Intervenção, como pedir o que já existe | Blog de Marco Garcia

busca | avançada
47273 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Talvez...
>>> 2007 e os meus CDs ― Versão Internacional 1
>>> A felicidade, segundo Freud
>>> Memória das pornochanchadas
>>> Magia além do Photoshop
>>> Meu Telefunken
>>> Meu Telefunken
>>> Vida Virtual? Quase 10 anos de Digestivo
>>> Sombras Persas (X)
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Mais Recentes
>>> Charlottes Web de E. B. White / Garth Williams pela Harper USA (1992)
>>> Charlottes Web de E. B. White / Garth Williams pela Harper USA (1992)
>>> Charlottes Web de E. B. White / Garth Williams pela Harper USA (1992)
>>> Fotoleitura de Paul R. Scheele pela Summus (1995)
>>> O Rosto Materno de Deus de Leonardo Boff pela Vozes (2000)
>>> Terapia do Abraço 2 de Kathleen Keating pela Pensamento (2012)
>>> História Resumida da Civilização Clássica - Grécia/Roma de Michael Grant pela Jorge Zahar (1994)
>>> Cães de Guerra de Frederick Forsyth pela Record (1974)
>>> Jogo Duro de Mario Garnero pela Best Seller (1988)
>>> Psicologia do Ajustamento de Maria Lúcia Hannas, Ana Eugênia Ferreira e Marysa Saboya pela Vozes (1988)
>>> Uma Mulher na Escuridão de Charlie Donlea pela Faro (2019)
>>> Pra discutir... e gerar boas conversas por aí de Donizete Soares pela Instituto GENS (2015)
>>> Educomunicação - o que é isto de Donizete Soares pela Projeto Cala-boca já morreu (2015)
>>> Ficções fraternas de Livia Garcia-Roza - organizadora pela Record (2003)
>>> Prisioneiras de Drauzio Varella pela Companhia das Letras (2017)
>>> O diário de Myriam de Myriam Rawick pela Dark Side Books (2018)
>>> Contos de Rubem Fonseca pela Nova Fronteira (2015)
>>> Notícias - Manual do usuário de Alain de Botton pela Intrínseca (2015)
>>> Um alfabeto para gourmets de MFK Fisher pela Companhia das Letrs (1996)
>>> Os Mitos Celtas de Pedro Paulo G. May pela Angra (2002)
>>> A vida que ninguém vê de Eliane Brum pela Arquipélago Editorial (2006)
>>> As Cem Melhores Crônicas Brasileiras de Joaquim Ferreira dos Santos - organizador pela Objetiva (2007)
>>> O tigre na sombra de Lya Luft pela Record (2012)
>>> Elza de Zeca Camargo pela Casa da Palavra (2018)
>>> Sexo no cativeiro de Esther Perel pela Objetiva (2007)
>>> O clube do filme de David Gilmour pela Intrínseca (2009)
>>> Coisa de Inglês de Geraldo Tollens Linck pela Nova Fronteira (1986)
>>> As mentiras que os mulheres contam de Luis Fernando Veríssimo pela Objetiva (2015)
>>> Equilíbrio e Recompensa de Lourenço Prado pela Pensamento
>>> Cadernos de História e Filosofia da Ciência de Fátima R. R. Évora (org.) pela Unicamp (2002)
>>> Revista Internacional de Filosofia de Jairo José da Silva (org.) pela Unicamp (2000)
>>> Dewey um gato entre livros de Vicki Myron pela Globo (2008)
>>> Ilha de calor nas metrópoles de Magda Adelaide Lombardo pela Hucitec (1985)
>>> Sua santidade o Dalai Lama de O mesmo pela Sextante (2000)
>>> Meninas da noite de Gilberto Dimenstein pela Ática (1992)
>>> Paulo de Bruno Seabra pela Três (1973)
>>> Grandes Enigmas da Humanidade de Luiz C. Lisboa e Roberto P. Andrade pela Círculo do livro (1969)
>>> A História de Fernão Capelo Gaivota de Jonathan Seagull pela Nórdica (1974)
>>> Os Enigmas da Sobrevivência de Jacques Alexander pela Edições 70 (1972)
>>> Mulheres visíveis, mães invisíveis de Laura Gutman pela Best Seller (2018)
>>> Construir o Homem e o Mundo de Michel Quoist pela Duas cidades (1960)
>>> Vida Positiva de Olavinho Drummond pela Olavinho Drummond (1985)
>>> Força para Viver de Jamie Buckingham pela Arthur S. DeMoss (1987)
>>> Consumidos de David Cronemberg pela Alfaguara (2014)
>>> Viver é a melhor opção de André Trigueiro pela Correio Fraterno (2015)
>>> O Caso da Borboleta Atíria de Lúcia Machado de Almeida pela Ática (1987)
>>> Cânticos de Cecília Meireles pela Moderna (1995)
>>> Caminho a Cristo de Ellen G. White pela Cpb - Casa Publicadora Brasileira (2019)
>>> Um Estranho no Espelho de Sidney Sheldon pela Nova Cultural (1986)
>>> Le Divorce de Diane Johnson pela Record (1999)
BLOGS >>> Posts

