Uma História da Tecnologia da Informação- Parte 6 | Blog de Claudio Spiguel

busca | avançada
37883 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Lobato e os amigos do Brasil
>>> A Promessa da Política, de Hannah Arendt
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Luciano do Valle (1947-2014)
>>> Por que as velhas redações se tornaram insustentáveis on-line
>>> Ação Social
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> forças infernais
>>> 20 de Abril #digestivo10anos
>>> Pensando sozinho
Mais Recentes
>>> A Arvore dos Anjos de Lucinda Riley pela Arqueiro (2017)
>>> A Herdeira da Morte de Melinda Salisbury pela Fantastica Rocco (2016)
>>> Uma Gentileza por Dia de Orly Wahba pela Benvira (2017)
>>> Eu sou as Escolhas que Faço de Elle Luna pela Sextante (2016)
>>> Coroa Cruel - Série a Rainha Vermelha de Victoria Aveyard pela Seguinte (2016)
>>> Sade em Sodoma de Flávio Braga pela BestSeller (2008)
>>> Curso de Filosofia em Seis Horas e Quinze Minutos de Witold Gombrowicz pela José Olympio (2011)
>>> O pequeno Principe de Antoine de Saint Exupery pela Agir (2009)
>>> Zoloé e Suas Duas Amantes de Marquês de Sade pela Record (1968)
>>> Expressões Diante do Trono de Ministério de Louvor Diante do Trono pela Diante do Trono (2003)
>>> A separação dos amantes - uma fenomenologia da morte de Igor Caruso pela Cortez (1989)
>>> Os Titãs / A Saga da Família Kent (Volume V) de John Jakes pela Record/ RJ.
>>> A Universidade em Ritmo de Barbárie de José Arthur Giannotti pela Brasiliense (1986)
>>> A Mulher Só de Harold Robbins/ (Tradução) Nelson Rodrigues pela Record/ RJ.
>>> Dependência e desenvolvimento na América Latina - ensaio de interpretação sociológica de Fernando Henrique Cardoso e Enzo Faletto pela Zahar (1970)
>>> Tubarão de Peter Benchley pela Nova Cultural (1987)
>>> O Titã de Fred Mustard Stewart pela Record
>>> O Beijo da Mulher Aranha de Manuel Puig pela Codecri/ RJ. (1981)
>>> A Traição de Rita Hayworth/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1993)
>>> Boquitas Pintadas/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1988)
>>> Kit De Estudo Para Concursos: Só concursos (3 CDs + Folheto) + Guia do Concurseiro + Redação para Concursos de Equipe Mundial Editorial pela DCL - difusão cultural do livro (2016)
>>> Numa Terra Estranha de James Baldwin pela Rio Gráfica (1986)
>>> 1934 de Alberto Moravia pela Rio Gráfica (1986)
>>> Mil Platôs Vol. 1 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca/RJ. (2007)
>>> Mil Platôs Vol. 2 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> Mil Platôs Vol. 3 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2012)
>>> Ajin - Demi-Human #01 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #02 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #03 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Incendio de Troia (capa dura couro) de Marion ZimmerBradley pela Circulo do Livro/ SP. (1994)
>>> Ajin - Demi-Human #04 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #05 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #06 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #07 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #08 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #09 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Nova Cultural (1987)
>>> Ajin - Demi-Human #10 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Ajin - Demi-Human #11 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Estratégia da Decepção de Paul Virilio pela Estação Liberdade (2000)
>>> Ajin - Demi-Human #12 de Gamon Sakurai pela Panini (2019)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1989)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #10 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #09 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #08 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Festa Sob as Bombas - Os Anos Ingleses de Elias Canetti pela Estação Liberdade (2009)
>>> Fort of Apocalypse #07 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
BLOGS >>> Posts

Quinta-feira, 2/7/2015
Uma História da Tecnologia da Informação- Parte 6
Claudio Spiguel

+ de 1300 Acessos

Parte 6: Lembro aos leitores e leitoras que não leram Partes 1 - 5, que vocês podem acessá-las "clicando" no Mais Claudio Spiguel aí embaixo no rodapé do texto.

