Cinema Independente (5.1) | Cinema Independente na Estrada

busca | avançada
70483 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Primeira edição do ZporZ Fest Verão acontece em janeiro
>>> Sesc Cultura ConVIDA! apresenta mostras temáticas
>>> Oficina de Objetos de Cena nas redes do Sesc 24 de Maio
>>> Lançamento: livro “A Cultura nos Livros Didáticos”, de Lara Marin
>>> Exposição coletiva 'Encorpadas - Grandes, largos, políticos: corpos gordos'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
>>> A Velhice
>>> Casa, poemas de Mário Alex Rosa
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
>>> Clownstico de Antonio Ginco no YouTube
>>> A Ceia de Natal de Os Doidivanas
>>> Drag Queen Natasha Sahar interpreta Albertina
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Eu acho que alguém aqui pirou
>>> Ideologias em forma de spam
>>> Neste Natal etc. e tal
>>> Lula, o filme
>>> Mauro Henrique
>>> Uma pirueta, duas piruetas, bravo, bravo!
>>> Ele, Francis
>>> A crítica e o custo Brasil
>>> Manual prático do ódio
>>> Greatest hits em forma de coluna
Mais Recentes
>>> Geografia 8º Ano – Volume 3 – Coleção Perspectiva de Cláudia Magalhães, Lilian Sourient, Marcos Gonçalves e Roseni Rudek pela Do Brasil (2010)
>>> Coleção Sinopses Para Concursos Vol. 1 - Direito Penal - Parte Geral de Alexandre Salim e Marcelo André de Azevedo pela Juspodivm (2017)
>>> Rio de Janeiro - Histórias Concisas de uma Cidade de 450 Anos de Vários Autores pela Prefeitura do Rio de janeiro (2015)
>>> Elite da Tropa de Luiz Eduardo - Soares Andre Batista - Rodrigo Pimentel pela Objetiva (2006)
>>> Geografia Nos Dias de Hoje 7º Ano de Cláudio Giardino, Ligia Ortega & Rosaly Braga Chianca pela Leya (2012)
>>> Geografia 7º Ano – Projeto Athos de Sonia Castellar & Ana Paula Seferian pela Ftd (2014)
>>> Geografia 7º Ano – Roteiros de Aprendizagem - Projeto Athos de Sonia Castellar & Ana Paula Seferian pela Ftd (2014)
>>> História 7º Ano – Projeto Athos de Joelza Esther pela Ftd (2014)
>>> História 7º Ano – Roteiros de Aprendizagem - Projeto Athos de Joelza Esther pela Ftd (2014)
>>> Filhos talentosos lideres grandiosos de Pat Williams pela Landscape (2006)
>>> O Caso dos Dez Negrinhos de Agatha Christie pela Círculo do Livro (1975)
>>> Morte Em Veneza - Tonio Kröger de Thomas Mann pela Círculo do Livro
>>> Perversas - Pretty Little Liars de Sara Shepard pela Rocco (2009)
>>> Fricções - Traço, Olho e Letra de Vera Casa Nova pela Ufmg (2008)
>>> The Phantom of the Opera - Audio Cd Included de Gaston Leroux pela Macmillan Readers (2005)
>>> Redenção de Karen Kingsbury; pela Portico (2015)
>>> De Repente, Nas Profundezas do Bosque de Amós Oz pela Companhia das Letras (2013)
>>> Guia de Alimentos da Dieta de South Beach de Arthur Agatston M. D. pela Sextante (2003)
