Vestibular, Dois Irmãos e Milton Hatoum | Marcelo Spalding | Digestivo Cultural

busca | avançada
28444 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FÁBRICA DE CALCINHA, PARTE DA MOSTRA CENA SUL, EM TRÊS APRESENTAÇÕES NO SESC BELENZINHO
>>> PROJETO MÚSICA EXTREMA, DO SESC BELENZINHO, TRAZ EM MARÇO A BANDA REFFUGO, DE DEATH METAL
>>> ESPETÁCULO DE DANÇA ENCHENTE, COM DIREÇÃO DE FLAVIA PINHEIRO (PE), EM TRÊS DATAS NO SESC BELENZINHO
>>> EU e MÁRIO DE ANDRADE Livro de Anotações para Viagens Reais e Imagin
>>> Atom Pink Floyd Tribute retorna ao Rio Grande do Sul
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
>>> Um olhar sobre Múcio Teixeira
>>> Algo de sublime numa cabeça pendida entre letras
Colunistas
Últimos Posts
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
Últimos Posts
>>> Domingos de Oliveira (1936-2019)
>>> Latitudes & Longitudes
>>> Renovação
>>> Prefácio
>>> Descendências
>>> Nem mais nem menos
>>> Profissão de fé
>>> Direções da véspera III
>>> Mirante
>>> In Albis
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O fim da revista Bravo!, na editora Abril
>>> Generaciones de blogueros
>>> Os ombros suportam o mundo
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Votos Úteis
>>> A vida como encenação
>>> Proust, rugas e colesterol
>>> A ascensão de um novo faroeste
>>> Trauma paulistano
>>> Terra Papagalli
Mais Recentes
>>> Sob o Sol da Índia de Julia Gregson pela Agir (2009)
>>> Conversa Sobre o Tempo:zuenir Ventura Luis Fernando Verissimo de Arthur Dapieve pela Agir (2010)
>>> Dedé Mamata: Eles Só Aplaudem Quem Chega de Vinicius Vianna (autografado) pela Anima (1985)
>>> Poemas Escolhidos de Fernando Pessoa pela Globo (1997)
>>> Brás, Bexiga e Barra Funda & Laranja da China de Antônio de Alcântara Machado pela Globo (1997)
>>> Deixe-me partir de Tanis Fernandes de Carvalho pela Petit (2014)
>>> O Silvano de Anton Tchékhov pela Globo (2005)
>>> Belas e comoventes histórias de Oswaldo Iório pela Eme (2013)
>>> As vidas de Arthur de Ana Diegues/Alberto pela Aliança (2013)
>>> Veteranos do Zumbi: Ha 50 Anos Correndo Atras da Bola de Mario Moutrinho & Janir de Souza Lima pela Ediçao do Autor (1998)
>>> O Ajuste Impossível de Aloisio Teixeira (autografado) pela Edufrj (1994)
>>> Armadilhas da Sedução - os Romances de M. Delly de Maria Teresa Santos Cunha pela Autêntica (2007)
>>> Machado de a a X - um Dicionário de Citações de Lucia Leite Ribeiro Prado Lopes pela 34 (2001)
>>> Bocage - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril (1980)
>>> A Outra Vida de Catherine Millet pela Agir (2009)
>>> A Vida Sexual de Catherine Millet pela Agir (2003)
>>> A Torre Negra #VII de Stephen King pela Ponto de Leitura (2014)
>>> Quarta-feira de cinzas de Ethan Hawke pela Ediouro (2003)
>>> Lisola del Tesoro (2725) de R. L. Stevenson pela Mursia (1993)
>>> Chew Me Up Slowly (2683) de Mário Quintana pela Globo (1978)
>>> Memorização Leitura Dinâmica Concentração Oratória P/ Iniciantes de Acácio Moraes Garcia (2122) pela Edeme (1995)
>>> Livro de Cânticos Volume III (1855) de Hilaire de Souza pela Life
>>> Lonely Planet: Rio de Janeiro (1756) de Regis St. Louis pela Lonely Planet (2006)
>>> Revista Capixaba de Filosofia e Teologia - A. 6 Nº10 (681) de Diversos pela Iftav/fsv (2008)
>>> Revista Capixaba de Filosofia e Teologia - a 7/ Nº12 (765) de Diversos pela Iftav/fsv (2009)
>>> Estudos Filosóficos Nº 12 (784) de Diversos pela Ufsj (2014)
>>> Superman - o Que Aconteceu ao Homem de Aço ? (4669) de Alan Moore e Curt Swan pela Panini Books (2016)
>>> Senhoras e Senhores (960) de Orlando Brito pela Fiat (1993)
>>> Mosca-varejeira (4622) de Patricia D. Cornwell pela Companhia das Letras (2006)
>>> Cbf Nike (6309) de Aldo Rebelo e Silvio Torres pela Casa Amarela (2001)
>>> Pátria Brasileira (4860) de Antônio Davila pela Difusora Culrural (1967)
>>> A Modernidade da Pintura no Rio Grande do Sul (4002) de Marilene Burler Pieta pela Sagra (1995)
>>> Entre Penas e Pincéis - Manuscritos do Artista Plástico (2298) de Willy Alfredo Zumblick pela Universitária (1998)
>>> O Egoísta (6977) de George Meredith pela Ediouro (1995)
>>> Yoga da Alimentação (3283) de Chiang Sing pela Freitas Bastos (1975)
>>> Eu Sou Ozzy (7216) de Ozzy Osbourne pela Benvirá (2010)
>>> Uma Casa para o Sr. Biswas (1457) de V. S. Naipaul pela Companhia das Letras (1988)
>>> A Deusa: as Vidas Secretas de Marilyn Monroe (4632) de Anthony Summers pela Best Seller (1987)
>>> Cleópatra: uma Biografia (7600) de Stacy Schiff pela Zahar (2011)
>>> De Todo o Meu Ser (7562) de Mônica de Castro pelo Espírito Leonel pela Vida & Consciência (2010)
>>> O Triunfo de Sharpe (7309) de Bernard Cornwell pela Record (2011)
>>> Acelere Seu Metabolismo (7295) de Lyssie Lakatos e Tammy Lakatos Shames pela Best Seller (2010)
>>> História de Santa Catarina (7269) de Oswaldo Rodrigues Cabral pela Ufsc (1968)
>>> Christine (2966) de Stephen King pela Ponto de Leitura (2011)
>>> Laowai: Histórias de uma Repórter Brasileira na China (6739) de Sônia Bridi pela Letras Brasileiras (2008)
>>> A História: a Bíblia Contada Como uma Só História do Começo ao Fim de Zondervan Corporation (6889) pela Sextante (2009)
>>> Goldman Sachs, a Cultura do Sucesso (6330) de Lisa Endlich pela Nobel (2000)
>>> A F. E. B. pelo Seu Comandante (5927) de Marechal J. B. Mascarenhas de Moraes pela Instituto Progresso Editorial (1947)
>>> Educação e Contemporaneidade Revista Faeeba Vol 15 N. 25 (5218) de Obra Coletiva pela Uneb (2006)
>>> Sangue na Neve (3478) de Lisa Gardner pela Novo Conceito (2013)
COLUNAS