Segunda-feira, 14/9/2015
Intervenção, como pedir o que já existe
Marco Garcia

+ de 700 Acessos

Em um dos morros da cidade do Rio de Janeiro mora Geraldo, 34 anos, de cor parda, casado, três filhos. Duas casas mais à direita, reside Celso, 16 anos, negro, mamorando, sem filhos. Por coincidência, ambos saíram de suas residências ao mesmo tempo, naquele início de manhã de domingo, em agosto de 2015.

- Coé, Celso, na paz? - Geraldo cumprimenta o vizinho, filho de um de seus parceiros de sinuca no bar do seu Arlindo, que fica na esquina da Rua Getúlio Vargas.

- Tudo certo, Geraldão - respondeu ainda sonolento, tentando adivinhar o que o colega de bairro levava, todo santo dia, naquela mochila azul. E que chaveiro estranho, parece um passarinho, um galo, sabe-se lá. Não sabia o nome, mas de uns tempos para cá a figura daquele bicho surgira em cartazes e muros da comunidade. Tem um bico enorme e curvado.

Geraldo desceu o morro para esperar a bendita carona que o levaria ao trabalho; Celso dobrou na primeira viela, à esquerda, em direção à padaria onde marcara com os amigos, na noite anterior. Avistou apenas dois.

- Salve, rapaziada. O dia promete. Lelé, trouxe as ferramentas?

- Missão dada é missão cumprida, Celso. Já é, 'tá' tudo aqui.

- E tu, Félix, conseguiu tirar da cabeça da Belinha de nos acompanhar? Nosso rolê hoje vai ser pesado, a chapa é quente.

- Ela ficou desconfiada, Celsinho, mas depois aceitou. Também, dei 20 paus para ela arrumar o cabelo na Judite - disse Félix, com semblante de menino esperto.

- Fez bem. Caralh... Cadê a porra dos outros muleques? Os caras não têm disciplina, nunca chegam na hora marcada - reclamou um chateado Celso, depois de chutar uma lata vazia de cerveja, esquecida por um transeunte qualquer.

- Dá um dez, brou. Eles já chegam - minimizou Félix.

Dez minutos depois do esporro, o bonde de 20 garotos, faixa etária entre 14 e 17 anos, também desceu o morro e pegou o circular, seguindo para a Zona Sul.

- Puta ônibus zuado, 'mó' carroça. E 'tá' parecendo uma sauna. Ê condutor, dá para ir mais rápido não? - reclamou Celso, bolado e já impaciente.

- Ei, estou fazendo o favor de levar vocês no "meu ônibus". Fica de boa. Além disso, não dá para correr, tem uma blitz logo à frente - respondeu, bravo, o motorista, que desde às 4 da madrugada batia lata nas ruas.

- Mais essa, disse Félix. Não tem como desviar dos alemão não?

- Claro que não. Vixe, mandaram encostar.

- Bom dia, cidadão, como está essa força? Dá licença para eu conferir que tipo de contingente o senhor está levando para a praia, solicitou educadamente o policial ao motorista.

Sentado no último banco do ônibus, Celso não acreditou quando reconheceu o distinto PM.

- PQP! O Geraldão é alemão? Quer dizer que o misterioso volume que ele carrega na mochila é a farda da corporação? Caraca, que maluco estranho - pensou Celso.

Mesmo prestes a ser abordado, ao se deparar com o vizinho travestido de defensor da lei, ficou tranquilo.

- Deu ruim. Quero todos os vida loka fora do coletivo. Vamos, rala, e no sapatinho - ordenou um truculento Geraldo.

- Nossa, como o Geraldão é sangue ruim fora do morro, não conhecia esse lado dele não - se assustou Celso.