>>> Só o Amor é Real - uma História de Almas Gêmeas Que Voltam a Se Unir de Brian L. Weiss pela Salamandra (1996)
>>> O Vento de Oalab de João Luiz Guimarães pela Sm (2016)
>>> A Criatura - Série Barco a Vapor de Laura Bergallo pela Sm (2005)
>>> Frankenstein - Audio Cd Included de Mary Shelley pela Sm (2005)
>>> Stanley Kubrick de Museu da Imagem e do Som pela Museu da Imagem e do Som (2014)
>>> Casa de Máscaras de Péricles Prade pela Iluminuras (2013)
>>> Irmãos Unidos de Francisco Cândido Xavier - Autores Diversos pela Geem (1988)
>>> Affermazioni de Stuart Wilde pela Macro Edizioni (2005)
>>> O Desafio da Guerra - Dois Séculos de Guerra - 1740-1974 de Gaston Bouthoul e René Carrère pela Biblioteca do Exército (1978)
>>> Um Oceano nos Separa de Robin Pilcher pela Bertrand Brasil (2021)
>>> Constituições Brasileiras Volume I 1824 de Octaciano Nogueira pela Senado Federal (2004)
>>> A Menina Que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca (2010)
>>> A Lebre com Olhos de Âmbar de Edmund de Waal pela Intrinseca (2011)
>>> Entre Abrir e Fechar a Boca de Máximo Ravenna pela Guarda-chuva (2012)
>>> O Filho Eterno de Cristovão Tezza pela Record (2007)
>>> Serafina e a Capa Preta - Volume 1 de Robert Beatty pela Valentina (2018)
>>> Kadish por uma Criança Não Nascida de Imre Kertsz pela Imago (2002)
>>> Quarto de Emma Donoghue pela Verus (2016)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Record (2006)
>>> The Unbearable Lightness of Being de Milan Kundera pela Harper Perennial (2005)
>>> A Construção da verdade autoritária de Maria das Graças Andrade Ataíde de Almeida pela Usp (2021)
>>> Legislação Trabalhista e Rotinas Trabalhistas EAN: 9788582129739 de Silvano Alves alcantra pela Intersaberes (2014)
>>> Constituições Brasileiras Volume VII 1988 de Caio Tácito pela Senado Federal (2002)
>>> Elixir de Hilary Duff pela Id (2011)
>>> Língua Portuguesa 7º Ano – Projeto Athos de Maria Tereza Arruda Campos, Salete Toledo, Lucas Sanches Oda & Daniela Utescher pela Ftd (2014)
>>> Sabor de Pecado e Outras Essências de Ademar Inácio da Silva pela Assis (2012)
>>> Língua Portuguesa 7º Ano – Roteiros de Aprendizagem - Projeto Athos de Maria Tereza Arruda Campos, Salete Toledo, Lucas Sanches Oda & Daniela Utescher pela Ftd (2014)
>>> Ciências 7º Ano – Projeto Athos de José Trivellato, Silvia Trivellato, Marcelo Motokane, Júlio Foschini Lisboa & Carlos Kantor pela Ftd (2014)
>>> Beber Jogar [email protected]#er de Andrew Gottlieb pela Planeta (2009)
>>> Ciências 7º Ano – Roteiros de Aprendizagem - Projeto Athos de José Trivellato, Silvia Trivellato, Marcelo Motokane, Júlio Foschini Lisboa & Carlos Kantor pela Ftd (2014)
>>> Já Podeis da Pátria Filhos de João Ubaldo Ribeiro pela Alfaguara (2009)
>>> Matemática 7º Ano – Projeto Athos de José Roberto Bonjorno, Paulo Câmara Sousa, Regina Bonjorno & Tânia Gusmão pela Ftd (2014)
BLOGS >>> Posts