Terça-feira, 31/7/2007
Vestibular, Dois Irmãos e Milton Hatoum
Marcelo Spalding

+ de 27100 Acessos

Confesso que este título é uma isca para vestibulandos, mas é também uma lista dos assuntos que pretendo abordar a seguir, em ordem inversa. Isso porque a UFRGS, maior universidade pública do meu Estado, pela primeira vez colocou em seu concorrido vestibular obras de autores ainda vivos como leituras obrigatórias; no caso, o já esperado gaúcho Luiz Antônio de Assis Brasil e aquele que tem se consolidado como grande nome da literatura contemporânea brasileira, Milton Hatoum.

Leitura obrigatória de vários vestibulares importantes, como os da UFSC, UFMS e UFAM, o manauara Hatoum conseguiu um feito incrível ao ganhar três prêmios Jabutis (o mais importante da literatura nacional) com os três romances que publicou, Relato de um certo Oriente, sua estréia, em 1989; Dois Irmãos, em 2000, e Cinzas do Norte, em 2005. É como um ator estrear ganhando o Oscar e nas suas duas atuações seguintes vencer o prêmio novamente. Tal reconhecimento, aliado a uma postura acadêmica ativa e produtiva, com diversas palestras proferidas e artigos publicados no Brasil e no exterior, abriu caminho para o reconhecimento canônico de um contemporâneo e levou-o ao seleto panteão de autores obrigatórios nos vestibulares.

