Marcelo Verzoni ao piano | Digestivo Cultural

busca | avançada
58257 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Sessão Única com Jogo de Escape Game e debate do filme 'Os Bravos Nunca se Calam' em SP
>>> OBRAS INSPIRADAS DURANTE A PANDEMIA GANHAM DESTAQUE NO INSTITUTO CERVANTES, EM SÃO PAULO
>>> Sempre Um Papo com Silvio Almeida
>>> FESTIVAL DE ORQUESTRAS JUVENIS
>>> XIII Festival de Cinema da Fronteira divulga Programação
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> iPad
>>> iPad
>>> iPad
>>> Sátiro e ninfa, óleo s/ tela em 7 fotos e 4 movies
>>> poeta del vacío existencial
>>> Croft & Kidman
>>> Histórias de gatos
>>> Whitesnake, 1987
>>> Por que Dilma tem de sair agora
>>> A árvore da vida
Mais Recentes
>>> D. Pedro I (Perfis Brasileiros) de Isabel Lustosa pela Companhia das Letras (2006)
>>> Quatro Estações de Stephen King pela Objetiva (2001)
>>> Wicca Gardneriana de Mario Martinez pela Gaia (2005)
>>> O Feitiço do Cinema Ensaios de Griffe Sobre a Sétima Arte de Juan Guillermo D. Droguett e Flavio F. A. Andrade pela Saraiva (2009)
>>> Os Últimos Anos da Escravatura no Brasil de Robert Conrad pela Civilização Brasileira (1975)
>>> Recursos Hidricos - Direito Brasileiro e Internacional de Paulo Affonso Leme Machado pela Malheiros (2002)
>>> Responsabilidade Fiscal - Autografado de Kiyoshi Harada - Autografado pela Juarez de Oliveira (2002)
>>> Lugar de Medico e na Cozinha - Cura e Saúde pela Alimentação Viva de Dr. Alberto Peribanez Gonzalez pela Alaúde (2008)
>>> Jung o Mapa da Alma de Murray Stein pela Cultrix (2006)
>>> Candido Mendes : a Aventura da Consciência de Maria Isabel Mendes de Almeida pela Educam (2008)
>>> Freakonomics - o Lado Oculto e Inesperado de Tudo Que nos Afeta de Elsevier pela Campus (2005)
>>> Transmissores Para Iniciantes - 30 projetos de Newton C Braga pela Saber (1994)
>>> A Astrologia e a Psique Moderna: Um astrólogo analisa a psicologia profunda de Dane Rudhyar pela Pensamento (1986)
>>> Sistemagia de Adriano Camargo Monteiro pela Madras (2006)
>>> O Legado da Deusa de Mirella Faur pela Rosa dos tempos (2003)
>>> Pensando a Física de Mário Schenberg pela Brasiliense (1984)
>>> Les Secrets de Florence Nightingale - bibliothèque blanche de Alice Wilburstone-Payne pela Blanche (2005)
>>> A Bíblia na Linguagem de Hoje - O Novo Testamento 3ª edição. de Sociedade Bíblica do Brasil pela Sociedade Bíblica do Brasil (1975)
>>> Histologia Básica - texto/Atlas de Luiz C. Junqueira; José Carneiro pela Guanabara Koogan (2022)
>>> Quando eu Voltei, Tive uma Surpresa de Joel Rufino dos Santos pela Rocco (2000)
>>> O Atraso Econômico em Perspectiva Histórica de Alexander Gerschenkron pela Contraponto (2015)
>>> Pintando Sua Alma - método de desenvolvimento da personalidade criativa de Susan Bello pela Wak (2007)
>>> O Século XX - o tempo das crises - revoluções, fascismos e guerras volume 2 de Daniel Aarão Reis Filho; Jorge Ferreira; Celeste Zenha pela Civilização Brasileira (2000)
>>> O Massacre de Manguinhos de Herman Lent pela Edições Livres (2019)
>>> O Massacre de Manguinhos de Herman Lent pela Edições Livres (2019)
BLOG >>> Posts

Terça-feira, 20/3/2007
Marcelo Verzoni ao piano

+ de 4000 Acessos
+ 1 Comentário(s)

O pianista Marcelo Verzoni

Os aplausos efusivos que se seguiram à valsa Tristorosa, peça pouco conhecida de Heitor Villa-Lobos (1887-1959), marcaram com estilo o término do recital do pianista Marcelo Verzoni na segunda apresentação da temporada 2007 dos Concertos da Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, no domingo (18/3). Em pouco mais de 1 hora de apresentação, Verzoni e o piano só não fizeram chover, mas isso porque um temporal típico de março já castigara a cidade na última semana. Melhor dizer, então, que o virtuosismo deste músico foi capaz de atrair a atenção das pessoas para somente o que acontecia dentro do auditório da Fundação. Assim, por um breve período, o público teve os sentidos absorvidos para o palco, e mais precisamente para a performance de Marcelo Verzoni.

