Torço para quem eu quiser | Adriano Maesano | Digestivo Cultural

busca | avançada
63818 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Morando sozinha II
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> A Piauí tergiversando sobre o fim dos jornais
>>> Mário Sérgio Cortella #EuMaior
>>> O Gabinete do Dr. Caligari
>>> Ser intelectual dói
>>> Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge
>>> É Julio mesmo, sem acento
Mais Recentes
>>> Yoga, Imortalidade e Liberdade de Mircea Eliade pela Palas Athena (2009)
>>> The Bell - Her wise, witty and compulsive novel de Iris Murdock pela Penguin Books (1962)
>>> Os robôs e o império de Isaac Asimov pela Record (1985)
>>> Wallpaper Magazine May 2020 de Design Directory pela TI Media (2020)
>>> Contato de Carl Sagan pela Guanabara (1986)
>>> Os Três Reos e o Quarto Rei, Lendas Natalinas de Jakob Streit pela Edições Waldorf (1991)
>>> Neuromancer de William Gibson pela Aleph (1991)
>>> O Gênio do Crime de J.C. Marinho Silva pela Edijovem (1999)
>>> O incrível congresso de futurologia de Stanislaw Lem pela Nova Fronteira (1977)
>>> O cair da noite de Isaac Asimov pela Hemus (1981)
>>> Solaris de Stanislaw Lem pela Círculo do livro (1987)
>>> O Livro da Filosofia de Diversos pela Globo (2016)
>>> O homem bicentenário de Isaac Asimov pela Hemus (1976)
>>> Os robôs do amanhecer de Isaac Asimov pela Record (1983)
>>> Cartas de Um Executivo a Seu Filho de G. Kingsley Ward pela Record (1985)
>>> Desenho de Perspectiva (Português) Capa dura , Livro Novo de David Sanmiguel pela Ambientes (2020)
>>> Os anéis de Saturno de Isaac Asimov pela Hemus
>>> Inimigo Rumor 17 de Carlito Azevedo e Outros Editores pela Naify (1993)
>>> Anjos e Demônios de Dan Brown pela Sextante (2004)
>>> Fundação de Isaac Asimov pela Hemus (1982)
>>> Pureza de Jonathan Franzen pela Companhia das Letras (2016)
>>> Os Anos 40 de Rachel Jardim pela José Olympio (1973)
>>> A maçã no escuro de Clarice Lispector pela Círculo do livro
>>> Prontuário de Yoga Antigo (SVÁSTHYA YOGA de Professor de Rose pela Ground (1986)
>>> De corpo inteiro de Clarice Lispector pela Artenova (1975)
>>> A cidade sitiada de Clarice Lispector pela José Olympio (1975)
>>> A paixão segundo GH de Clarice Lispector pela José Olympio (1977)
>>> A Queda para o Alto de Herzer pela Círculo do Livro (1982)
>>> Química e física de Daniel Cruz pela Ática (2002)
>>> Arnaldo Janssen de Alberto Kuyle pela Verbo divino
>>> Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres de Clarice Lispector pela Nova Fronteira (1982)
>>> Homo Deus de Yuval Noah Harari pela Companhia das Letras (2016)
>>> Eternidade por um Fio de Ken Follett pela Arqueiro (2014)
>>> Para não esquecer de Clarice Lispector pela Ática (1978)
>>> Em busca do Príncipe Encantado de Bradley Trevor Greive pela Sextante (2002)
>>> Um sopro de vida de Clarice Lispector pela Círculo do livro (1978)
>>> A hora da estrela de Clarice Lispector pela José Olympio (1977)
>>> Os sapatos de Orfeu - Biografia de Carlos Drummond de Andrade de José Maria Cançado pela Scritta (1993)
>>> Sinfonia patética - A vida de Tchaikóvski de Klaus Mann pela Brasiliense (1989)
>>> Merendeiro (A) SGA-DF – Auxiliar de Educação. Especialidade: Copa/Cozinha de Pimentel. et al pela Vesticon (2005)
>>> O caminho dos tormentos Vol. 3 - Manhã sombria de Alexei Tolstoi pela Civilização Brasileira (1966)
>>> O caminho dos tormentos Vol. 2 - O ano dezoito de Alexei Tolstoi pela Civilização Brasileira (1966)
>>> O caminho dos tormentos Vol. 1 - Duas irmãs de Alexei Tolstoi pela Civilização Brasileira (1966)
>>> A Ordem Negra de James Rollins pela Ediouro (2007)
>>> As mentiras que os homens contam de Luiz Fernando Veríssimo pela Objetiva (2002)
>>> Dieta Low Carb de Eliana Rinaldi e Daniela Mesquita pela Ediouro/Duetto (2019)
>>> Estatística fácil de Antônio Arnot Crespo pela Saraiva (1994)
>>> Simpatias de Antonio Carlos pela Pallas (1997)
>>> A idade da Razão de Sartre pela Cia das letras (2020)
>>> O pai minuto de Spencer Johnson pela Record (1996)
COLUNAS >>> Especial Copa 2002

