Na CDHU, o coração das trevas | Digestivo Cultural

busca | avançada
48394 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 20/10/2008
Na CDHU, o coração das trevas

+ de 4200 Acessos
+ 9 Comentário(s)

Acabou mal o seqüestro perpetrado por Lindemberg em Santo André e a polícia, que poderia ter sido truculenta, matando antes o seqüestrador, acabou sendo crucificada por não agir como a ROTA da época dos grupos de extermínio.

"Bandido bom é bandido morto", diria o leitor ao ver o corpo ensangüentado de Eloá no colo de um policial, saindo do cativeiro. Mas até que ponto uma reação amalucada, desencadeada por um jovem de vinte e dois anos, infantil como a ex-namorada seis anos mais nova, pode qualificá-lo para uma vaga em frente ao rifle de um atirador de elite?

O cenário dificultava a ação policial. Quem imaginaria que um seqüestro em um apartamento da CDHU repercutiria tanto? Se a polícia nunca apareceu por lá para reprimir o tráfico de drogas que ganha vinte mil reais a cada dois dias, por que apareceria para dar cabo da vida de um maluco? Centenas de pessoas cercavam o condomínio aguardando o desfecho do caso. Um apartamento minúsculo, no segundo andar de um prédio, com uma única entrada e paredes finas impossibilitava a aproximação silenciosa dos agentes policiais. A negociação com Lindemberg fora interrompida por diversos interessados que não eram do ramo, com papo-furado, cheios de boas intenções para tentar convencer um louco a agir com bom senso. As redes de tevê fechavam o cerco a todo momento. "Lindemberg já correu o Código Penal, disse o Delegado daqui", "O Promotor veio garantir a aplicação da lei e a integridade física de Lindemberg".

Era necessário lembrar o seqüestrador, enquanto ele apontava a arma carregada para as vítimas, de que seria preso ao final?

Tragédia. Num primeiro momento a vingança de Lindemberg era contra a namorada. Depois das entrevistas catastróficas às redes de tevê, sua personalidade liberou a raiva contra toda a sociedade. Ele não reconhecia mais as reféns como as únicas vítimas. Decidiu apontar a arma contra o telespectador. "Vocês vão sofrer". "Pode avisar todo mundo que vai acabar mal"."O diabinho tá duelando com o anjinho aqui". Mesmo assim, as câmeras injetavam ainda mais veneno nas veias do sujeito, junto com a adrenalina que fluía a cada estocada de interrupção da programação pelas emissoras.

Nem as vítimas foram poupadas do picadeiro. Os corpos furados de bala, deformados e derramando sangue foram perseguidos pelos cinegrafistas, do condomínio ao hospital, até dentro das ambulâncias. Demonstrações lamentáveis de insensibilidade e desrespeito com os envolvidos.

A polícia errou ao permitir a recaptura da refém e só. Afinal, existe sincronismo capaz de superar a intempestividade de um maluco?

Vale lembrar um aforismo de G. K. Chesterton: "O jornalismo consiste em dizer que 'Lorde Jones morreu' para pessoas que não sabiam que Lorde Jones estava vivo".

Antes de apontar os culpados do caso, leitor, reflita se você conhece o ambiente em que ocorreu a tragédia de Santo André.

Nota do Editor
Leia também "A Brasilianização do Mundo".


Postado por Vicente Escudero
Em 20/10/2008 às 12h49


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Livro Alma Brasileira de Julio Daio Borges
02. Steve Jobs em 1997 de Julio Daio Borges
03. Estratégia Econômica Governo de Julio Daio Borges
04. Eu ganhei tanta coisa perdendo de Julio Daio Borges
05. Harvard: o que não se aprende de Julio Daio Borges


Mais Vicente Escudero no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/10/2008
08h35min
A luta pela segurança, passa pelo preparo dos servidores, pela melhor condição salarial, pois o servidor está pra servir e fazer cumprir o direito de todo o cidadão. Porém no nosso estado privatista, o despreparo é evidente, o estado está sucateado e a ação dos agentes de segurança, no momento de um resgate, apresenta-se falha. Graças ao inoperante governamental.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias]
23/10/2008
09h31min
Existe uma clara confusão ideológica quando se trata desse assunto. Fato que se constata no início do seu texto, quando você cita a frase "bandido bom é bandido morto"... Essa é uma frase típica da direita (dos que são propositalmente de direita, e dos que são sem nem saber o que é direita). Porém, neste caso, a morte do rapaz era uma alternativa, sim, independente de posicionamento ideológico.
[Leia outros Comentários de Carmelo Cañas]
23/10/2008
10h48min
Estas são as estatísticas da atuação do GATE em São Paulo, segundo a Folha. Duvido que em qualquer outro lugar do mundo exista uma polícia com um índice tão bom quanto este: apenas duas vítimas e 344 reféns libertados, em 10 anos: "Segundo estatística passada pelo governo do Estado, nos últimos 10 anos, o Gate intermediou negociações em 119 casos de cárcere privado no Estado de São Paulo. Sete criminosos se mataram e 156 foram detidos. O total de reféns libertados foi de 344. Antes de Eloá o único caso em que uma pessoa morreu após ser mantida refém --em negociações intermediadas por agentes do Gate-- foi no ano de 2006." Se a polícia errou, deve haver punição. Agora, dizer que o GATE é despreparado, é desinformação, coisa de quem acredita no método de atuação 'Collin Farrel', como no filme SWAT, em que a polícia quase aniquila Los Angeles para transferir um preso... É alentador saber que a polícia de elite de São Paulo não mata à toa...
[Leia outros Comentários de Vicente Escudero]
23/10/2008
11h05min
Não vi, em nenhum lugar a mídia, o comentário sobre o crime contra a mulher que foi perpetrado ali. Já foi dito, "um crime contra uma mulher, é uma crime contra todas as mulheres do mundo", o fato da jovem querer exercer seu direito de escolha do parceiro a condenou à morte. Quantas ainda vão ser necessárias para servir de alerta contra o massacre contra as mulheres?
[Leia outros Comentários de Edson Bueno de Camar]
23/10/2008
13h52min
Claramente a Polícia Militar errou. Não havia sincronia e linearidade na ação policial, como tais situações demandam, de forma que tudo foi feito ao sabor de impulsos momentâneos, absolutamente de improviso. Não demorava muito para entrar um vendedor de algodão doce na cena do crime. Sem contar o crime de lesão corporal dolosa que cometeram na amiga de Eloá. Sou da opinião que, se você não sabe fazer alguma coisa, pergunte a quem sabe. Certamente o GATE não é o grupo mais especializado em situações com reféns em São Paulo. Cito o GER, da Polícia Civil, cujos integrantes têm treinamento na Polícia de Israel. Por isso, acredito em tudo que o especialista da SWAT falou. Fosse a minha filha, poderia até ter o porte físico do Rei Momo, desde que a tirasse de lá.
[Leia outros Comentários de Ronaldo Lourenço]
23/10/2008
16h46min
É, Ronaldo, só que as estatísticas, até agora, são completamente favoráveis ao GATE. Ser eficiente não significa ser perfeito. Ah, sem dúvida, os vendedores de algodão doce estavam lá aos montes, palpitando...
[Leia outros Comentários de Vicente Escudero]
23/10/2008
17h56min
Sobrevivemos num país extremamente violento; no dia-a-dia convivemos com a violência e, desafortunadamente, NOS CALAMOS. A questão da violência no Brasil deveria ser a primeira pauta em nossa agenda de reflexão. Há muitas Elóas, amigas, irmãos e pais neste momento convivendo com o inimigo, sem possuir a mínima noção das prováveis tragédias que experienciarão. E com respeito a qualquer julgamento pessoal sobre a recente tragédia, sugiro que, em primeiro lugar, nos desnudemos de toda aparência de normalidade para que possamos avaliar o grau de vulnerabilidade a que estamos expostos em termos de violência.
[Leia outros Comentários de Sílvio Medeiros]
23/10/2008
22h22min
Estamos na era da cultura da bunda, do rosto bonito, da dança sensual. Somente lembramos das mazelas dos nossos governantes quando alguma tragédia de repercussão nacional acontece. Nesses momentos, é fácil distinguir as nossas maiores necessidades. Quem é o culpado pela tragédia que acometeu à família da adolescente Eloá? São os policiais mal remunerados, mal preparados por falta de investimentos, estressados ou os governantes que deveriam zelar para que nenhuma dessas deficiências existissem? Caros senhores, está na hora de refletirmos sobre a nossa sociedade que já ruiu há muito tempo. Enquanto tivermos professores recebendo nada, médicos mal remunerados, policiais recebendo míseros salários e o brasileiro, em geral, precisando de algum tipo de "esmola" dos governos (cheque cidadão, cheque leite, cheque o c****** a quatro), o Brasil não vai se livrar dos Lindembergs da vida.
[Leia outros Comentários de Edvaldo Sampaio ]
28/10/2008
13h12min
Isso, Vicente, porque o GATE assume todas as ocorrências. É notável que em 90% dos crimes cometidos em São Paulo a Polícia Militar chega primeiro. Qualquer popular liga primeiro para a Polícia Militar diante de um crime. Você consegue imaginar um oficial da PM, diante de uma situação com reféns, reconhecer que a Polícia Civil tem um grupo melhor preparado do que eles. Os caras quase se mataram semana passada. Lógico que a PM vai acionar o GATE e abraçar a situação. Mas que o GER é melhor, isso com certeza. Pouco contato com os líderes dos dois grupos - GATE e GER - já apontam a diferença gritante no nível de preparo entre eles.
[Leia outros Comentários de Ronaldo Lourenço]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NOSSOS ÍNDIOS
EDILSON MARTINS
CODECRI
(1981)
R$ 15,00



CONTINUUM - COMO FUNCIONA O CÉREBRO
FRANCISCO MORA
ARTMED
(1998)
R$ 84,00



COMENTÁRIOS AO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL - VOLUME 4
REIS FRIEDE
FORENSE
(1997)
R$ 35,00
+ frete grátis



MARLON BRANDO - A FACE SOMBRIA DA BELEZA
FRANÇOIS FORESTIER
OBJETIVA
(2014)
R$ 25,00



A ÁRVORE QUE DAVA DINHEIRO/ VAGA- LUME
DOMINGOS PELLEGRINI/ ILUSTRAÇÕES: NAKAZONI
ÁTICA/ SP.
(1993)
R$ 29,90



DEPOIS DO SILÊNCIO
RAUL MARQUES
7LETRAS
(2009)
R$ 4,80



ALIMENTAÇÃO IOGA PSICANALISE
ANTENOR BATISTA
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1970)
R$ 12,00



THE DICTATOR S SHADOW
HERALDO MUNOZ
BASIC BOOKS
(2008)
R$ 110,00



MÉTODOS NA PSICOLOGIA
MAURICE REUCHLIN
TEOREMA
(1986)
R$ 11,16



MESTRES DO COMANDO
BARRY STRAUSS
LEYA
(2014)
R$ 27,00





busca | avançada
48394 visitas/dia
1,1 milhão/mês