Um Coração Simples, de Flaubert, por Milton Hatoum | Digestivo Cultural

busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Missão à China
>>> Universidade do Livro desvenda os caminhos da preparação e revisão de texto
>>> Mississippi Delta Blues Festival será On-line
>>> Tykhe realiza encontro com Mauro Mendes Dias sobre O Discurso da Estupidez
>>> Trajetória para um novo cinema queer em debate no Diálogos da WEB-FAAP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> AC/DC 1977
>>> As maravilhas do mundo que não terminam
>>> Nem Aos Domingos
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> A firma como ela é
>>> Grandes Pianistas do Século XX
>>> PublishNews entrevista Ana Elisa Ribeiro
>>> Manual prático do ódio
>>> Isn’t it a bliss, don’t you approve
>>> Roberto Carlos:Detalhes em PDF
Mais Recentes
>>> Doce Cuentos Peregrinos de Gabriel García Márques pela Plaza Janés (1999)
>>> A cadeira de prata - As crônicas de Nárnia de C. S. lewis pela Martins Fontes (2003)
>>> Ases nas alturas - Wild Cards de George R. R. Martin pela Leya (2013)
>>> Homens de grossa aventura. Acumulação e hierarquia na praça mercantil do Rio de Janeiro 1790-1830 de João Luís Fragoso pela Civilização Brasileira (1998)
>>> Anjos caídos de Asa Schwarz pela Planeta (2010)
>>> Um conto do destrino de Mark Helprin pela Novo Conceito (2014)
>>> O diabo e a Terra de Santa Cruz de Laura de Mello e Souza pela Companhia das Letras (1986)
>>> O Antigo Regime nos trópicos de João Fragoso & Maria Fernanda Bicalho & Maria de Fátima Gouvêa. Organizadores pela Civilização Brasileira (2010)
>>> Dominguinhos o Neném de Garanhuns de Antônio Vilela de Souza pela Garanhuns (2014)
>>> Viva a Vagina de Nina Brochman / Ellen Sorkken Dahl pela Pararela (2017)
>>> Grandes Pensadores em Psicologia - 10A de Rom Harré pela Roca (2009)
>>> A Amiga Genial de Elena Ferrante pela Biblioteca Azul/ Globo (2015)
>>> Steve Jobs : a biografia de Walter Isaacson pela Companhia Das Letras (2011)
>>> A Encantadora de Bebês de Tracy Hogg; Melinda Brau pela Manole (2006)
>>> Cien Años de Soledad de Gabriel Garcia Marques pela Plaza Janés (1999)
>>> O Taro Adivinhatório de Vários pela Pensamento
>>> Os Segredos de Uma Encantado de Bebês de Tracy Hogg; Melinda Brau pela Manole (2002)
>>> A Droga da Obediência de Pedro Bandeira pela Moderna (2009)
>>> O Paraíso na Outra Esquina de Mario Vargas Llosa pela Arx (2003)
>>> A Festa da Insignificância de Milan Kundera pela Companhia das Letras (2014)
>>> História da Menina Perdida de Elena Ferrante pela Biblioteca Azul/ Globo (2017)
>>> A Lenda do Graal (Do Ponto de Vista Psicológico) de Emma Jung e Marie Louise Von Franz pela Cultrix (1991)
>>> Capitães da Areia de Jorge Amado pela Record (1975)
>>> O Verão Sem Homens de Siri Hustvedt pela Companhia das Letras (2013)
>>> Hostória de Quem Foge e de Quem Fica de Elena Ferrante pela Biblioteca Azul/ Globo (2016)
>>> Pontos De Fuga - O Lugar Mais Sombrio - Vol. 2 de Milton Hatoum pela Companhia das Letras (2019)
>>> A Ilha do Dia Anterior de Umberto Eco pela Record (1995)
>>> A Invenção do Sonho de Moema de Castro e Silva Oliveira pela Âncora (2017)
>>> Manuelzão e Miguilim de João Guimarães Rosa pela Nova Fronteira (1984)
>>> Iluminando o retorno-Halachhot Teshuvá [Judaismo ] de Rabino Isaac Dichi pela Nascente (2014)
>>> Serial Killer - Louco ou Cruel? de Ilana Casoy pela Ediouro (2008)
>>> Compaixão de Toni Morrison pela Companhia das Letras (2009)
>>> A Fórmula para a felicidade-[judaismo] de Rabi Friedman pela Friedman Brooklin (2015)
>>> Ponto Ômega de Don DeLillo pela Companhia das Letras (2011)
>>> O que importa é o amor de Marcelo Cezar pelo espirito marco aurélio pela Vida e consciência (2013)
>>> O Deus das Pequenas Coisas de Arandhati Roy pela Companhia das Letras (1998)
>>> Sol - a Experiência Humana de José Duclerc Moretti Santana pela Do autor (2010)
>>> Princípios de telecomunicações teoria e prática de Júlio Cesar de Oliveira Medeiros pela Érica (2014)
>>> Coleção folha grandes vozes Nat King Cole nº19 de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> Apostas mortais - Wild cards de George R. R. Martin pela Leya (2020)
>>> Avaliaçao Dos Comportamentos Depedentes - 10A de Donovan Marlatt pela Roca (2016)
>>> Calculo E Administraçao De Medicamentos Na Enfermagem - 10A de Marcelo Tardelli da Silva pela Martinari (2018)
>>> Educação E Saúde. Cenários De Pesquisa E Intervenção - 10A de Gilberto Tadeu Reis da Silva pela Martinari (2011)
>>> Geriatria. Manual da Lepe - 10A de Maria Elisa Manso pela Martinari (2015)
>>> Manual do Socorrista - 10A de Martinari pela Martinari (2013)
>>> Conquiste Seus Alunos - 10A de Roberto shinyashiki pela Gente (2011)
>>> Novo tratado de fonoaudiologia - 10A de Otacílio Lopes Filho pela Manole (2013)
>>> Netter Atlas De Cabeça e Pescoço - 10A de Neil Norton pela Elsevier (2015)
>>> Todos los Vientos de Antonio Secchin pela Ediciones Gitanjali (2004)
>>> Ensinando ginástica para crianças - 10A de Peter H. Werner pela Manole (2015)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Segunda-feira, 14/10/2013
Um Coração Simples, de Flaubert, por Milton Hatoum
Julio Daio Borges