Quinta-feira, 30/5/2002
Torço para quem eu quiser
Adriano Maesano

+ de 3000 Acessos
+ 5 Comentário(s)

Qual é a marca do tênis que você está calçando agora? E do seu relógio? E da sua televisão, do rádio do seu carro e do seu microcomputador?

O ser humano não é patriota ao escolher este tipo de coisa. Usamos tênis Nike, relógios Swatch e nossos equipamentos eletrônicos geralmente são japoneses. Não temos o sentido de patriotismo ao comprar estes produtos, deixando de lado marcas como Penalty, Olympikus, Dumont, Gradiente e Itautec. Compare a bilheteria dos filmes nacionais com aqueles produzidos em Hollywood.

Por que razão devo ser patriota e torcer para a Seleção Brasileira?

Independente de torcer ou não, quero ter o direito de escolher as marcas que vou consumir, as pessoas com quem desejo conviver e os times que merecerão meu apoio. Não escolhi meus parentes nem minha pátria. Não sou obrigado a gostar dos meus primos. Nem de determinada seleção ou atleta nacional.

Lembro vagamente da Copa do Mundo de 1978, pois tinha menos de 5 anos. Minha maior lembrança refere-se à partida Argentina e Peru. Os argentinos massacraram os peruanos por 6x0, e eu estava vendo o jogo em casa, sem meus pais, que estavam em uma festa. Eu adorei ver aquela chuva de gols, papel picado e muita festa. Mal sabia que aquele jogo representou uma das maiores farsas da história das Copas do Mundo, e que a enorme diferença de gols classificou nossos vizinhos para a final, eliminando "nossa" Seleção Brasileira.

Sofri muito em 1982 e 1986, ao ver grandes craques sucumbirem em partidas dramáticas, contra Itália e França respectivamente. Sendo um apaixonado pelo futebol, aos 12 anos chorei muito com a eliminação nos pênaltis em 1986.

A Copa de 1990 não causou muito sofrimento, apesar do Brasil ter jogado muito bem na partida contra a Argentina, quando eles marcaram na única vez que chegaram na meta brasileira.

O futebol covarde de 1994 não mereceu meu apoio, e fui imparcial na final contra a Itália, lamentando apenas o fato de um dos maiores craques que vi jogar, Roberto Baggio, ser o responsável pelo pênalti decisivo. Teria sido mais justo ver Bebeto bater, e converter, a última cobrança. Ao menos o Brasil atuou com vontade e dignidade, merecendo o título pelo excelente conjunto e equilíbrio da equipe.

Minha seleção em 1998 era a França. Era um dos poucos que acreditavam na equipe francesa, que tinha o melhor retrospecto nos anos que antecederam a Copa do Mundo. O Brasil fez um belo papel, chegando à final com um time limitado e mal escalado (lembrem-se que Bebeto arrastava-se em campo), mas era certo que não poderíamos vencer a equipe francesa, que era muito superior ao Brasil, e ainda jogava em Paris, às vésperas do 14 de julho.

Espero que o Brasil não tenha muito sucesso nesta Copa do Mundo, pois desta forma o "estilo Scolari" seria enterrado, como ocorreu com Sebastião Lazaroni em 1990. Este treinador é grosseiro, ignorante e retranqueiro, envergonhando "nossa" nação, além de levar o verdadeiro futebol brasileiro para o buraco. Apesar de craques como Ronaldinho Gaúcho serem capazes de um milagre, e conduzindo o Brasil ao penta, espero não ter o desprazer de ver Felipão, Murtosa e Antônio Lopes pulando e chorando sob os berros de Galvão Bueno. Aí seria demais!

Acho que vou torcer pela Argentina. A atual situação do país, somada com a safra de craques como Verón e Sorín é motivo suficiente para que eles tenham meu apoio. Não sei se vencerão, pois o goleiro deles é horrível, como "nosso" Marcos, que traz amargas lembranças pela semelhança (física e tecnicamente) que tem com Valdir Peres, que causou muita preocupação aos brasileiros 20 anos atrás.


