O centenário de Contos Gauchescos | Marcelo Spalding | Digestivo Cultural

busca | avançada
34158 visitas/dia
737 mil/mês
Mais Recentes
>>> A arte de Reparar Histórias
>>> Músico Dudu Oliveira lança seu disco de estreia no Todas as Bossas da TV Brasil
>>> Antenize recebe Lázaro Ramos no especial sobre literatura deste sábado (18) na TV Brasil
>>> Festa
>>> Shopping Metrô Tucuruvi e Livrarias Curitiba preparam uma programação especial para este mês
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Os olhos de Ingrid Bergman
>>> Não quero ser Capitu
>>> Desdizer: a poética de Antonio Carlos Secchin
>>> Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba
>>> De quantos modos um menino queima?
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
>>> O Brasil que eu quero
>>> O dia em que não conheci Chico Buarque
>>> Um Furto
>>> Mais outro cais
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> Sobrecarga
>>> Frases e verdades
>>> Música & Filosofia
>>> Casa de couro
>>> Saber viver a vida é fundamental
>>> Não sei se você já deitou em estrelas.
>>> UM OLHAR SOBRE A FILOSOFIA (PARTE I)
>>> Globo News: entrevista candidatos
>>> Corpo e alma
>>> Cada poesia a seu tempo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Procure saber: os novos donos da história
>>> Um jeito Mirador de ver a Wikipedia
>>> Como parecer culto
>>> Como parecer culto
>>> Me, myself e a Flip
>>> Baudelaire, um pária genial (parte final)
>>> A essência de Aldous Huxley
>>> O Nobel de Tranströmer
>>> Só sei que nada sei
>>> A diferença entre baixa cultura e alta cultura
Mais Recentes
>>> Máscaras de Luiza Rios Ricci Volpato pela Entrelinhas (2010)
>>> A Mulher de Trinta Anos de Honoré de Balzac pela L&pm Pocket (1999)
>>> She: A Chave do Entendimento da Psicologia Feminina de Robert A. Johnson pela Mercuryo (1991)
>>> Aspirações Nacionais: Interpretação Histórico- Política de José Honério Rodrigues pela Civilização Brasileira (1970)
>>> Moulin Rouge de Pierre La Mure pela Mérito/ RJ. (1959)
>>> O Mistério do Áureo Florescer de Samael aun Weor pela Movimento Gnóstico (1991)
>>> Veludinho de Martha Azevedo Panunzio pela Livr. José Olympio Edit. (1985)
>>> Veludinho de Martha Azevedo Panunzio pela Livr. José Olympio Edit. (2001)
>>> Veludinho de Martha Azevedo Panunzio pela Livr. José Olympio Edit. (1984)
>>> Veludinho de Martha Azevedo Panunzio pela Livr. José Olympio Edit. (1993)
>>> Veludinho de Martha Azevedo Panunzio pela Livr. José Olympio Edit. (1991)
>>> João Cabral de Melo Neto: Literatura Comentada de João Cabral de Melo Neto/ Seleção: Samira Cmpedelli pela Abril Cultural (1982)
>>> João Cabral de Melo Neto: Literatura Comentada de João Cabral de Melo Neto/ Seleção: Samira Cmpedelli pela Abril Cultural (1982)
>>> Arco do Triunfo de Carlos Castello Branco pela Parma/ Grupo Aché
>>> Cartomancia Y Quiromancia de Gwen Le Scouézéc pela Ediciones Martinez Rocca/ Barcelona (1974)
>>> Revista Esotérica - Magia Wicca de Vitoria Feres Azar - Diretora-Geral pela Onde (2004)
>>> Agatha Christie de A Terceira Moça (formato original) pela Nova Fronteira
>>> Almanaque Ilustrado - Símbolos de Mark O'Connell e Raje Airey pela Escala (2010)