+ de 13100 Acessos




Digestivo nº 495 >>> Em meados da década de 2000, Milton Hatoum deu um curso na Casa do Saber. Estava às vésperas de lançar Cinzas do Norte (2005), e Dois Irmãos (2000) era objeto de culto só de alguns críticos, como Daniel Piza. Naquele curso, Milton Hatoum mencionou suas traduções de Faulkner e de Flaubert. Era um momento em que a Cosac Naify, pujante na fase desbragada de Augusto Massi, incentivava tradutores, pagando-lhes verdadeiros direitos autorais, em edições luxuosas, de capa dura. Foi na coleção "Prosa do Mundo" que saiu Três Contos, de Gustave Flaubert, uma parceria de organização (e tradução) entre Milton Hatoum e Samuel Titan Jr., então uma estrela ascendente na Flip e na mesma Casa do Saber. Os anos se passaram, e Milton Hatoum tinha razão: o conto "Um Coração Simples", sobre a vida da criada Félicité, é primoroso. Se mais contistas brasileiros o lessem, nos poupariam de seus próprios volumes de contos. Flaubert, como todo mundo sabe, é um estilista como poucos. Se Nabokov escreveu seus contos como um poeta (que também foi) ― e pode ser colocado ao lado de Tchekhov e Hemingway, como mestre da forma ―, Flaubert não transborda em poesia, mas aplica a precisão que a história exige, construindo-a como uma pequena obra-prima. Se Nabokov nos impressiona com seu poder verbal, Flaubert não nos impressiona: deixa que a história nos impressione sozinha. Se tecnicamente, o domínio é absoluto, estruturalmente, a composição não fica atrás. Na história da literatura, não são muitas as personagens esculpidas com a perfeição da Félicité de "Um Coração Simples". Subvertendo a expectativa de quem esperava uma heroína, uma mártir ou alguém "nobre", Flaubert nos brinda com uma criada. Hoje, uma empregada doméstica? Uma daquelas figuras-chave em qualquer família, que, além das tarefas domésticas, faz as vezes de mãe, de tia, às vezes de avó, emprestando seu amor materno (mesmo sem filhos), transformando uma casa num "lar", funcionando como braço-direito da dona, ajudando, enfim, na sustencação social, e psicológica, daquele núcleo que é simplesmente a base de qualquer sociedade. A beleza de Félicité, justamente, reside no fato de que ela ignora a complexidade do mundo, não compreende as sutilezas da convivência humana, tem origem humilde, não é estudada, mas age brilhantemente "por instinto", responde às demandas com galhardia e, no seu despojamento natural, cativa. É impossível terminar a história sem se deixar conquistar por esse "coração simples" (ou "singelo", na tradução de Fernando Sabino). Flaubert concentra a participação de Félicité na vida da família da senhora Aubain, mas acrescenta um prelúdio, narrando a juventude da criada, e finaliza com seus últimos anos, sozinha, na casa vazia, após a morte da senhora, e a erosão