mãe. Ele contando a minha bisavó, muito religiosa, que eu não conheci; minha mãe contando de quando viveu sua vida de solteira - também em Higienópolis -, com minha avó; e eu apontando as coisas, tentando transmitir, em frases ou palavras, o que havia acumulado em 30 anos.

Como agora, não esgotei, em poucas horas, minha relação com Higienópolis...

De 2001, ficaram os Colaboradores do Digestivo Cultural. De 2003, ficaram, por vias travessas, os Parceiros. De 2005, não sei ainda o que vai ficar...

Ao mesmo tempo, nunca vou parar de pesquisar sobre os anos 60, para tentar entender (ou compreender) o que os meus pais viveram (ou deixaram de viver). Do mesmo jeito, a presença dos prédios, do muro, dos portões, e daquela gente pra lá e pra cá, sempre me levará a imaginar como terá sido a época do meu irmão no Mackenzie, na sua FAU...

Obrigado, portanto, ao Pondé e sobretudo à Casa do Saber, por haverem me trazido, de novo, a Higienópolis.


Postado por Julio Daio Borges
Em 7/11/2005 às 15h01


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Psiu Poético 30 anos de Ana Elisa Ribeiro
02. García Márquez no Digestivo de Julio Daio Borges
03. Ensaios de Andrei Plesu de Celso A. Uequed Pitol
04. Mozart Piano Quartet de Eugenia Zerbini
05. The Archies: 'Sugar, Sugar' de Yuri Vieira


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
7/11/2005
17h22min
Ahhh!!! Julio, sei bem o que é esse contagio. Histórias que a gente escuta e ficam gravadas, volta e meia a gente acaba repetindo a mesma história na tentativa de não deixar que o tempo apague a nossa história. Sua relação com Higienopólis e a mesma que tenho com a Penha de França. O interessante em tudo isso é que o tempo, na sua infinita sabedoria, se encarrega de nós levar 'a nossa origem, tentando talvés, imagino, direcionar a nossa vida. Você teve a vantagem de retornar a Higienopólis pelas mãos do conhecimento, através de Pondé, eu não te invejo, mas lamento, porque retornei 'a Penha pra saber que a vida e' breve demais. Já o contágio, e' necessário. Patricia
[Leia outros Comentários de Patricia Lara]
11/11/2005
08h01min
Olá Júlio, adorei ler o seu blog. Estudei no Mackenzie e saí do ginásio (naquele tempo tinha ginásio) em 67. Minha classe era arrojadíssima e mista. Mas no recreio meninos e meninas ficavam separados. E havia uma senhora Miss Clair que não deixava entrar se usássemos blusa sem manga, ou seja de ombro de fora! Pelo pouco que vivi o movimento estudantil, posso dizer que naquele tempo a juventude era mais "ligada". Hoje a gente vê barbaridades, nossos políticos se transformaram em ladrões refinados, e a "turma" continua numa "nice"...
[Leia outros Comentários de Vera Carvalho]
12/11/2005
17h33min
Emocionante este texto, Julio. Acho que tentar entender o passado nos auxilia a melhorar o nosso presente e nos preparar o nosso futuro. Sempre acreditei nisso, embora não seja muito compreendido por isto. Seu texto me sensibilizou. Eu era muito pequeno nos anos 60 e no início dos 70, mas também tenho um particular interesse nessas duas épocas. Procuro tudo relacionado a elas e as fotos do arquivo linkado foram pérolas pra mim. Muito obrigado e parabéns pelo texto.
[Leia outros Comentários de Julio Cesar Corrêa]
16/4/2006
11h38min
olá!!! só queria agradecer pelo seu texto, pois este me ajudou muito no meu trabalho para a escola... Nós fizemos uma caminhada de Santa Cecília para Higienópolis... e seu texto está perfeitamente relacionado com o tempo e memória do lugar... Thanks! :)
[Leia outros Comentários de Prips]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




SONGBOOK - CARLOS LYRA
ALMIR CHEDIAK
LUMIAR
(2009)
R$ 70,00



CAMINHOS DO APRENDER
IZABEL NEVES FERREIRA
CORDE
(1993)
R$ 10,00



ENCONTRO ENTRE LITERATURAS - FRANÇA PORTUGAL BRASIL
PIERRE RIVAS
HUCITEC
(1995)
R$ 9,99



CONSEJOS PARA UN COMEDIANTE - ÉTICA Y METAMORFOSIS
ERNESTO BAYMA
SIGLO VEINTE
(1958)
R$ 14,00



DONNIE DARKO - EDITORA DARKSIDE
EDITORA DARKSIDE
DARKSIDE
(2016)
R$ 25,00



À ESPREITA DAS ESTRELAS
PIERRE BOURGE / JEAN LACROUX
INSTITUTO PIAGET
(2001)
R$ 50,00



RENASCER DE UM OUTONO
SAMANTHA HOLTZ
NOVO SÉCULO
(2014)
R$ 18,79



DEUSES, TÚMULOS E SÁBIOS: O ROMANCE DA ARQUEOLOGIA
C. W. CERAM
MELHORAMENTOS
(1973)
R$ 12,30



O RISO. ENSAIO SOBRE A SIGNIFICAÇÃO DO CÔMICO
HENRI BERGSON
ZAHAR
(1980)
R$ 46,00



DIREITO CIVIL FACILITADO - PARTE GERAL 2ª EDIÇÃO 
LEONARDO REIS / RENATO BRAGA
CAMPUS ELSEVIER
(2012)
R$ 22,00





busca | avançada
29366 visitas/dia
1,1 milhão/mês