Com efeito, é a performance o primeiro detalhe que chama a atenção de quem assiste Verzoni ao piano. Os gestos por ele produzidos são, a um só tempo, causa e efeito de seu toque decidido, porém sempre estudado. Aqui, vale lembrar que o músico também é pesquisador de música, com mestrado e doutorado em Música Brasileira, detalhe que foi ressaltado pelo mestre de cerimônias, Gilberto Tinetti, que, bastante entusiasmado, enfatizou a importância da presença do público naquela manhã chuvosa de domingo. Feitas essas e outras considerações, Tinetti dissertou sobre a primeira parte do programa, a saber: a peça selecionada de Franz Schubert (1797-1828) e da obra escolhida de Beethoven (1770-1827).

De Schubert, um dos compositores prediletos de Tinetti, Marcelo Verzoni executou a Peça para piano D.946 nº1, sublinhando a sensibilidade não só nos momentos mais suaves, mas também com a força que se destaca graças ao virtuosismo do pianista. Entre o piano forte e o pianíssimo, o toque de Verzoni era também demarcado por suas expressões faciais e seus gestos, como que respondendo aos estímulos provocados pela sonoridade do piano. Algo semelhante ocorreu durante a apresentação da obra de Beethoven (Sonata opus 101 em Lá Menor). E nesse caso em particular, por se tratar de uma peça pouco comum aos apreciadores de música de concerto, a atenção exigida para a performance foi redobrada. Como conseqüência, o que se ouviu foi resultado (visível) de um olhar fixo na partitura, de uma concentração extraordinária e, no limite, de uma transpiração por parte de Verzoni. Tamanha dedicação, a propósito, reflete o comprometimento que o pianista tem junto à música, como ficou provado na segunda parte do concerto.

Logo após um breve intervalo, Marcelo Verzoni, conversando com a platéia, destacou as características dos autores cujas peças executaria em seguida. De Camargo Guarnieri (1907-1993), por exemplo, ressaltou a natureza das obras escolhidas, em especial o fato de uma delas prestar homenagem ao nosso poeta maior (não, não é Drummond, mas, sim, Manuel Bandeira). Em que pese tal referência, cumpre destacar a interpretação absolutamente passional de Torturado. Nesse momento, todo o auditório ficou envolvido pelo toque pungente daquele pianista que parecia ungido pela musicalidade da peça que executava. Depois, ao falar de Villa-Lobos, o músico lembrou o fato de as peças escolhidas terem sido elaboradas não para serem tocadas por crianças, mas, sim, em homenagem às crianças - uma espécie de obsessão do compositor brasileiro. Confusão desfeita, é impossível não mencionar o piano forte de Cavalinho de Papel. O grande momento, no entanto, foi no bis, quando a valsa Tristorosa foi tocada por um Marcelo Verzoni que satisfez a si e ao público ao ir além da mesmice não só no repertório, mas também no estilo que lhe é bastante peculiar.


Postado por Fabio Silvestre Cardoso
Em 20/3/2007 às 16h18


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Arte, cultura e democracia de Ana Elisa Ribeiro
02. Paulo Francis e a Petrobras de Julio Daio Borges
03. Leitura de Clássicos de Yuri Vieira
04. 7 de Setembro #digestivo10anos de Julio Daio Borges
05. 6 de Agosto #digestivo10anos de Julio Daio Borges


Mais Fabio Silvestre Cardoso no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/4/2007
23h43min
Já tive oportunidade de ouvir o Marcelo ao piano, no magnífico CD com que nos brinda com um pouco de Villa-Lobos, Guarnieri e Ernesto Nazareth, e sei exatamente a que se refere o Fabio em suas observações. Também meu professor e amigo, o Marcelo intérprete, pesquisador e formador é uma dessas almas a quem a música brasileira será, quando sã, sempre grata.
[Leia outros Comentários de Alexandre Negreiros]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Horizontes da Vida
João Nunes Maia
fonte viva
(1989)



Como Aprendi a Pensar - os Filósofos Que Me Formaram
Luiz Felipe Pondé
Planeta
(2019)



Dia a Dia Com o Evangelho 2019: Ano C - São Lucas
Paulus Editora
Paulus
(2018)



Planejamento Estratégico Empresarial
Maurício Castelo Branco Valadares
Qualitymark
(2003)



Livro - O Primo Basílio
Eça de Queirós
Nova Cultural



Relatos de Uma Alma
Dorita Moraes Barros
lacerda
(1999)



Big Bang
Heather Couper e Nigel Henbest
Moderna
(1997)



Avalon e o Graal
H. Gerenstadt
madras
(2002)



Auto da Barca do Inferno
Gil Vivente
Ftd
(1997)



Psicossomática Hoje
Julio de Mello Filho / Miriam Burd
Artmed
(2010)





busca | avançada
58257 visitas/dia
1,6 milhão/mês