>>> Sonhos Que Curam: Depoimentos Sobre a Conexão Mente-corpo/ Novo de marc Ian Barasch pela Record: Nova Era (2003)
>>> Formação Economica da América Latina de Celso Furtado pela Lia Editor/ Rio (1970)
>>> Quiromancia - Como Decifrar as Linhas da Vida de Roz Levine pela Bertrand Brasil (2001)
>>> Teoria e Política do Desenvolvimento Econômico de Celso Furtado pela Companhia Ed. Nacional (1968)
>>> O Grande Livro dos Signos & Símbolos - Livro 2 de Mark O'Connell e Raje Airey pela Escala (2010)
>>> Brasil: Radiografia de um Modelo de Nelson Werneck Sodré pela Bertrand Brasil/ Rio (1987)
>>> Encontros, Desencontros & Reencontros de Maria Helena Matarazzo pela Gente/ São Paulo (1996)
>>> A Falta Que Ela Me Faz ... no Fim Dá Tudo Certo! de Fernando Sabino pela Record/ R. J. (1987)
>>> Ironias da História: Ensaios Sobre o Comunismo Contemporâneo de Isaac Deustcher pela Civilização Brasileira (1968)
>>> A Inflação Brasileira - Antes e Depois do Choque de Prof. Antonio Carlos Marques Mattos pela Vozes/ Rio de Janeiro (1987)
>>> Carta aos Comunistas de Luis carlos Prestes pela Alfa- Omega (1980)
>>> O Colapso do Neoliberalismo de Nilson Araújo de Souza pela Global/ São paulo (1995)
>>> Análise Contábil - Análise De Balanços de Américo M. Florentino pela Fundação Getúlio Vargas (1973)
>>> Assim Falou Zaratustra... de Friedrich W. Nietzsche/ Tradução: Mário da Silva pela Bertrand Brasil/ Rio (1994)
>>> Achegas ao Estudo do Folclore Brasileiro de Alfredo do Vale Cabral pela Funarte: Mec (1978)
>>> Vocabulário de Caça: Contendo os Termos Clássicos Portugueses... de C. Ribeiro de Lessa (clado) pela Companhia Ed. Nacional (1977)
>>> A Liberdade na Sociedade Contemporanea de Samuel Eliot Morison pela Fundo de Cultura Economica/ Rio (1959)
>>> Nos Passos de Hannah Arendt de Laure Adler pela Record (2007)
>>> O Poder do Pensamento Positivo para a Juventude de Norman Vincent Peale pela Cultrix
>>> Ilíada de Homero 2 Volumes de Haroldo de Campos pela Mandarim (2001)
>>> Oráculos utilizados pelo povo Cigano - Acompanha baralho Cigano de Padrinho Juruá pela Alfabeto (2015)
>>> Como Agarrar o seu Amor pela Magia - Breviário de Salamandra de Maria Helena Farelli pela Pallas (2012)
>>> A Morte da Porta- Estandarte - Tati, a Garota e Outras Histórias de Aníbal Machado/ Introd. M. Cavalcanti Proença pela Livr. José Olympio Edit. (1997)
>>> A Morte da Porta- Estandarte - Tati, a Garota e Outras Histórias de Aníbal Machado/ Introd. M. Cavalcanti Proença pela Livr. José Olympio Edit. (1985)
>>> Cadernos de João/ Novo de Aníbal Machado pela Nova Fronteira (2002)
>>> Oscar Wilde Para Inquietos de Allan Percy pela Sextante (2012)
>>> Cadernos de João/ Novo de Aníbal Machado pela Nova Fronteira (2002)
>>> Cadernos de João/ Novo de Aníbal Machado pela Nova Fronteira (2002)
>>> Cadernos de João/ Novo de Aníbal Machado pela Nova Fronteira (2002)
>>> A Perda da Radicalidade do Movimento Ambientalista Brasileiro:... de Agripa Faria Alexandre pela Edifurb/ Ed. da Ufsc (2000)
>>> As Alianças de Lêdo Ivo pela Eparma/ Grupo Aché
>>> As Alianças de Lêdo Ivo pela Eparma/ Grupo Aché
COLUNAS