daquele círculo íntimo. No extremo oposto das práticas da nossa época, onde a "literatura" virou uma forma mal disfarçada de autobiografia, Flaubert, como um pintor, constrói painéis. É um observador poderoso, não se consola com uma visão "impressionista" da realidade, procura ajustar cada detalhe, como numa engrenagem, onde cada peça é única e não pode ser substituída. "Le mot juste", reza o clichê ― que, aliás, todo mundo repete, mas que a grande maioria dos escritores não entende (ou não põe em prática, o que dá no mesmo). Em música, é como se Flaubert, ao escrever uma canção, ou uma suíte, compusesse uma sinfonia, com o mesmo rigor, e o mesmo cuidado com a harmonia de conjunto. Por último, a escolha dos temas. Suas narrativas não soam como um "acerto de contas"; Flaubert não "se justifica" através delas. Não quer entender uma particularidade sua, forjando uma "paisagem" em torno. Como um grande artista, escolhe, primordialmente, um grande tema ― e o explora a fundo. Se um grande tema não se apresenta, Flaubert não se sente na obrigação de preencher um vazio, apenas para entregar "um novo livro" (como tantos fazem hoje em dia). A grande arte, como sempre, está acima das demandas de mercado. É preciso repetir? Flaubert, mais do que tudo, fala por si. E ler "Um Coração Simples", na tradução de Milton Hatoum, é um privilégio que a Cosac Naify, com todo o seu projeto gráfico nababesco, nos proporciona.
>>> Três Contos | Um Coração Singelo
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Fernando Pessoa, o Livro das Citações, por José Paulo Cavalcanti Filho (Literatura)
02. A Eclosão do Twitter, de Nick Bilton (Internet)
03. Como tirar proveito de seus inimigos, de Plutarco (Além do Mais)
04. Surf Hype, o maior blogueiro de São Paulo (Internet)
05. Jornalismo mentira, humorismo verdade (Artes)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O SILÊNCIO DOS AMANTES
LYA LUFT
RECORD
(2008)
R$ 5,00



MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA NO VOLEIBOL PROFISSIONAL
CARLOS " CACÁ" BIZZOCHI
ED. DO AUTOR
(2008)
R$ 20,99



ESTUDOS FEMINISTAS – VOLUME 12 - Nº 1
VÁRIOS AUTORES
UFSC
(2004)
R$ 7,50



COLEÇÃO VIVER, APRENDER - CIÊNCIAS DA NATUREZA E MATEMÁTICA
CARLA NEWTON SCRIVANO E ...
GLOBAL
(2013)
R$ 18,00



MANUAL DO CAFEICULTOR
E. A. GRANER E C. GODOY JR. (COORD.)
MELHORAMENTOS
R$ 9,00



CORDA PARA SE ENFORCAR
MICHAEL THOMAS
RECORD
(1988)
R$ 5,00



PSYCHOLOGY: S AYSTEMATIC INTRODUCTION
WILLIAM R. THOMPSON RICHARD C. DEBOLD
MCGRAW-HILL
(1971)
R$ 19,84



COMUNICAÇÃO & CORRUPÇÃO (COM CD)
WILMA MORAIS (COORDENAÇÃO)
UFPE
(2011)
R$ 30,00



DESBUROCRATIZAÇÃO
FRANCISCO GOMES DE MATOS
BIBLIOTECA EXÉRCITO
(1979)
R$ 45,00



VERDI
PIERRE PETIT
EDITIONS DU SEUIL
R$ 35,88





busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês