Comentários do IP 201.21.106.114 | Digestivo Cultural

busca | avançada
62879 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Um Recital para Ariano - com Antônio Nóbrega
>>> Coletiva de Arte Naïf | Galeria Jacques Ardies
>>> Cia O Grito evoca os fantasmas do teatro em nova peça
>>> Meu Reino por um Cavalo faz temporada online a partir de 2 de dezembro
>>> Rosas Periféricas apresenta espetáculos sobre memórias e histórias do Parque São Rafael
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
>>> A Lei de Murici
>>> Três apitos
>>> World Drag Show estará em Bragança Paulista
>>> Na dúvida com as palavras
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Aforismos com juízo
>>> Encontros (e desencontros) com Daniel Piza
>>> Quando uma moto se apaixona
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> A Serbian Film: Indefensável?
>>> Uma década no rastro de Paulo Francis
>>> Uma década no rastro de Paulo Francis
>>> Digestivo Cultural na ABL
>>> Seis anos em seis meses
>>> Valeu a espera
Mais Recentes
>>> La Structure des Révolutions Scientifiques de Thomas S. Kuhn pela Flamarion (1972)
>>> Terceiro Mundo - Unidade e Emergência de J. Soares Pereira pela Nstituto Brasileiro de Estudos (1962)
>>> Filosofia, História e Sociologia das Ciências de Org. Vera Portocarrero pela Fundação Oswaldo Cruz (1994)
>>> Bacharel Ou Professor? Processo Reestruturação Cursos de Formação... de Donaldo Bello de Souza e Rodolfo Ferreira (org.) pela Quartet (2000)
>>> Proezas do Menino Jesus de Luís Jardim pela José Olympio
>>> Facetas do Império na História: Conceitos e Métodos de Vários Autores pela Hucitec (2008)
>>> A Mulher Afrodita de Mário René Schweriner pela Harmonia (1993)
>>> Sic 2009 - Provas na Integra Brasil de Atilio Gustavo B. Barbosa e Sandriane D. Caldeira pela Medcel (2009)
>>> O Que é o Espiritismo de Allan Kardec; Evandro Noleto Bezerra pela Lake (2006)
>>> Vita Di Galileo Galilei de Antonio Banfi pela Cuem (1962)
>>> Metamorfose do Poder: Prolegômenos Schmittianos a Toda Sociedade Futur de Alexandre Franco de Sá pela Viaverita (2012)
>>> O Rebelde do Traço: a Vida de Henfil de Denis de Moraes pela Jose Olympio (1996)
>>> Manual de Administração de Loja de Waldyr Jacinto de Araújo pela Essimger (1987)
>>> Buriti Plus. Matemática - 4º Ano de Vários Autores pela Moderna (2019)
>>> Reconstrução do Homem - 2ª Edição de Plinio Salgado pela Voz do Oeste (1983)
>>> Lesprit Dans La Machine: Fondements de Lintelligence Artificielle de John Haugeland pela Odile Jacob (1989)
>>> O Primo Basílio - Série Bom Livro de Eça de Queirós pela Ática (1998)
>>> Homo Ludens: Essai Sur La Fonction Sociale Du Jeu Capa Comum de Johan Huizinga pela Gallimard (1951)
>>> Buriti Plus. Português - 4º Ano de Vários Autores pela Moderna (2020)
>>> Regards Numero 8 L Ethique Quelques Reperes de Vários Autores pela Economica (1994)
>>> Calcul des Probabilités de Henri Poincaré pela Gauthier Villars (1912)
>>> Trabalho Produtivo Em Karl Marx-velhas e Novas Questões de Vera Cotrim pela Alameda (2012)
>>> Verdi Em Versos de Mendel Mendlewicz pela Gafisa (2004)
>>> Buriti Plus. História - 4º Ano de Vários Autores pela Moderna (2019)
>>> La Philosophie Empiriste de David Hume de Michel Malherse pela J. Vrin (1976)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sábado, 19/5/2007
Comentários
201.21.106.114