Terça-feira, 5/4/2016
Cinema Independente (5.1)
Fabio Gomes

+ de 1300 Acessos



DIVULGANDO SEU FILME


NA INTERNET

O seu filme já está digitalizado e finalizado em HD, agora é só usar uma conexão com a internet para publicá-lo no para publicá-lo no YouTube (https://www.youtube.com/. Para subir um vídeo para o site, você precisa criar uma conta usando seu endereço de Gmail – se não tiver, basta criar uma conta gratuitamente em https://gmail.com/. Configurado o seu Gmail, você volta ao YouTube para criar sua conta e já pode subir seu filme para lá.

Enquanto o vídeo sobe e é processado (o processo por vezes leva horas, depende do tamanho do vídeo), você pode escolher se deixa o vídeo como público, privado ou não-listado, e também editar as informações que serão lidas por quem acessar – use esse espaço para postar informações sobre o filme, e também divulgar a ficha técnica (a relação de quem participou ou ajudou nas filmagens. Aproveite a lista criada para a confecção dos créditos do filme). O YouTube também vai lhe pedir para inserir tags no vídeo; são marcadores que, embora não fiquem visíveis na página do filme, ajudam o próprio site a recomendar seu trabalho para internautas que estejam assistindo vídeos com tags semelhantes. Uma vez postado no YouTube, o vídeo pode ser facilmente compartilhado em sites, blogs, redes sociais, além de você poder enviar o link por mensagens ou e-mail. Se o vídeo for listado como público, outras pessoas também poderão compartilhá-lo, ajudando a aumentar a sua audiência.

Outro site interessante para o compartilhamento de vídeos é o Vimeo (https://vimeo.com). Em relação ao YouTube, ele tem uma vantagem e uma desvantagem. A vantagem: você pode postar vídeos que fiquem protegidos por senha, e que só serão vistos e/ou baixados pelas pessoas a quem você informar link e senha (isto é muito usado, por exemplo, para o envio de filmes para festivais). A desvantagem é que a versão gratuita (chamada Basic) do Vimeo só permite postar 500 MB de vídeos por semana, limitado ainda a 10 arquivos por dia. Já as contas Plus podem carregar 5 GB e as PRO, 20 GB.

NAS TELAS

Pode ser que você queira apenas mostrar seus filmes na internet, compartilhá-los com seus amigos e eventualmente até ganhar algum dinheirinho se sua produção bombar no YouTube. Mas pode ser também que você queira mais que isso, ambicione ter seu filme exibido na tela grande do cinema, seja na sua cidade, seja pelo Brasil ou mesmo pelo mundo. Isso é possível? SIM. O que não necessariamente quer dizer que seja fácil.

Um meio simples de fazer seu filme ser visto por pessoas numa sala pode ser o contato com organizadores de eventos culturais, como saraus, que costumam acontecer em centros de cultura e locais alternativos (bares ou mesmo praças públicas) de boa parte das cidades brasileiras. Outra opção são os cineclubes – existem 1.370 cineclubes no Brasil, a maioria em cidades de até 20 mil habitantes. Diferentemente dos cinemas comerciais, os cineclubes priorizam a qualidade artística para selecionar os filmes que irão exibir.

Mercado exibidor – A possibilidade de você conseguir passar seu filme independente em um cinema de shopping center da sua cidade (mesmo que seu filme seja um longa-metragem de ficção, que é na prática só o que passa nos multiplex localizados em shoppings) é bastante remota. Como já disse a produtora baiana Solange Lima, “o mercado exibidor foi organizado para o filme importado, a produção nacional em geral só pega as sobras de datas” – e isso que devemos considerar que ela se referia a filmes produzidos comercialmente por companhias cinematográficas com algum tempo de atuação no mercado nacional. O circuito multiplex é dominado por distribuidoras ligadas aos estúdios de Hollywood, como a Fox Filmes, a Columbia Tristar e a UIP (United International Pictures) (e isso não é de hoje, como vimos no caso do filme O Cangaceiro, da Vera Cruz, e já naquela época não era exatamente uma novidade). Paralelamente, há uma série de distribuidoras independentes, que atuam no segmento chamado de “filmes de arte”. Empresas como a Downtown Filmes, Europa Filmes, Lumière Brasil e Pandora Filmes se fazem presentes em rodadas de negociação que acontecem em festivais de cinema, adquirindo os direitos de distribuição de filmes que se destacarem, tanto brasileiros quanto de outras nacionalidades. Esses filmes posteriormente serão exibidos no circuito de filmes de arte, constituído em sua maioria por salas mantidas por Estados e prefeituras (e alguns empreendedores privados), e também nos chamados “arteplex”, conjunto de salas semelhante aos multiplex mas que destina algumas de suas salas ao circuito de filmes de arte. Vale lembrar que aqui estamos falando, sempre, de longas-metragens, formato padrão do mercado exibidor. Curtas e médias acabam circulando majoritariamente pelos circuitos de festivais, cineclubes e demais canais alternativos. De todo modo, antes de cogitar entrar em uma rodada de negociações em um festival, você deve se registrar na Ancine.

