Play it again, Sam | Digestivo Cultural

busca | avançada
59843 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Pousada e Recanto dos Pássaros – Sítio Vô Elias Maffei
>>> Coreógrafa carioca Esther Weitzman ministra oficina gratuita de dança no Sesc Santana
>>> Caleidos apresenta “Entrevista” para gestores e professores da rede pública de São Paulo
>>> É HOJE (30/9): Mostra Imaginários no Cine Bijou
>>> Etapa apresenta concerto gratuito da Camerata Fukuda com o violinista Ricardo Herz
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> 50 anos de Bossa Nova
>>> O humor da Belle Époque
>>> 24 de Março #digestivo10anos
>>> Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Kindle DX salvando os jornais?
>>> A Casa de Ramos
>>> Reconhecimento
>>> A hora exata em que me faltaram as palavras
Mais Recentes
>>> Fala Sério, Professor! de Thalita Rebouças pela Rocco (2006)
>>> Português Linguagens de William Roberto Cereja Thereza Cochar Magalhães pela Atual (2010)
>>> O Cavalo Em Chamas de Silveira de Souza pela Ática (1981)
>>> Tosco de Gilberto Mattje pela Alvorada (2009)
>>> Cadernos do Ced Nº8 de Org. Maria Conceição de Figueiredo Cardoso Silva pela Ufsc (1986)
>>> Manuale Di Giardinaggio de Peter Mc Hoy pela Fratelli Melita (1991)
>>> Devolver ao Remetente de Fern Michaels pela Lafonte (2012)
>>> Pais e Filhos de Lewis Yablonsky pela Melhoramentos (1990)
>>> A Feast For Crows (book 4) de George R. R. Martin pela Bantam (2011)
>>> Na Casa de Minha Mãe de Kim Chernin pela Imago (1988)
>>> O Quinto Set de Reato Chagas pela Le (1987)
>>> Vivências Empreendedoras -a Prática de Empreendedorismo Em Organização de Edis Mafra Lapolli pela Pandion (2012)
>>> Apuntes Sobre La Teoria de La Música de Maria a Piola pela Da Autora (1958)
>>> Mosaico Social Ano 2 N 2 de Ufsc pela Ufsc (2004)
>>> Consolidação das Leis Tributárias do Município de Florianópolis de Ademar Waterkemper pela Do Autor (1997)
>>> Diálogos Com a Literatura Brasileira I de Marco Vasques pela Movimento Ufsc (2004)
>>> En Defensa del Marxismo: El Derrumbe del Progresismo de Vários pela Rumbos (2001)
>>> Clássicos da Literatura no Vestibular de Carla Mano Paulo Cervi pela Pallotti (1996)
>>> Costela de Adão de Sérgio da Costa Ramos pela Letras Contemporâneas (2007)
>>> Revista Brasileira de Energia Vol 1 Nº 1 de Sociedade Brasileira de Planejamento Energético pela Nova Stella (1989)
>>> Jurisprudência do Cpc Vol Iv de Arruda Alvim Clito Fornaciari Júnior pela Rt (1978)
>>> Crianças sem Problemas de Eduardo Goldenstein; Luiz a S Freitas pela Gente (1994)
>>> Direito Comercial de Dejair Vieira pela Edipro (1993)
>>> O Segredo da Múmia de Molinero Yogakrisnanda pela Mandala (1975)
>>> Paternidade - Investigação Judicial e Coisa Julgada de Glaci de Oliveira Pinto Vargas / Maslova Werlang pela Oab/sc (2004)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Cinema

Quinta-feira, 7/3/2002
Play it again, Sam
Julio Daio Borges

+ de 7400 Acessos




Digestivo nº 72 >>> Ir ao cinema hoje em dia é, quase que invariavelmente, ir de encontro à violência. Não se sabe se por pressões comerciais escusas, mas a componente agressiva e chocante está sempre lá, para dar aquele toque de irrealismo ou absurdo. Até mesmo no último filme dos Irmãos Cohen, os maiores estetas da telona na atualidade. “O Homem Que Não Estava Lá” (título traduzido literalmente do inglês) revive a personagem humphrey-bogartiana, que habita o inconsciente coletivo de dez entre dez conhecedores de “As Time Goes By” (muito mais a canção do que “Casablanca”, o longa com Ingrid Bergman). Billy Bob Thornton, que faz o protagonista, Ed Crane, e que já vinha de uma curva ascendente desde “Um Plano Simples” (1998) e “Vida Bandida” (2001), simplesmente arrebenta na interpretação do pacato barbeiro que escondia tenebrosos segredos. Os Cohen são daquele tipo de cineasta que adora levantar o tapete da América e mostrar que, por baixo da aparente normalidade, geralmente se camuflam bestialidades horrendas. A tese é provada, no final. Mas não convém entrar em detalhes (eles já são suficientemente desagradáveis para quem assiste). Enfim. Ainda assim (ainda que a sucessão de sangue, lágrimas e indiferença nos empurre para fora da sala de cinema), o branco-e-preto, a fotografia e a trilha sonora vencem. Sublimemente. É preciso considerar “O Homem Que Não Estava Lá” como mera experiência plástica, privada de qualquer “mensagem” ou “sentido” (mesmo que o nosso cérebro insista em encontrar nela aquele “algo mais”, que justifica o todo). É como num videoclipe: a imagem pela imagem, subordinada ou não à música, e ao subtexto, pois a dupla continua afiada nas tiradas e nos pequenos e corriqueiros aforismos. Claro que pedir para ver “isso” e não ver “aquilo” – se estamos sempre acostumados a ver logo “tudo” –, não soa muito razoável, como pedido. De qualquer maneira, por mais má vontade que se tenha ao sair, ninguém vai negar que, pouca vezes, por exemplo, as sonatas de Beethoven foram tão bem “ilustradas”. Pois é. É mais ou menos por aí.
>>> The Man Who Wasn't There
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. WorkFlowy, de Mike Turitzin e Jesse Patel (Internet)
02. Inglourious Basterds, de Quentin Tarantino (Cinema)
03. O Kindle 3 e as respostas da Amazon ao iPad (Literatura)
04. O iPad, da Apple e de Steve Jobs (Internet)
05. Como ganhar US$ 1 milhão na internet, de Ewen Chia (Internet)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Interlinear: Hebraico-português
Enih Gilead
Clube de Autores
(2018)



A Criança e a Violência na Mída
Ulla Carlsson/ Cecília Von Feilitzen (orgs.)
Cortez
(1999)



A Treatise on the Design and Construction of Roofs (1912)
N Clifford Ricker
Chapman & Hall
(1912)



Como Falar de Deus a Meu Filho (iniciação à Vida Cristã) / 4ª Ed
Pierre Ranwez
Loyola
(1987)



Livro - Garimpo
Beatriz Bracher
34
(2013)



No Tribunal de Meu Pai - Confira !!!
Isaac Bashevis Singer
Companhia das Letras
(2008)



Amor de Perdição
Camilo Castelo Branco
Ática
(1995)



Jesus o Evangelho- Em Quadrinhos
Casa Publicadora Paulista
Casa Publicadora Paulista
(2010)



Cómo Hacer y Manejar Marionetas - Guia Sencilla de La Técnica..
Diversos
Plesa
(1975)



Jurisprudência dos Alimentos
Limongi França
Revista dos Tribunais
(1980)





busca | avançada
59843 visitas/dia
2,0 milhão/mês