Dos seus romances, Dois Irmãos é o mais estudado e citado, pois aqui o autor aprofunda a temática e a forma de sua estréia, mas não deixa a história tão fragmentada e elíptica como em Relato de um certo Oriente, facilitando assim sua assimilação pelo leitor médio. Nael, filho da empregada de uma família importante, conta a história de dois irmãos de personalidades opostas e ódio inevitável, Yaqub e Omar (tema, aliás, já explorado por Machado de Assis em Esaú e Jacó). Mas a narrativa, que aparentemente se centra na rivalidade entre os irmãos, mostra-se aos poucos uma história complexa, uma última tentativa de Nael descobrir a identidade de seu pai, pois, como o leitor vai descobrindo ao longo da história, a mãe de Nael, Domingas, era apaixonada por Yaqub, mas fora abusada pelo inconseqüente Omar, privando o filho, o narrador, da certeza sobre suas origens, se fora o amor ou o abuso, o irmão ambicioso e trabalhador ou o rebelde e violento.

A questão da busca pela identidade, aliás, é tema central em Dois Irmãos, em toda a obra de Hatoum e em boa parte da literatura brasileira contemporânea, tornando-se uma questão potencial nestes vestibulares de "xizinhos". Mais do que tentar descobrir quem é seu pai, Nael busca descobrir-se, encontrar seu lugar no mundo assim como seus patrões imigrantes tiveram de se adaptar numa nação distante e desconhecida, deixando atrás desse esforço um rastro de incompreensão, mágoas e saudades. A estratégia para reconstruir essa identidade é a memória; já no primeiro capítulo do primeiro livro de Hatoum lê-se a frase "a vida começa verdadeiramente com a memória" e, de fato, é a memória que inaugura e guia a narrativa. A memória e seus desencontros, suas lacunas, sua atemporalidade.

Se em Dois Irmãos o narrador é sempre Nael, em Relato de um certo Oriente e em Cinzas do Norte temos diversos narradores além do principal, narradores que se alternam nos capítulos, tornando os livros mosaicos de vozes que ajudam o leitor a compor as histórias e os narradores a reconstruirem suas memórias e suas identidades. Nestes dois livros, como em Dois Irmãos, o espaço é a Manaus da metade do século XX e o cenário dos acontecimentos é o seio de uma família importante, em geral endinheirada, mas decadente, onde há presença do casal e dos filhos numa relação sempre conflituosa: ou irmãos se odeiam, como em Relato... e Dois Irmãos, ou pai e filho não se suportam, como em Cinzas do Norte.

É interessante notar ainda que no final de Dois Irmãos há uma cena em que tanques do exército tomam a praça central de Manaus, numa clara alusão ao Golpe Militar que inaugurava ali um novo tempo, mas a questão política passa ao largo deste romance para surgir com força em Cinzas do Norte, onde o protagonista, Mundo, é um jovem rico e subversivo, apaixonado por arte e sufocado numa família e num espaço opressores (não apenas a Manaus decadente da segunda metade do século como também o Brasil ditatorial, com seus patriarcas e majores com poder absoluto).

Trazendo a questão política para dentro do romance, em Cinzas do Norte o romancista também deixa mais evidente a questão social, a desigualdade e a problemática sociais, já presentes em seus primeiros livros. Ainda que em Dois Irmãos não haja ímpetos revolucionários, Nael diz que Domingas, sua mãe, "trabalha como uma escrava" e chega a expressar a angústia de não poder nem tirá-la daquele ambiente nem mudar sua vida, preso àquelas amarras sociais em que o capricho dos patrões dita os rumos da vida dos empregados:

"[Quando eu pensava em fugir] a imagem da minha mãe crescia na minha cabeça, eu não queria deixá-la sozinha nos fundos do quintal, não ia conseguir... Ela nunca quis se aventurar. 'Estás louco? Só de pensar me dá uma tremedeira, tens que ter paciência com a Zana, com o Omar, o Halim gosta de ti.' Domingas caiu no conto da paciência, ela que chorava quando me via correndo e bufando, faltando aula, engolindo desaforos."