Ser descoberto?
Dri, ser descoberto? Por Deus! Escritor que se preza não cai nessa lorota de Brasil colônia; já éramos Brasil muito antes dos portugueses, já somos o que somos muito antes de um zé chegar e nos imprintar uma marca. Tem muito escritor bicho grilo, passa dos 30 escrevendo e indo em sarau. Não sabe a importância de dar uma entrevista, teatralizar um texto, participar de uma ONG. Outros [esses sim], criam sites, trazem propostas mais interativas, contemporâneas. Ser descoberto? Olha! Acho que isso é um luxo de poucos. Basta que se aperte a mão do publisher, tome um cafezinho. Ou você acha que um bom material e um bom público é suficiente? Esses atributos, eu e muitos outros já temos. Mas não basta. À editora não vale apenas o que o mercado está ditando como padrão, mas o autor que, de alguma forma, consegue se infiltrar no quadro daquela empresa, marcar uma reunião, apresentar os prós e contras de seu projeto. E todas elas, meus amigos, não nos permitem fazê-lo. Querem por correio.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Marcel Dias Pitelli
http://www.marcelpitelli.com.br
19/5/2007 às
18h52 201.21.106.114
Marcel Dias Pitelli no Digestivo...
 
Brainstorm? Era protesto!
Tá bom, Julio! Eu fui lá e fiz meu blog! Coloquei um texto legal, que impactou vários amigos meus; alguns escritores, outros não. Mas e aí? Como divulgar essa joça? Sabe o que eu acho? Entra no orkut! Estamos criando a história em Word, ilustrando com o Image Bank. Aí, você pega o PDF 995 e transfere o arquivo doc para formato pdf, tranca contra cópia. Finalmente, vai no RapidShare e disponibiliza para download. Agora estamos falando. Acho que blog vai sair fora. Está se tornando uma ferramenta para diário pessoal. Ninguém lê seu blog, a menos que você o tenha cruzado com blogs de famosos ou você seja um. Meu livro foi divulgado em todo Brasil; todo mundo gostou, vendeu e a tiragem acabou. Agora eu peno para encontrar uma editora comercial que o banque. O leitor nunca tem $; o editor está sempre ausente. Nós estamos lá no orkut, escrevendo e arrasando nas comunidades literárias, abrindo sites, ajudando outros escritores. Infelizmente, o papel e o selo ainda contam e muito...

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Marcel Dias Pitelli
http://www.marcelpitelli.com.br
18/5/2007 às
22h01 201.21.106.114
(+) Marcel Dias Pitelli no Digestivo...
 
Opinião [parte 5]
De outra forma, parece-me que a literatura, de uns tempos para cá - e a televisão muito teve a contribuir -, está se direcionando ao escracho. Finalmente, temos livros curtos, práticos, que passam uma mensagem digerível a ambos os gêneros, alguns que se atrevem a cruzar todas as faixas etárias: um contra-senso, o nonsense. Maquiavelice, sátira deslavada; coisinhas e maldições que não são para serem lidas e pronunciadas, o tal do INDEX nos instiga. Quem duvidar, comecem a observar os dramaturgos contemporâneos, ver o caminho que estão traçando. A globalização, distribuição desigual de renda, crescimento acelerado das cidades; temos uma inversão de valores, desestabiliza e instaura novos padrões estéticos na metrópole; o paulistano, no caso, está frio, distante e indiferente. O intelectual se coloca em ar de superioridade e ridiculariza a pobreza. Vivemos uma era de individualismo e desagregação social.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Marcel Dias Pitelli
http://www.marcelpitelli.com.br
17/5/2007 às
15h11 201.21.106.114
(+) Marcel Dias Pitelli no Digestivo...
 
Opinião [parte 4]
Querem saber da verdade? Vou dizer a vocês, talvez relatando minha experiência; por certo, deve ser pequena em comparação à dos amigos jornalistas e blogueiros [nunca acreditei em blog, essa ferramenta unilateral]... Mas vamos por partes! Primeira coisa: com exceção a alguns blogs portugueses, ilustrados e cruzados [comunicados?], com vídeos e outras ferramentas midiáticas; os demais, a menos que sejam ‘impressionantes’, estão fadados a morrer. No Brasil, isso se reforça. Blogs de amigos meus, escrevem magistralmente, não têm visitas. Amigos, não é que o brasileiro não leia. Aliás, esse me soa um daqueles estereótipos que nos imputamos, reforço da transculturalização; como o do poderio americano e com o qual persistimos em nos equiparar sem antes estudarmos as imagens, a publicidade e o ‘Soft Power’. Assim fosse, literatura precária, jornal, revista, quadrinhos, Mangá, nada se venderia no Brasil.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Marcel Dias Pitelli
http://www.marcelpitelli.com.br
17/5/2007 às
15h09 201.21.106.114
(+) Marcel Dias Pitelli no Digestivo...
 