Sexta-feira, 17/2/2012
O centenário de Contos Gauchescos
Marcelo Spalding

+ de 6500 Acessos

Alguns livros marcam uma geração, outros uma nação. Os Lusíadas se confundem com a formação da nação lusa, A Divina Comédia forjou o idioma italiano, assim como as obras de Walter Scott e Shakespeare foram fundamentais para os ingleses. No Brasil, temos os romances de Alencar, que esforçou-se por representar a nação brasileira como um todo. Há outros livros, porém, que forjam não nações, mas culturas, em especial culturas regionais que não chegam a se configurar como nacionais. E este é o caso, decididamente, da cultura sul-rio-grandense.

No Rio Grande do Sul, lembramos de nossos heróis, fazemos feriado e comemorações no nosso dia, o 20 de setembro, e cantamos com entusiasmo o Hino Rio-Grandense. Mas esse gaúcho, hoje representado no Laçador, cantado em nossos CTGs e revivido no acampamento farroupilha, é acima de tudo uma figura criada pelos escritores, e poucos foram tão importantes como Simões Lopes Neto. Em Contos Gauchescos (1912) e Lendas do Sul (1913), esse pelotense forjou muito da personalidade mítica do gaúcho, sua valentia, sua honra, o amor pela terra e pelo cavalo.

Neste ano, comemora-se exatamente cem anos do lançamento de Contos Gauchescos, obra obrigatória nos bancos escolares e acadêmicos gaúchos, mas que poderia estar no cânone de qualquer seleção de literatura brasileira. A obra traz, além da apresentação em que Blau Nunes surge como narrador, 19 contos: "Trezentas onças", "Negro Bonifácio", "No manatial", "O mate do João Cardoso", "Deve um queijo!", "O boi velho", "Correr eguada", "Chasque do imperador", "Os cabelos da china", "Melancia - Coco verde", "O anjo da vitória", "Contrabandista", "Jogo do osso", "Duelo de Farrapos", "Penar de velhos", "Juca guerra", "Artigos de fé do gaúcho", "Batendo orelha" e "O 'menininho' do presépio".

Todos os contos são narrados por Blau Nunes, que em algumas histórias é protagonista, mas em tantas outros assiste como espectador interessado e atento. Outro aspecto fundamental do livro é a linguagem utilizada, que é representação da linguagem popular falada do gaúcho, mas retrabalhada de forma erudita a ponto de criar uma terceira linguagem rica e particular. O grande Guimarães Rosa, anos mais tarde, e confesadamente inspirado em Simões, utilizaria essa técnica em Grande Sertão: Veredas.

Trezentas Onças, o primeiro conto do livro, é um verdadeiro cartão de visitas da prosa e da linguagem de Simões, com seus gauchismos ("guaiaca, cusco"), espanholismos ("mui, cousa") e ditos populares ("brabo como uma manga de pedras"). A temática também começa a moldar os valores do gaúcho, estando a honra acima de tudo, mesmo quando grande quantia de dinheiro está em jogo.

Este trabalho peculiar com a linguagem exige um pouco do leitor contemporâneo, que talvez tropece em alguns trechos, especialmente nos mais descritivos, como este de "No Manatial": "Vancê acredita?... Nesta manhã, desde cedo, os pica-paus choraram muito nas tronqueiras do curral e nos palanques... e até furando no oitão da casa;... mais de um cachorro cavoucou o chão, embaixo das carretas;. e a Maria Altina achou no quarto, entre a parede e a cabeceira da cama, uma borboleta preta, das grandes, que ninguém tinha visto entrar..."

"No Manatial", aliás, é o mais belo - e talvez mais triste - conto do livro, revelando um pouquinho de como nascem as lendas e as assombrações. O que impressiona em Simões é que apesar do linguajar próprio, a narrativa flui com facilidade, tal qual um causo contado de mate na mão:

"E os dois, ¾ a que te pego! a que te largo! ¾ se despencaram por aquele lançante, em direitura ao manantial! E, ou por querer atalhar, ou porque perdesse a cabeça ou nem se lembrasse do perigo, a Maria Altina encostou o rebenque no matungo, que, do lance que trazia costa abaixo, se foi, feito, ao tremendal, onde se afundou até as orelhas e começou a patalear, num desespero!. A campeirinha varejada no arranco, sumiu-se logo na fervura preta do lodaçal remexido a patadas!... E como rastro, ficou em cima, boiando, a rosa do penteado."