Antes de retomar a viagem a partir do começo da minha carreira nos Estados Unidos (12/1978), vale a pena enfatizar as consequências do Programa FLORA (o tal banco de dados de recursos naturais a nível nacional - ver Parte 5) de 1976 a 1978. Trouxemos o sistema operacional MTS - Michigan Terminal System, com o programa TAXIR, para o Brasil em 1977. Com ele veio o conceito de "time-sharing", primeiro sistema a incorporá-lo no Brasil. Ao chegarmos soubemos que a verba para "hardware" em qualquer solução havia sido negada pela então máquina de dizer NÃO do governo para importação de artigos de informática, a infame SEI - Secretaria Especial de Informática.

O time treinado em Ann Arbor para operação do sistema MTS incluiu um técnico da EMBRAPA, que estava interessada no uso do programa TAXIR para montar um banco de características genéticas de sementes, e a EMBRAPA possuía um computador IBM 370, sucessor mais poderoso dos IBM 360, no qual podíamos adaptar o MTS pela similaridade com os computadores Amdahl, conforme descrito na Parte 5.



E assim foi feito, mas conforme dito anteriormente, havia uma resistência do status quo, a turma do processamento em "batch", e o máximo que conseguimos foi uma hora de processamento na máquina durante a madrugada (2:30 às 3:30 da matina!), horário ideal para pessoas casadas há 5 anos, como eu... (risos)... mas o conhecimento da operação do sistema MTS residia com o nosso time, portanto tínhamos que, fisicamente, estar presentes para operar a máquina. Foram longas madrugadas...

Fizemos um contrato com o SERPRO para a digitação dos dados taxonômicos dos espécimes existentes nos herbários importantes dos Institutos de Botânica de São Paulo e do Rio de Janeiro, o INPA em Manaus, e o Museu Goeldi em Belém, e produção de fitas magnéticas com esses dados. Durante as madrugadas, nós operando o sistema operacional MTS no IBM 370 da EMBRAPA, o programa TAXIR lia essas fitas e codificava os dados, montando o banco de dados tão almejado. E como não dispúnhamos de verba (maldita SEI!!) para terminais e conexões, produzíamos um Catálogo Semanal com TODOS os espécimes catalogados, e o distribuíamos pelo correio não só para as organizações de origem, mas também para muitas outras Universidades e Institutos de Pesquisa que desejavam referenciar, ou solicitar empréstimo de espécimes para determinados estudos ou pesquisas.

Essa era uma solução MUITO aquém das visionárias imaginadas no início do projeto, porém um passo gigantesco, segundo os próprios pesquisadores das áreas de Botânica e Zoologia, que antes só teriam acesso àquelas coleções se visitassem pessoalmente as organizações de origem dos dados, e mesmo assim, sem uma visão completa de todos os espécimes existentes em todas as coleções. Era também possível, pela primeira vez, submeter questões ao time do projeto buscando subconjuntos de espécimes obedecendo um determinado conjunto de características expressado em álgebra booleana, o que era, na verdade, a vantagem principal de ter os dados codificados pelo programa TAXIR; por exemplo, podíamos submeter ao programa TAXIR perguntas como: Quais os espécimes catalogados de um determinado Gênero e uma determinada Família?, ou Quais os Gêneros representados no banco de dados por espécimes que apresentam folhas cordiformes (formato de coração)? As respostas às perguntas submetidas acompanhavam o próximo Catálogo Semanal. Os pesquisadores estavam simplesmente maravilhados com o serviço prestado.

Foi, no entanto, a consequência não almejada que acabou marcando época na história da computação no Brasil. Consciente do progresso representado pelo conceito de "time-sharing", contatamos os pesquisadores nas áreas de Física e Matemática da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Praia Vermelha), que também possuía um computador IBM 370, e quando eles se deram conta do que era possível fazer com o sistema operacional MTS operando o computador da Universidade para as suas pesquisas, eles o levaram para lá, e essa foi a pedra fundamental do que hoje é o Instituto de Matemática Aplicada daquela Universidade, reconhecidamente uma das mais prolíficas e produtivas entidades de pesquisa em Matemática e Ciência de Computação da América Latina. O conceito de "time-sharing" havia chegado ao Brasil.

Em 26 de Dezembro de 1978, saí do Brasil (Rio 40 graus) com minha família (esposa e 4 filhos, idades 5, 4, 3 e 1 - descobrimos que não tínhamos mãos suficientes para eles e a bagagem de mão na escada rolante do aeroporto!) rumo a Ann Arbor, para iniciar nossos estudos de pós-graduação na Universidade de Michigan. Aterrissamos em Detroit, aeroporto mais próximo de Ann Arbor, no dia 27 (-5 graus, neve pelos joelhos...). O uso do computador Amdahl da Universidade também era ainda em "batch" - entrada em cartões perfurados, saída dias depois em listagens de papel contínuo, mas no Centro de Computação da Universidade já havia a pesquisa com o MTS que eu havia visto, e nos anos que se seguiram, houve uma explosão no campus de aparecimento de terminais IBM tipo 3270 (ver Parte 5) para o uso da máquina em "time-sharing".



Como eu já disse, uma verdadeira REVOLUÇÃO no uso do computador. E eu tive a sorte de estar lá, presente, para participar dessa revolução, dessa viagem fantástica que ora tenho o privilégio de compartilhar com vocês.

Os terminais, no entanto, só decentralizavam a entrada de dados e a saída de resposta, mas não a capacidade de processamento. Por isso, esses terminais eram conhecidos como "Dumb Terminals" - Terminais BURROS! Mas os caminhos da MINIATURIZAÇÃO lançados pela invenção do transistor nos anos 50, e os caminhos da COMUNICAÇÃO lançados pela digitização da voz humana nos anos 60, e os conceitos de rede no ambiente militar americano nos anos 70 provocaram uma inevitável DISTRIBUIÇÃO da capacidade de processamento para os terminais, que se tornaram os "personal computers", os computadores pessoais que apareceram no início dos anos 80, e evoluíram aos poderosos "desktops" e "laptops" de hoje.



A Parte 7 conta esse pedaço da história. Não percam a continuação da nossa viagem fantástica.


Postado por Claudio Spiguel
Em 2/7/2015 às 19h42


Mais Blog de Claudio Spiguel
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LIVRE DE CAVE ET DE DÉGUSTATION
L ATELIER DU VIN
L ATELIER DU VIN
(2000)
R$ 110,00



PRELÚDIO DA CACHAÇA - ETNOLOGIA, HISTÓRIA E SOCIOLOGIA DO AGUARDENTE
LUIS DA CAMARA CASCUDO
ITATIAIA
(1986)
R$ 20,00
+ frete grátis



NA MIRA DO VAMPIRO SÉRIE VAGA LUME
LOPES DOS SANTOS
ÁTICA
(2006)
R$ 11,00



DA NACIONALIDADE: BRASILEIROS NATOS E NATURALIZADOS
WILBA LÚCIA MAIA BERNARDES
DEL REY (BH)
(1996)
R$ 28,82



ONDE ESTÁ OSAMA BIN LADEN?
MORGAN SPURLOCK
INTRINSECA
(2008)
R$ 10,00



WRITING WITH A PURPOSE
MCCARIMMON
HM CO
(1967)
R$ 12,00



AS CONSEQÜÊNCIAS MORAIS DO CRESCIMENTO ECONÔMICO
BENJAMIN M. FRIEDMAN
RECORD
(2009)
R$ 15,00



BREVÍSSIMA INTRODUÇÃO A SOCIOLOGIA CRÍTICA
GILSON DANTAS E OUTROS
ISKRA
(2013)
R$ 20,00



MEMÓRIAS DE UM SARGENTO DE MILÍCIAS
MANUEL ANTÔNIO DE ALMEIDA
FTD
R$ 13,50



O TEMPLO DA AURORA
YUKIO MISHIMA
EDITORA BRASILIENSE
(1988)
R$ 30,00





busca | avançada
37883 visitas/dia
1,3 milhão/mês