Nordeste Oriental | Felipe Boclin | Digestivo Cultural

busca | avançada
105 mil/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Novo livro de Nélio Silzantov, semifinalista do Jabuti de 2023, aborda geração nos anos 90
>>> PinForPeace realiza visita à Exposição “A Tragédia do Holocausto”
>>> ESTREIA ESPETÁCULO INFANTIL INSPIRADO NA TRAGÉDIA DE 31 DE JANEIRO DE 2022
>>> Documentário 'O Sal da Lagoa' estreia no Prime Box Brazil
>>> Mundo Suassuna viaja pelo sertão encantado do grande escritor brasileiro
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
>>> Pondé sobre o crime de opinião no Brasil de hoje
>>> Uma nova forma de Macarthismo?
>>> Metallica homenageando Elton John
>>> Fernando Schüler sobre a liberdade de expressão
>>> Confissões de uma jovem leitora
>>> Ray Kurzweil sobre a singularidade (2024)
>>> O robô da Figure e da OpenAI
Últimos Posts
>>> Salve Jorge
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Feliz Natal, Charlie Brown!
>>> O dinossauro de Augusto Monterroso
>>> Marketing de cabras
>>> Simplesmente tive sorte
>>> Sete tecnologias que marcaram meu 2006
>>> Maria Helena
>>> Sombras
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo II
>>> Perfil (& Entrevista)
Mais Recentes
>>> Pelos Caminhos de Versos de Nilton Soares pela Líttera Maciel
>>> Madame Bovary de Gustave Flaubert pela Círculo do Livro (1986)
>>> Retrato do Artista quando Jovem de James Joyce pela Abril Cultural (1971)
>>> A Majestade do Xingu de Moacyr Scliar pela Companhia de Bolso (2009)
>>> Cultura de consumo & pós-modernismo de Mike Featherstone pela Studio Nobel (1995)
>>> Lucíola de José de Alencar pela FTD (1999)
>>> Verlaine et les poètes symbolistes de Paul Verlaine pela Classiques Larousse (1943)
>>> Lucio Costa - Um Modo de ser moderno de Ana Luiza Nobre e outros pela Cosac Naify (2004)
>>> A Idade Média - Nascimento do ocidente de Hilário Franco Júnior pela Brasiliense (1988)
>>> Lexil et Le Royaume de Albert Camus pela Folio (2006)
>>> Vik Muniz Obra Completa 1987-2009 de Vik Muniz pela Capivara (2009)
>>> Bob Esponja - um guia completo sobre o desenho animado mais irado da TV de David Lewman pela Delphys (2005)
>>> Amor de salvação de Camilo Castelo Branco pela Ática (1998)
>>> Dessine-moi un parisien de Olivier Magny pela 10-18 (2010)
>>> Caetano Veloso - literatura comentada de Paulo Franchetti e Alcyr Pécora pela Nova Cultural (1988)
>>> River Angel de A. Manette Ansay pela Bard (1998)
>>> Inconfidência Mineira de Cândida Vilares Gancho e Vera Vilhena de Toledo pela Ática (1991)
>>> De Menina para Menina com os conselhos de Mari de Inês Stanisiere pela Leitura (2005)
>>> Amor de Perdição de Camilo Castelo Branco pela Moderna (1992)
>>> l`étranger de Albert Camus pela Folio (2005)
>>> Mapa Iconográfico Digital de Heloisa Alves pela Arco (2010)
>>> Poésies de Paul Valéry pela Gallimard (2012)
>>> A Revolução Francesa 1789-1799 de Carlos Guilherme Mota pela Editora Ática (1989)
>>> O Cinema, arte e indústria de Carlos Barbáchano pela Salvat (1979)
>>> Capitão América nº 133 de Mark Gruenwald. Paul Neary. Allan Zelenetz e William Johnson pela Abril (1990)
COLUNAS

Sexta-feira, 8/3/2002
Nordeste Oriental
Felipe Boclin
+ de 7000 Acessos
+ 2 Comentário(s)

O que tem haver a cultura oriental com a música brasileira?

Bom, se afirmarmos que é a música nordestina, você vai estranhar não é mesmo?

Pois é, essa é mais uma riqueza que a nossa cultura apresenta e que poucos conhecem. Pode não parecer, mas até o nosso popular fórro está recheado de música oriental.

Para essa afirmação ficar mais clara, teremos que ir ao passado para entender um pouco desse fenômeno.

É muito conhecido e falado que a música brasileira se criou entre outros fatores pela fusão de três culturas distintas: os cantos e ritmos vindos da África (através dos escravos); as melodias e os traços culturais da metrópole (Europa); e a cultura local dos nossos índios (esses em bem menor proporção). A partir daí, a nossa música ramificou-se em inúmeras vertentes, nas mais diversas regiões do País.

Mas o que tem haver a cultura do Oriente com a música nordestina, você deve estar se perguntando?

A região Ibérica, nos séculos anteriores ao descobrimento do Brasil, era dominada em sua maioria pelos mouros de origem oriental, mais precisamente árabes. Com o passar do tempo, a formação e a dominação do Cristianismo pôs um fim a toda sociedade e cultura oriundas do Oriente, culminando com a tomada da cidade de Granada.

Mesmo assim, elementos enraizados na técnica oriental permaneceram, principalmente nas mãos de milhares de judeus que se fixaram na região.

Após a descoberta do Brasil, e durante o seu processo civilizatório, milhares de europeus desembarcaram na colônia. Representantes das mais diversas nacionalidades e raças se instalaram nas vilas do País. Os tais judeus acabaram se situando nas duas principais vilas do Nordeste, Pernambuco e Salvador.

Esse fato explica, portanto, como a música oriental marcou presença na música nordestina, conferindo-se um caráter muitas vezes considerado primitivista.

Se analisarmos tecnicamente esse fenômeno, podemos notar nos “aboios”, comuns dessa região, a presença das escalas de sétima menor e de quarta aumentada, características da antigas músicas de comunidades asiáticas. Há também uma certa tendência a evitar a “sensível” (não realizando, assim, a tão comum cadência-dominante-tônica, típica da Música Ocidental), tornando a criação mais livre e complexa. Outro aspecto, é a presença do “pedal harmônico”, tão comum em civilizações primitivas, que atribuíram ao “zumbido” por ele produzido um sentido trascendente e cósmico. E não poderíamos deixar de lembrar das “persistências rítmicas e melódicas”, de importância fundamental para se atingir um clima de “transe” e de “dança”.

Tudo isso para se chegar ao que os antigos chamavam de “música orgânica” (só apreendida intelectualmente depois de atingir e envolver todo o corpo).

Hoje em dia, podemos encontrar esses elementos em artistas vivos e ativos como Elomar, Sivuca, Hermeto Pascoal, Heraldo do Monte, Renato “Cigano”, Xangai, Quinteto da Paraíba, Zé Ramalho e muitos outros. Apesar de atuais e modernos, a sensibilidade de suas violas, sanfonas, flautas e arranjos remetem visivelmente à mística oriental.

Experimente escutar Heraldo do Monte em seu disco “Viola Nordestina” ou Xangai em seu “Brasilerança” ou então simplesmente Hermeto Pascoal (desse nem é preciso falar). Está tudo lá...


Felipe Boclin
Rio de Janeiro, 8/3/2002

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Èpa Bàbá Oxalá! na Nota de Real de Duanne Ribeiro


Mais Felipe Boclin
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
8/3/2002
11h16min
Muito interessante e enrriquecedor esse texto.
[Leia outros Comentários de Rafael Sá Freire ]
10/3/2002
10h53min
Bem lembrada a influência oriental no musicar nordetino. Também no repertório do Quinteto Armorial e nas composições de Alceu Valença (não por acaso, ambos de Pernambuco), entre outros, encontramos claras indicações dessa influência. Um abraço.
[Leia outros Comentários de Toni]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Capa Dura História Geral Memórias do Século XX Tempos Modernos 1970 a 1999
Seleções Readers Digest
Seleções Readers Digest
(2004)



O Atiçador de Wittgenstein
David Edmondes, John Eidinow
Difel
(2003)



Fluxo de Caixa uma Decisao de Planejamento
Jose Eduardo Zdanowicz
Sagra Luzzatto
(2004)



Livro Infanto Juvenis Viagens de Gulliver Série Reencontro
Jonathan Swift
Scipione
(1998)



Os Portões do Inferno
Andre Gordirro
Fabrica 231
(2015)



Saúde, Corpo e Sociedade
Org. Alicia Navarro de Souza, Janqueline Pitangui
Ufrj
(2006)



Paixão Índia
Javier Moro
Planeta
(2012)



Livro Saúde Minha Profissão é Andar
João Carlos Pecci
Summus
(1980)



Como Trabalhar para um Idiota
John Hoover
Futura
(2007)



Livro Economia A Economia Solidária Como Política Pública uma tendência de geração de renda e ressignificação do trabalho no Brasil
Rosangela Nair de Carvalho Barbosa
Cortez
(2007)





busca | avançada
105 mil/dia
2,0 milhão/mês