O livro também pode ser muito interessante como um documento histórico, revelando um pouco do pensamento e da cultura gaúcha (e brasileira) de um século atrás. Em "O Negro Bonifácio", por exemplo, a representação feita da mulher e do negro causa estranheza e até revolta no leitor moderno, mas retrata os valores da época de publicação do texto:

"Os dentes [da Tudinha eram] brancos e lustrosos como dente de cachorro novo; e os lábios da morocha deviam ser macios como treval, doces como mirim, frescos como polpa de guabiju...  (.) No barulho das saúdes e das caçoadas, quando todos se divertiam, foi que apareceu aquele negro excomungado, para aguar o pagode."

Este famoso conto, a propósito, retrata a disputa de quatro gaúchos pela Tudinha, "a chinoca mais candongueira que havia naqueles pagos". A disputa evolui para um duelo sangrento, do qual emerge ao final a revelação de uma história de amor secreta, ardente e improvável da bela morena com o Negro Bonifácio.

Talvez o sucesso dos contos seja que sua essência não está nas palavras, nas frases, na linguagem popular retrabalhada, e sim no subtexto, no não-dito, naquilo que só o leitor acostumado com os meandros do gênero conto poderá perceber, como a relação de Tudinha com o Negro.

Hoje, passados cem anos, pode-se dizer que Contos Gauchescos é um clássico em todas as acepções de clássico para Calvino, "um livro que nunca terminou de dizer aquilo que tinha para dizer", "uma obra que provoca incessantemente uma nuvem de discursos críticos sobre si, mas continuamente as repele para longe", "livros que, quando mais pensamos conhecer por ouvir dizer, quando são lidos de fato mais se revelam novos, inesperados, inéditos". É, enfim, um livro além de seu tempo e de seu espaço, pois embora o espaço seja bem definido, o sul do sul, o pampa gaúcho, o pampa gaúcho de um tempo de guerras, facões, cavalos e heróis, as temáticas são universais: traição, ciúme, honra, mesquinhez, saudades.



Marcelo Spalding
Porto Alegre, 17/2/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O suficiente para ser feliz de Ana Elisa Ribeiro
02. Como começar uma carreira em qualquer coisa de Ram Rajagopal
03. A Música Pirata Online de Héber Sales


Mais Marcelo Spalding
Mais Acessadas de Marcelo Spalding em 2012
01. Figuras de linguagem e a escrita criativa - 21/12/2012
02. Capacidade de expressão X capacidade linguística - 30/3/2012
03. O centenário de Contos Gauchescos - 17/2/2012
04. 3 dicas para a escrita criativa - 12/10/2012
05. Literatura, Interação e Interatividade - 24/8/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O GRANDE AMOR DO PEQUENO VAMPIRO
ANGELA SOMMER-BODENBURG
MARTINS FONTES
(2002)
R$ 12,93



TRATADO GERAL SOBRE A FOFOCA
JOSÉ ÂNGELO GAIARSA
SUMMUS
(1978)
R$ 25,00



LÍNGUA, LITERATURA E REDAÇÃO - VOLUME 1
JOSÉ DE NICOLA
SCIPIONE
(1998)
R$ 8,00



AS FLORES DO MAL NOS JARDINS DE ITABIRA- BAUDELAIRE E DRUMMOND
GILDA SALEM SZKLO
AGIR
(1995)
R$ 18,90



LEVIATÃ: A MISSÃO SECRETA
SCOTT WESTERFELD
RECORD
(2012)
R$ 32,90



A GAROTA QUE VOCÊ DEIXOU PARA TRÁS
JOJO MOYSES
INTRÍNSECA
(2014)
R$ 38,00
+ frete grátis



NOVE NOITES
BERNARDO CARVALHO
COMPANHIA DAS LETRAS
(2004)
R$ 25,00



MANGÁ HITMAN - A SEGUNDA TEMPORADA 2
HIROSHI MUTO
SAMPA ARTE / LAZER
(2012)
R$ 14,90



CLIM SAMGUINE (2 VOLUMES/OBRA INTEGRAL) MÁXIMO GÓRKI (LITERATURA RUSSA)
MÁXIMO GÓRKI
EDITORIAL MINERVA - LISBOA
R$ 80,00



ÉTICA COMO AMOR-PRÓPRIO
FERNANDO SAVATER
MARTINS FONTES
(2000)
R$ 19,90





busca | avançada
34158 visitas/dia
737 mil/mês