Os 25 anos do SBT | Nirlando Beirão

busca | avançada
51690 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Prefeitura de SP institui gratificação de até R$ 1.500 reais para diminuir rotatividade de docentes
>>> Queen Immortal faz show em homenagem ao aniversário de Freddie Mercury
>>> Projeto cultural gratuito traz cinema e teatro para cidades goianas
>>> Festival da Linguiça de Bragança retorna com expectativa de 70 mil visitantes
>>> O Buraco d’Oráculo leva dois espetáculos de seu repertório a praça em São Miguel Paulista
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Graciliano Ramos, o gigante
>>> Entrevista com Gerald Thomas
>>> O fim do (meu) automóvel
>>> Sobre o som e a fúria
>>> 27 de Fevereiro #digestivo10anos
>>> Minhas caixas de bombons
>>> Direto do show do Chickenfoot
>>> Suicídio da grande imprensa
>>> Como ser uma webcelebridade
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
Mais Recentes
>>> O Defunto Adão e Eva no Paraiso e Outros de Eça de Queiros pela Edição de Ouro
>>> Encontro À Meia-noite de Liliana Iacocca pela Ftd (1988)
>>> Ó (de) Itabira de Marcus Accioly pela José Olympio (1980)
>>> O Moleque Ricardo de Jose Lins do Rego pela Jose Olympio (1981)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Jose Olympio (1995)
>>> O Velho Feiticeiro de Assis Brasil pela Melhoramentos
>>> A Filosofia Contemporanea de Wolfgand Stegmuller pela Edusp
>>> O Negócio do Século XXI - o Guia do Pai Rico de Robert Kiyosaki pela Campus (2011)
>>> Alimentos Saudáveis, Alimentos Perigosos - Guia Prático de Readers Digest pela Do Autor
>>> Antes Que o Sol Apareça de Lucília Junqueira de Almeida Prado pela Brasiliense (1984)
>>> O Velho da Horta Auto da Barca do Inferno Farsa de Inês Pereira de Gil Vicente, Segismundo Spina pela Brasiliense (1996)
>>> A Herança de Beni - uma Aventura Histórica e Virtual de Enio Rechtman / Silvio Fisberg pela Hebraica
>>> Feliz Ano Velho de Marcelo Rubens Paiva pela Brasiliense (1995)
>>> O Muiraquitã - Coleção Jovens do Mundo Todo de Odette de Barros Mott pela Brasiliense
>>> Contos de Andersen de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1958)
>>> Aprender Economia de Paul Singer pela Brasiliense (1994)
>>> Jesus de Paulo Leminski pela Brasiliense (1984)
>>> O Romance de Tristão e Isolda de Joseph Bédier pela Wmf Martins Fontes (2012)
>>> Fogo Morto de José Lins do Rego pela José Olimpio (1991)
>>> Qué Camino Tomar? de Edwin Becerra pela Santillana (2005)
>>> O Poder do Super Bicho de Edy Lima pela Melhoramentos (1979)
>>> Regras Oficiais de Beisebol de Não Consta pela Brasil (2008)
>>> Enigma na Televisão - Série Vaga-lume de Marcos Rey pela Atica (1991)
>>> Ímpar de Marcelo Carneiro da Cunha pela Projeto (2002)
>>> O Caso dos Modelos de Pernas Longas de Etle Stanley Garcher pela Circulo do Livro
ENSAIOS

Segunda-feira, 25/9/2006
Os 25 anos do SBT
Nirlando Beirão

+ de 11000 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Sílvio Santos comemorou os 25 anos de sua emissora ao lado do Bozo, do Chavez, do Chapolin e do ex-jornalista Ricardo Valladares – que, nas colunas amigas, é mencionado, na condição de “vice-presidente de programação”, como “o braço direito” do patrão.

Em conformidade com o momento que o SBT está vivendo, foi um épico circense. SS, de camiseta negra e uma expressão que é por si só um risonho tributo às mil possibilidades do bisturi, quis, em menção nada alegórica, agradecer publicamente aos personagens que conferiram à emissora aquele padrão de inteligência de que ela, um quarto de século de vida, pode se orgulhar.

Valladares, ao contrário dos três palhaços, é uma aquisição recente. Exercia alhures a condição de autoridade propensa semanalmente a decretar o certo e o errado, o ótimo e o péssimo, o relevante e o desprezível. Escrevia sobre televisão. Depois de uma entrevista em que Sílvio Santos era tratado como se fosse Jean-Paul Sartre, trocou de emprego. Da revista do milhão ao show do milhão.