- Coé, Geraldão! - ele gritou lá do fundo, na esperança de ser bem tratado quando fosse reconhecido. Libera aí, temos hora para chegar.

Geraldo fuzilou Celso com o olhar e caminhou lentamente em sua direção. Quando viu a mão do garoto estendida para um cumprimento, deu-lhe um tapa de peso equivalente a 1 tonelada no seu rosto.

- Geraldão é o cacete, seu FDP. Para você eu sou o Tenente Geraldo Ramos. Vai, pega suas porcarias e desce com a sua quadrilha para fora da porra desse ônibus.

Sem acreditar na reação do até então pacato morador do morro, Celso pegou o saco com as camisas e a bola e saiu do ônibus, alisando a marca de dedos que o tapa lhe deixara entre a boca e o ouvido esquerdo.

- Seguinte, gritou Geraldo, a ordem do governador é barrar na fonte a ação da geral que desce o morro para tocar o terror nas praias, tirando o sossego dos cidadãos de bem que curtem o dia ensolar...

Antes de terminar seu raciocínio, o Tenente Geraldo Ramos ouviu aplausos e gritos de apoio vindos do interior do veículo.

- Isso mesmo, autoridade. Enjaula esses vagabundos - comemorou, com imensa satisfação, o motorista.

- Graças a Deus e a você seu polícia, que nos dá a devida proteção. Já estava com um medo enorme desses bandidos roubarem meu celular, minha marmita e meu vale transporte. Vou ligar para minha patroa e avisar que o atraso de hoje foi por motivo de segurança pública - balbuciou a senhora diarista.

De peito estufado e ego nas alturas, Geraldão - o pacato vizinho do morro, mas Tenente Geraldo Ramos no asfalto - olhou para a roda de garotos de pele escura, sentados na calçada.

- A geral será averiguada. Quem não deve nada será liberado e vai atravessar a rua e pegar o ônibus para voltar para o lugar de onde não deveria ter saído, entenderam?

Cabisbaixo, de orgulho ferido, mas já acostumado com esse tipo de repressão, Celso reparou no choro contido de Félix e ouviu do Lelé:

- Que merda, hein, Celso? Combinamos tanto esse futebol. Fizemos vaquinha por 15 dias na quebrada, compramos uniforme, bola, e agora somos tratados como lixo pelos representantes do estado? Tendo como o mais truculento o nosso vizinho de morro? O pior é que eu votei no FDP desse governador.

- Fazer o quê? Vamos voltar e deixar os ricos se divertirem em paz - se conformou Félix. Quem sabe ainda encontro a Belinha em casa, pois o trato no cabelo dela quem vai dar sou eu.

*Marco Garcia é jornalista paulistano. Mora em Fortaleza.


Postado por Marco Garcia
Em 14/9/2015 às 12h15


Mais Blog de Marco Garcia
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MATEMÁTICA FINANCEIRA
JOSÉ DUTRA VIEIRA SOBRINHO
ATLAS
(1982)
R$ 5,50



OS 500
MATTHEW QUIRK
PARALELA
(2013)
R$ 22,00



AIRBRUSHING FOR FINE & COMMERCIAL ARTISTS
ROBERT PASACHAL
VRN
(1982)
R$ 30,00



DEUS: TESE, ANTÍTESE, SÍNTESE
PAULO RESENDE
SAGA
(1969)
R$ 25,82



INVOCAÇÃO - TRILOGIA DARKEST POWERS
KELLEY ARMSTRONG
NOVO SÉCULO
(2012)
R$ 10,00



CONFISSÕES DE UM COMEDOR DE ÓPIO
THOMAS DE QUINCEY
L&PM POCKET
(2002)
R$ 12,00



COMENTÁRIOS AO NOVO CÓDIGO CIVIL - VOL. XIV ART. 966 A 1195
ARNOLDO WALD
FORENSE
(2005)
R$ 200,00



SEGMENTAÇÃO OPÇÕES ESTRATÉGICAS PARA O MERCADO BRASILEIRO
RAIMAR RICHERS / CECÍLIA PIMENTA LIMA
NOBEL
(1991)
R$ 13,00



UM MILHÃO N°39 BATMAN PLANETA PRISÃO!
DC COMICS
ABRIL 50 ANOS
R$ 20,00



O OUTRO DESAFIO
JULIO LOBOS
DO AUTOR
(1987)
R$ 27,00





busca | avançada
47273 visitas/dia
1,3 milhão/mês