Por fim, aos vestibulandos que agora lêem resumos ou o romance de Hatoum em si, posso apenas lembrar que o romancista, em linha com os escritores contemporâneos, explora bastante o não dito, a indeterminação e as múltiplas interpretações que a arte permite, não sendo tão fácil fazer afirmações sobre a obra literária como o é para fórmulas matemáticas. Ainda assim, como diria Umberto Eco, é possível inferir nos textos coisas que eles não dizem explicitamente, mas não se pode fazê-los dizer o contrário do que disseram, como, por exemplo, negar que Romeu se matou porque pensou que Julieta estava morta, e vice-versa. Ou seja, deixe-se levar pela história de Hatoum, converse com colegas e professores sobre os acontecimentos e, mesmo dando margem para várias possibilidades, descarte o quanto antes hipóteses que lhe parecerem absurdas e prefira sempre o que está dito do que a suposição. No caso de Dois Irmãos, por exemplo, e aqui conto o final do livro, não está dito que o pai de Nael é Omar. Talvez esteja sugerido, mas não está dito. E se nem o narrador tem a certeza, como poderíamos tê-la nós, os leitores?

Para ir além






Marcelo Spalding
Porto Alegre, 31/7/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos de Jardel Dias Cavalcanti
02. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão de Luís Fernando Amâncio
03. A literatura de Marcelo Mirisola não tem cura de Jardel Dias Cavalcanti
04. Eu matei Marina Abramovic (Conto) de Jardel Dias Cavalcanti
05. Buenos Aires: guia de viagem de Gian Danton


Mais Marcelo Spalding
Mais Acessadas de Marcelo Spalding em 2007
01. Sexo, drogas e rock’n’roll - 27/3/2007
02. Vestibular, Dois Irmãos e Milton Hatoum - 31/7/2007
03. Com a palavra, as gordas, feias e mal amadas - 30/1/2007
04. O dinossauro de Augusto Monterroso - 10/4/2007
05. Estrangeirismos, empréstimos ou neocolonialismo? - 1/5/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




VIDA & SAÚDE - A CURA PELA NATUREZA Nº 5 - MEL UMA DOCE REDESCOBERTA
MÔNICA XIMENES LEITE E MARIA CRISTINA FRANCISCO
TRÊS
(1983)
R$ 6,00



DA INTERPRETAÇÃO JURÍDICA 2ª EDIÇÃO
MÁRIO FRENZEM DE LIMA (CAPA DURA)
FORENSE (RJ)
(1955)
R$ 17,82



D. PEDRO DALCÂNTARA DE BRAGANÇA 1798-1834: IMPERADOR DO BRASIL
PALÁCIO DE QUELUZ
PAÇO IMPERIAL MIN CULTURA
(1987)
R$ 17,28



DIAGNÓSTICO E PROGNÓSTICO DAS DISPONIBILIDADES HIDRICAS
MONICA LOPES GONÇALVES
UNIVILLE
(2006)
R$ 85,00



62 MODELO PARA ARMAR
JULIO CORTÁZAR
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(2000)
R$ 25,00



O VALE-CULTURA, A SOLUÇÃO?
NIVIA DE ANDRADE LIMA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



CONTROLE AUTOMÁTICO DE UM ROV UTILIZANDO SENSORIAMENTO DE BAIXO CUSTO
VINÍCIUS NIZOLLI KUHN UND SEBASTIÃO C. P. GOMES
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



TEATRO (EVOLUÇÃO HISTÓRICA)
JACQUES BURDICK
VERBO
(1978)
R$ 28,00



CONSPIRACY 365 - LIVRO 01 JANEIRO - O ENIGMA DOS DESENHOS
GABRIELLE LORD
FUNDAMENTO
(2015)
R$ 32,00



TEATRO ARGENTINO - REPERTÓRIO COMPLETO - TOMO II (EM ESPANHOL)
ALBERTO GHIRALDO
EDITORIAL AMERICALEE
(1946)
R$ 25,00





busca | avançada
28444 visitas/dia
1,1 milhão/mês