Registro na Ancine – A Ancine é a Agência Nacional do Cinema, foi criada em 2001, vinculada então diretamente à Presidência da República, passando ao âmbito do Ministério da Cultura dois anos depois. Seu papel é atuar como uma agência reguladora do audiovisual brasileiro, cabendo-lhe fomentar, regular e fiscalizar a indústria cinematográfica e videofonográfica nacional.

Quem se registra na Ancine tem acesso aos serviços que a agência presta, como o encaminhamento de relatórios de acompanhamento de mercado, solicitação de Certificado de Produto Brasileiro, recolhimento da Condecine (Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional, que incide sobre a veiculação, a produção, o licenciamento e a distribuição de obras cinematográficas e videofonográficas com fins comerciais, bem como sobre o pagamento, o crédito, o emprego, a remessa ou a entrega, aos produtores, distribuidores ou intermediários no exterior, de importâncias relativas a rendimento decorrente da exploração de obras cinematográficas e videofonográficas ou por sua aquisição ou importação, a preço fixo; o valor recolhido é destinado ao Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), que é utilizado para financiamento público do setor) etc. O registro na Ancine é obrigatório para todos os chamados “agentes econômicos”, ou seja, aqueles que desenvolvem atividades econômicas ligadas ao audiovisual. Segundo a própria Ancine, agente econômico é “Qualquer pessoa natural ou jurídica que participa, independentemente, como sujeito ativo na atividade econômica (audiovisual ou não).” Ou seja, não são apenas companhias e produtoras que podem se registrar na Ancine, pessoas físicas também podem. O registro é extremamente simples e pode ser feito no Sistema Ancine Digital (http://sad.ancine.gov.br/controleacesso/menuSistema/menuSistema.seam). Você começa informando seu CPF, em seguida preenche um formulário, precisando ao final enviar cópias simples de seu documento de identidade, frente e verso. A documentação irá para análise da Ancine, e em no máximo 30 dias, se tudo estiver correto, você recebe seu número de agente econômico.

Tendo seu registro na Ancine, você poderá solicitar o Certificado de Produto Brasileiro para seu filme (registro gratuito) e também o Registro de Título (neste caso o registro deve ser pago e varia de acordo com a duração do filme e o uso comercial pretendido, indo de R$ 200,00 para curtas-metragens até 15 minutos para o mercado de TV por assinatura e chegando a R$ 3.000,00 para filmes acima de 50 minutos destinados a salas de exibição, mercado de vídeo doméstico, TV aberta e outros mercados, exceto a TV por assinatura). Os valores pagos pelo Registro de Título são considerados contribuição Condecine e revertem ao FSA. Valores idênticos são cobrados também de títulos estrangeiros lançados comercialmente no Brasil.

Na última parte, vamos falar de Editais e Festivais.




Postado por Fabio Gomes
Em 5/4/2016 às 20h35


Mais Cinema Independente na Estrada
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Meu Próprio Negócio 124 - Fature Até 90 Mil por Mês Com Venda Direta
Varios Autores
On Line
R$ 10,00



Um estranho no ninho
Ken Kesey
Record
(1962)
R$ 10,00



Viagens Maravilhosas de Marco Pólo
Lúcia Machado de Almeida
Melhoramentos
(1973)
R$ 10,00



O Alquimista
Paulo Coelho
Gold
(2003)
R$ 10,00



Sagitário
Max Klim
Nova Era
(2001)
R$ 10,00



Ética e Cidadania
Carla Rodrigues; Herbert de Souza
Moderna
(1995)
R$ 10,00



Uma Breve Historia do Futuro Jacques Attali
Jacques Attali
Novo Século
R$ 10,00



Tudo Por um Pop Star
Thalita Rebouças
Rocco
(2003)
R$ 10,00



Quarteto Fantástico & Capitão Marvel Nº 10
Marvel Panini Comics
Panini Comics
(2003)
R$ 10,00



Memória de Minhas Putas Tristes
Gabriel García Márquez
Record
(2005)
R$ 10,00





busca | avançada
70483 visitas/dia
2,4 milhões/mês