Em pouco mais de quatro meses de SBT, aquele know-how disfarçado em intolerância produziu um resultado muito acima do esperado: conseguiu levar a emissora do patrão do inabalável segundo lugar para um periclitante terceiro. Ao ser inapelavelmente ultrapassado pela Record, o patrão agradeceu: “Melhor assim. Segundo lugar obriga a investir muito dinheiro”.

O superassessor de SS confidencia para os coleguinhas que, de tão poderoso, o apelido dele na casa é, agora, “governador Valladares”. Seu poder se expressa no direito de andar no elevador privativo do dono – elevador que o próprio dono, no entanto, se dispensa de usar. Tem também o privilégio de fiscalizar o horário de chegada dos funcionários (Dado Dollabella, o astro da novela Cristal, é o atual alvo daquelas simpáticas advertências via oficial de justiça).

Não dá para condenar Sílvio Santos e sua emissora se, aos 25 anos de convívio, decidiram firmar um pacto suicida com o fracasso. É até compreensível que SS esteja cansado de brincar de SS. A posteridade não lhe interessa. Ele não parece disposto a deixar nenhum exemplo edificante para o futuro – e, menos ainda, alguma herança para a família.

Enquanto isso, SS investe na sistemática dizimação moral e profissional de todo mundo que trabalhe com ele – a começar por suas estrelas. O Ratinho e o Jorge Kajuru, que são a cara do SBT, acabam de ir para a geladeira – ou para o crematório, sabe-se lá. De vez em quando, alguém se condói. Exilada nas trevas do sábado, Hebe Camargo pôde comemorar a volta do divã dos pobres ao seu horário das segundas-feiras. O assessor espalhou que a decisão foi dele.

Sílvio Santos é um tirano à moda antiga. Nunca entendeu o significado de palavras como "elegância", "simpatia", “gentileza”. O séquito, por mais que simule ações prestativas e originais, está ali exclusivamente a serviço do ego do self-made-man. Com o vozeirão de ventríloquo, o chefão ordena, os subalternos obedecem.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado na revista Carta Capital de agosto de 2006.


Nirlando Beirão
São Paulo, 25/9/2006

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Lembranças de Ariano Suassuna de Leandro Carvalho
02. A Cultura do Consenso de André Forastieri
03. O fim do editor de livros de Raphael Vidal
04. Os filmes de Frederico Füllgraf de Manoel de Andrade
05. Um kadish para Tony Judt de Sérgio Augusto


Mais Nirlando Beirão
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
2/10/2006
19h15min
É, o Nirlando tem que entrar em contato com o Sílvio e fazer uma proposta para comprar o SBT. Quem sabe ele com todo seu potencial como crítico não está no ramo errado... Na realidade não temos mais tv aberta, toda programação é ruim.
[Leia outros Comentários de noé]
3/10/2006
10h01min
Gostei do "tirano à moda antiga". Até porque existe uma safra de tiranos pós-modernos com discurso de "garantia de direitos" - sempre para o público externo é claro -, e desrespeito e chibatadas para os domésticos. Mas não muda nada: tirano é tirano e pronto.
[Leia outros Comentários de Joel Macedo]
5/10/2006
17h24min
É verdade. A programação do SBT é chatíssima, falando para simplificar nos adjetivos. Será que existe possibilidade de melhora? Não sei... afinal, o primeiro e o segundo lugares são tão melhores em quê?
[Leia outros Comentários de Evaldo Sales Costa ]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Jacqueline Kennedy: Entre a Glória e o Infortúnio
Domingo Alzugaray
Três
(1999)



Cultura Escolar Em Movimento - Diálogos Possíveis (lacrado)
Andréa Serpa
Rovelle
(2011)



O Capital para crianças
Joan R. Riera (adap.)
Boitatá
(2018)



Bianca, Clara, Karina - a História de uma Mesma Mulher
Elly Costa Capalbo / Marcelo Luís Occhiutto
Instituto de Difusão Espírita
(1998)



Química - Volume único
Usberco
Saraiva
(2010)



Para Gostar de Ler Vol. 7- Crônicas (1988)
Carlos Eduardo Novaes
Atica
(1988)



Princípios de Física - Volume 3 - Eletromagnetismo
John W. Jewett Jr., Raymond A. Serway
Cengage Learning
(2011)



O Tarot Alquímico
Molinero
Mandala



As Civilizações do Mar Vermelho
Gui Annequin
Ferni
(1978)



Receitas Dukan - Minha Dieta Em 300 Receitas
Dr. Pierre Dukan
Best Seller
(2015)





busca | avançada
51690 visitas/dia
2,0 milhão/mês