Speak, Memory | Digestivo Cultural

busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Péricles Cavalcanti - lançamento de SALTANDO COMPASSOS
>>> Espetáculo “Canções Para Pequenos Ouvidos” chega ao Teatro Clara Nunes, em Diadema
>>> (Abre 11/10) Mostra BAÚ DA DGT_curadores Francisco Gaspar,Tuna Dwek, Donny Correia e Diego da Costa
>>> Escrever outros Corpos - Criar outras Margens || BELIZARIO Galeria
>>> SESC 24 DE MAIO RECEBE EVENTO DE LANÇAMENTO DA COLEÇÃO ARQUITETOS DA CIDADE
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Universos paralelos
>>> Deseduquei
>>> Cuidado com a mentira!
>>> E agora? Vai ter pesquisa novamente?
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> perversão sexual
>>> Trailer do Fim do Mundo
>>> Uísque ruim, degustador incompetente
>>> O bom e velho jornalismo de sempre
>>> Apresentação
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Felicidade
>>> Ano novo, vida nova.
Mais Recentes
>>> A Jornada Para Casa Uma Parabola De Kryon - A Historia De Michael Thomas E Os Sete Anjos de Lee Carroll pela Madras (2011)
>>> No Vale Dos Suicidas - Madras de Evaristo Humbertto De Araujo pela Madras (2009)
>>> Os Segredos Do Karate Shotokan de Robin L Rielly pela Madras (2011)
>>> História social da criança e da família de Philippe Ariés pela Guanabara (1981)
>>> A revolução da palavra - Uma visão do homo loquens de Pedro Paulo Filho pela Siciliano (1987)
>>> A Sombra de uma Paixão de Tanya Oliveira pela Lúmen (2007)
>>> A evolução da consciência de Robert Ornstein pela Best Seller (1991)
>>> Iracema de José de Alencar pela L&Pm Pocket (2009)
>>> Ciência e fé: O reencontro pela- Física quântica de Bispo Rodovalho pela Lua de mel (2013)
>>> A ponte clandestina - Teorias de cinema na América Latina de José Carlos Avelar pela 34 (1995)
>>> As Fortunas do Cortesão de Peter Burke pela Unesp (1997)
>>> O barão das árvores de Italo Calvino pela Companhia Das Letras (1991)
>>> Cultura Brasileira - Temas e Situações de Alfredo Bosi pela Atica (1992)
>>> Poemas de Rainer Maria Rilke pela Companhia Das Letras (1993)
>>> A Feira das Vaidades - I e II Volume de William Makepeace Thackeray pela Civilização Brasileira (1963)
>>> Cinema marginal (1968/1973) - A representação em seu limite de Fernão Ramos pela Brasiliense (1987)
>>> O Circo da Noite de Erin Morgenstern pela Intrínseca (2012)
>>> A vida viaja na luz de Carlos A. Baccelli Inácio Ferreira pela Leepp (2011)
>>> Por que perdeu ?: Dez desfiles derrotados que fizeram história de Marcelo de Mello pela Record (2018)
>>> Cultura de Massa e Cultura Popular de Ecléa Bosi pela Vozes (1973)
>>> Antes de dormir de S. J. Watson pela Record (2012)
>>> História da Civilização - Idade Média, Moderna e Contemporânea de António G. Mattoso pela Lisboa - Livraria Sá da Costa (1956)
>>> Uma história da república de Lincoln de Abreu Penna pela Nova Fronteira (1989)
>>> Adestramento de Cães para Leigos de Jack Volhard / Wendy Volhard pela Alta Books (2005)
>>> Capitalismo, trabalho e educação de José Claudinei Lombardi pela Autores Associados (2004)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Cinema

Sexta-feira, 16/5/2003
Speak, Memory
Julio Daio Borges

+ de 3100 Acessos




Digestivo nº 134 >>> Estamos na época dos documentários. Entre os brasileiros, o mais novo “darling” da crítica é o “Nelson Freire” de João Moreira Salles. A consagração foi unânime e as platéias têm aplaudido de pé. É a vingança dos tímidos introvertidos: o diretor conseguiu extrair duas horas de performances e depoimentos de um dos pianistas mais verbalmente lacônicos de toda a História. Freire praticamente não completa nenhuma frase e – conforme o jargão – “deixa que a música fale por ele”. Não admira que fuja das entrevistas; e nem que tenha sido, na infância, um menino solitário. Com pouca idade, já garoto prodígio, “tinha o seu mundo” – no bonito dizer de uma professora. Aliás, quando o “narrador” entra, o espectador consegue encaixar algumas peças no lugar – em outras ocasiões, não. Os trechos estão embaralhados (propositalmente?) e não se sabe o que é “antes” e o que é “depois” no filme. O protagonista tampouco esclarece algumas dúvidas sobre suas ligações pessoais. Por exemplo: – O que é Martha Argerich para ele? (Uma amiga? Uma ex-amante? Uma namorada?) Claro: tudo isso desaparece diante da música – mas um pouco mais de cuidado com a cronologia e com o público médio não seria pedir demais. São muitas as reticências e muitos os subentendidos, e o leigo não tem obrigação de preenchê-los com as respostas corretas. Então o realizador se enfeza e proclama: – Não é para todo mundo. Azar de todo mundo. (Etc.) Em termos. É interessante, porém, observar como alguns sujeitos, metidos a entendidos, saem da sala com aquela cara de ter captado absolutamente tudo. Coisas de que nem um “connaisseur” daria conta. É a sina de quem freqüenta essas cadeias metidas a exibir obras-de-arte. Nélson Rodrigues (sempre ele) gostava de provocar os intelectuais que não leram nenhum livro: os cinéfilos. (Aquele tipo que sai da sessão mais “lido”.) Mas voltando a “Nelson Freire”, algumas das melhores passagens são as cômicas. Muitas evidenciando a falta de jeito do pianista, ao lidar com o que chama de “star system”, ou, por vezes, com o seu próprio instrumento. Entre as peças, fica-se com a sua temporada ao lado de Rachmaninoff, na Rússia. Não há dúvida de que Freire foi um dos maiores do século (XX), mas talvez por isso mesmo merecesse ser mais “espremido”, mais pesquisado e mais elaborado, ao menos para a posteridade.
>>> João Moreira Salles filma o Brasil delicado em Nelson Freire
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. A aquisição do Whatsapp, pelo Facebook, por 19 bilhões de dólares (Internet)
02. A morte da MTV Brasil (Televisão)
03. Caro Francis, documentário de Nelson Hoineff (Cinema)
04. Chamadas Telefônicas, de Roberto Bolaño (Literatura)
05. O Papel da Oposição, artigo de Fernando Henrique Cardoso (Além do Mais)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Encontro com o Mestre
DeRose
matrix
(2002)



Iluminação Interior
John White. Org
Cultrix
(1998)



O Sonhador a Fábrica de Sonhos
João Berbel
Farol das Três Colinas
(2014)



O Melhor da Cronica
Lindolfo Paoliello
Del Rey
(2003)



A Teia do Homem Aranha - Vol. 5
Marvel
Panini Comics
(2011)



Simpatias e Segredos Populares - 4ª Edição
Nivio Ramos Sales
Pallas
(2008)



Histórias "Animais" que as Pessoas Contam
Marcel Benedeti
mundo maior
(2006)



Brincando Com Colagens, Recortes e Dobraduras
Rosangela P. Nascimento
Global
(2002)



Livro - Série Bom Livro - o Alienista
Machado de Assis
Ática
(2002)



Sangue e Esplendor
Daniel Myerson
ediouro
(2003)





busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês