Cenas do bar - Juvenal e Marcela | Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ

busca | avançada
40230 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOGS >>> Posts

Quarta-feira, 27/5/2015
Cenas do bar - Juvenal e Marcela
ANDRÉ LUIZ ALVEZ

+ de 600 Acessos

No sagrado ano de 1986, a nossa turma costumava se reunir nos finais de semana na casa do Juvenal, que era o diferente, o único que tinha boa situação financeira, já que o pai era dono de um grande depósito de construção. A cerveja era farta e a música de boa qualidade. Juvenal falava pouco, às vezes baixava a cabeça, não por falsidade, mas por timidez, nem mesmo depois do sétimo copo de cerveja conseguia se soltar. Chico não gostava dele. Falava num tom de voz assombradamente alto que o considerava psicopata, para desespero do resto da turma que temia que Juvenal o escutasse. Chico sempre foi assim, fala o que lhe vêm na cabeça, usa um grau de sinceridade difícil de acompanhar e que muitas vezes machuca. Do meu lado, eu percebia no Juvenal apenas um amigo carente de atenção e lhe dava ouvidos a todos os seus queixumes. Fui o primeiro que ele segredou, mantido um brilho estranho no olhar, a paixão arrasadora que sentia por uma de nossas amigas, a Marcela, uma menininha pouco atraente, extremamente magricela e que mantinha os cabelos loiros sempre curtos e repartidos ao meio. De longe, parecia um menino. Contou o segredo apenas para mim que tentei encorajá-lo ir adiante, falar diretamente com a Marcela, que não tinha namorado e muitas vezes, também se mostrava carente. O conselho foi ouvido com total atenção e um tremor no braço, que subiu para o queixo. Logo a fala do meu amigo secou e tudo que ele conseguia era beber goladas de cerveja em busca de coragem que não conseguiu obter. E os sábados foram passando no mesmo ritmo. Juvenal entregue à paixão que calava, enquanto Marcela mantinha a vista um tanto perdida no horizonte. Certa vez o Chico chegou com um disco novo que logo colocou na vitrola. Era uma linda música romântica. Juvenal tomou dois goles seguidos de cerveja e se levantou em direção da Marcela que o encarou surpresa, abrindo exageradamente os olhos. Os passos do Juvenal pesavam chumbo, Marcela olhou para um lado, depois para o outro, como um animal indefeso prestes a ser abatido. Quando faltavam três ou quatro passos, rápido feito um relâmpago, Chico cortou o caminho e tirou a Marcela para dançar. A música era tão linda que contive o palavrão que estava pronto na minha boca. Juvenal recuou até o seu canto solitário, acendeu um cigarro e ficou olhando a cena. Chico apertava o quadril magro de Marcela e encostava o rosto da barba mal feita na pele macia de moça, que logo enrubesceu. Caminhei para perto do Juvenal, os olhos baixados, a fumaça do cigarro apagando o seu rosto. Quando pressentiu a minha chegada, disse com a voz embargada: - Essa será a nossa canção, minha e da Marcela. Ela ainda será minha esposa. O tempo passou depressa e menos de três anos depois, lá estava novamente o meu amigo Juvenal, o mesmo rosto sofrido, o cigarro como único companheiro, o corpo encostado na mureta da casa da Marcela. - Não fique assim, Juvenal. As pessoas já estão percebendo... - Eu quero que as pessoas e o mundo se danem! Ela não tinha o direito de se casar com outro. Chico apareceu no instante seguinte e tentou ajudar no seu jeito rude, incontrolavelmente sincero: - A culpa é sua, Juvenal. Esse tempo todo e nunca se declarou pra Marcela. Ela cansou de esperar. Os olhos do Juvenal faiscaram raiva: - Quando tive coragem, você a tirou pra dançar na minha frente! Chico ficou quieto por segundos. Depois respirou fundo, tragou o cigarro e ajeitou o corpo. - Não fiz por querer. E ela me deu bronca, disse que queria dançar com você. Juvenal arregalou os olhos. - E você nunca me contou isso? E a sinceridade do Chico ecoou em nossos ouvidos. - Eu não gostava de você. Sempre achei que fosse um psicopata. Agora vejo que me enganei. Ficamos em silêncio enquanto a noiva Marcela, de dentro da casa, acenava para nós. - Ei vocês, venham pra dentro que o baile vai começar. - Vocês conhecem o noivo? — eu disse, rompendo o silêncio — - Trabalha num banco... Eu acho. — respondeu acanhado o Chico enquanto dava dois tapas nas costas do Juvenal. Dirigimos-nos para dentro da casa e a música que tocou, numa cruel coincidência, foi aquela mesma que o Juvenal escolheu para ele e a Marcela. Troquei olhares com o Chico. Depois fitamos o Juvenal e tudo o que ele conseguiu falar foi uma frase curta: - Eu adoro essa música. https://www.youtube.com/watch?v=8WH7xv0WW-0

Postado por ANDRÉ LUIZ ALVEZ
Em 27/5/2015 às 10h10


Mais Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MADAME BOVARY
GUSTAVE FLAUBERT
MARTIN CLARET
(2010)
R$ 10,00



A VIDA FRUTÍFERA OITO ESTUDOS CHAVES SOBRE A VIDA CRISTÃ
NÃO CONSTA
SEPAL
(1995)
R$ 5,00



DISCURSOS FORA DA CAMARA
ALCINDO GUANABARA
LIVRARIA
(1911)
R$ 40,00



POR QUE OS HOMENS FAZEM SEXO E A MULHERES FAZEM AMOR?
ALLAN E BARBARA PEASE
SEXTANTE
(2000)
R$ 5,00



DICIONARIO MEDICO DORLAND POCKET - ING./PORT.
W. A. NEWMAN DORLAND
ROCA
(1995)
R$ 10,50



O CAOS NOSSO DE CADA DIA
CARLOS EDUARDO NOVAES
NORDICA
(1978)
R$ 7,00



ESPÍRITO DE COOPERAÇÃO NO TRABALHO
JACK CANFIELD E OUTROS
CULTRIX
(2003)
R$ 36,65
+ frete grátis



POUR DIMINUER LE RISQUE OPÉRATOIRE
DUPUY DE FRENELLE
A MALOINE ET FILS
(1924)
R$ 24,50



CONEXÕES COM A HISTÓRIA VOL, 2 - DA COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA AO SÉCULO XIX
ALEXANDRE ALVES
MODERNA
(2010)
R$ 7,80



O MANUSCRITO SECRETO DE MARX
ARMANDO AVENA
CASARÃO DO VERBO
(2011)
R$ 29,30
+ frete grátis





busca | avançada
40230 visitas/dia
1,3 milhão/mês