Adriano Maesano
São Paulo, 30/5/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. É descansando que se vai longe de Verônica Mambrini
02. Ocidente de tocaia, Oriente escondido de Rafael Lima


Mais Adriano Maesano
Mais Especial Copa 2002
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/5/2002
15h32min
Bem, aqui em casa as marcas dominantes são Olympikus, Dumont, Gradiente. Mas não foram escolhidas por questão de patriotismo. Eu não vou torcer para o Brasil na copa por outros motivos. Analisando pelo ano em que estamos vivendo, um ano de eleições, um ano onde as pessoas deveriam estar prestando atenção aos atos dos candidatos à cadeira de presidente da república em vez de ficarem preocupados com a seleção de futebol. Agora nos dias de jogos do Brasil, o governo decretou ponto facultativo em todas as repartições públicas no periodo da manhã. Realmente, os feriados durante o ano são muito poucos. Espero que a seleção volte o mais rápido possível pra casa. O Brasil precisa de gente trabalhando e não de mais 7 meios feriados.
[Leia outros Comentários de Yara Romero]
3/6/2002
10h59min
É uma vergonha que uma pessoa que "vive" do esporte nacional, principalmente do futebol torça contra o Brasil. Pelo que eu sei o Sr. Adriano possui uma empresa de mkt esportivo chamada ESM que atende os principais atletas do país. Será que eles já leram essa sua coluna??? Eu acredito que o Sr. Maesano deva encontrar outra profissão...talvez a de crítico, já que é só o que sabe fazer! É essa falta de nacionalismo que nos torna um país tão frágil. Vá morar fora!!!! Estamos cansados de gente hipócrita!!! O BRASIL agradece.
[Leia outros Comentários de Brasil]
3/6/2002
11h19min
Acho que o problema é que não somente eu como várias pessoas cresceram ouvindo que Gradiente era uma porcaria, CCE era uma porcaria, Cougar era uma porcaria, Nike era o melhor sapato, etc. Nós brasileiros estávamos atrasados tecnologicamente. O cinema nacional só mostrava sacanagem e o Collor enterrou o cinema nacional. Posso estar errado, mas quando era garoto eu só ouvia isso. Concordo com suas colocações, estou somente pensando porque aconteceu isso com nosso país. Quanto ao futebol, todos que conhecem sabem o estilo de jogo do Scolari. Nenhum técnico queria comandar a seleção, ele foi o único patriota que aceitou o desafio. Agora todos criticam que ele é grosso, que manda bater, que é retranqueiro... Eu também não gosto do estilo de jogo dele mas acho que os 180milhões de "técnicos" devem aceitar seu estilo pois na hora que a seleção precisou de um técnico ninguém aceitou dirigir o time. Vou torcer sempre para o Brasil apesar de não acreditar que eles tragam o caneco.
[Leia outros Comentários de Alexandre Catelli]
7/6/2002
21h06min
Morar na Dinamarca? Cadê as passagens, cadê as passagens?
[Leia outros Comentários de Rogério]
2/7/2002
13h39min
Tamanha mediocridade de sua parte me enverganha de saber que és brasileiro.
[Leia outros Comentários de Rodrigo]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PORT MUNGO
PATRICK MCGRATH
COMPANHIA DAS LETRAS
(2006)
R$ 24,90
+ frete grátis



O GUIA DO MOCHILEIRO DAS GALÁXIAS
DOUGLAS A13:D28ADAMS
SEXTANTE
(2009)
R$ 24,90



REFLEXIONES SOBRE LA HISTORIA DEL MUNDO
JACOBO BURCKHARDT
EL ATENEO
(1944)
R$ 29,40



14, RUE DE TILSITT, PARIS
GUILHERME FIGUEIREDO
CÍRCULO DO LIVRO
R$ 7,50



CONTABILIDADE DE CUSTOS INCLUI O ABC 6ª EDIÇÃO
ELISEU MARTINS
ATLAS
(1998)
R$ 33,00



ROTEIROS DE NAVEGAÇÃO AÉREA VOL 1
MANOEL AGOSTINHO MONTEIRO
ASA
R$ 8,90



O ANEL MÁGICO
DIRCEU NOGUEIRA MAGALHÃES
RAZÃO CULTURAL
(2000)
R$ 23,92



LEGEND: A VERDADE SE TORNARÁ LENDA
MARIE LU
PRUMO
(2012)
R$ 9,90



O QUE A BÍBLIA REALMENTE ENSINA?
ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADO
ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA
(2005)
R$ 5,00



ALICE NO PAÍS DO ESPELHO
LEWIS CARROLL
L&PM POCKET
(2016)
R$ 14,99
+ frete grátis





busca | avançada
63818 visitas/dia
2,2 milhões/mês