Opinião [parte 3]
Julio tem razão em alguns pontos. Acredito que quis falar de ambivalência, mas não chegou a mencioná-la. Afinal de contas, escritores que somos, expostos a leitores e toda uma mídia, já não nos basta a tal autocrítica [a nos deglutir vivos], devemos também fatalmente nos adaptar a uma realidade líquida e conceitos de mercado a nós sigilosos. Quando se trata de autocrítica, eu e muitos que conheço, nos pegamos num continuum refazendo a musicalidade de um trecho até que ressoe como um senoidal. Essa, para alguns lingüistas, seria uma forma de captar a atenção do leitor, tão disperso ao som de buzinas, o choro de caninos e bebês desmamados. De certa forma, parece-me que a ‘boa literatura’ está à mercê da realidade, turvando-se mais ficcional do que a própria ficção.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Marcel Dias Pitelli
http://www.marcelpitelli.com.br
17/5/2007 às
15h07 201.21.106.114
(+) Marcel Dias Pitelli no Digestivo...
 
Opinião [parte 2]
Não sei o que dizer: vim pedir espaço no Digestivo [assim como noutros sites literários], publicar meus contos, e o trabalho não é fácil [dentre várias linhas, sou colunista de Relações Internacionais pelo www.mundori.com.br, escrevo surrealismo, psicológico, suspense, realismo fantástico e poesia]. Meu nome já saiu no Diário de SP, no Jornal do ABC, na Jovem Pan, na coluna de Cezar Giobbi, Mônica Bergamo... Big shit? Yeah! Vez em quando estou no Chateaubriand, lendo ‘curtinhos’ a platéias de 200 pessoas. Esta semana, sentei-me ao lado de Marcelino Freire, entreguei-lhe meu livro [‘Sila’, o primeiríssimo de uma trilogia... Meu site é legal, temos todo um trabalho no Orkut; um trecho que foi também teatralizado no Chateaubriand - atores vindos do Nilton Travesso - e está online]. O que posso dizer, ‘Brasileiro não desiste nunca’? Que talvez um dia eu crie um blog e dê espaço a todos? Não sei. Eu precisaria me colocar na pessoa do Julio, saber o que é esse lado de selecionar e desprezar.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Marcel Dias Pitelli
http://www.marcelpitelli.com.br
17/5/2007 às
15h07 201.21.106.114
(+) Marcel Dias Pitelli no Digestivo...
 
Opinião [parte 1]
Amigos, como vocês mesmos dizem, venho descobrindo a cada dia que mais tenho a saber desse complexo meandro, ‘Mercado Editorial’ [parece se cruzar com fortes noções de sociabilidade]. Julio me conhece, falamos por e-mail várias vezes. Sempre me foi muito cordial. Creio eu, devo fazer parte dessa maldita esfera de estreantes. Dela não consigo me desvencilhar e jamais irei - muito me enraivece a falta de solidariedade num campo tão narcisista quanto as Letras - mais do que nunca, me proponho ajudar os que estão na mesma situação. Muitos estão abrindo sites e cobrando pelo espaço, perpetuando os empreendimentos comerciais que já se exaurem nas esferas editoriais; outros, mais corajosos, abrem espaços gratuitos [Sanfrei Books, Turba Literária, Garganta da Serpente...]. Seria o momento de falar das hierarquias que permeiam as instituições literárias, do quão paradoxais se colocam quando ignoram os ‘novos’ e ao mesmo tempo investem pela freqüentação de leitores? Prefiro nem comentar.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Marcel Dias Pitelli
http://www.marcelpitelli.com.br
17/5/2007 às
15h04 201.21.106.114
(+) Marcel Dias Pitelli no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Contabilidade para Executivos
André Luis Fernandes Limeira
Fgv
(2003)



O menino que veio para ficar
Ganymédes José
Edijovem
(1977)



Socorro! Preciso de motivação
Luiz A. Marins Filho, Ph. D.
Harbra
(1995)



O Livro Branco
Jean Cocteau
Assírio&Alvim
(2010)



Tristao e Isolda - o Mito da Paixão
Maria Nazareth Alvim de Barros Barros
Mercuryo
(1996)



A Criança e Seu Desenvolvimento
Zilma de M. Ramos de Oliveira
Cortez
(2001)



Umbanda e o Sentido da Vida - Mediunidade de Incorporação - 2ª Ed
Alexandre Cumino
Madras
(2018)



Produção gráfica II
Mária Carramillo Neto
Global
(1997)



Um Certo Jaques Netan
Carlos Nejar
Aché
(1991)



Tropical Sol da Liberdade
Ana Maria Machado
Nova Fronteira
(2008)





busca | avançada
62879 visitas/dia
1,9 milhão/mês