Cenas de abril | Digestivo Cultural

busca | avançada
72073 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Poeta paulista lança “O que habita inabitáveis lugares” abordando as relações humanas durante a pand
>>> Biografias e Microrroteiros do Parque
>>> MONUMENTOS NA ARTE: O OBJETO ESCULTÓRICO E A CRISE ESTÉTICA DA REPRESENTAÇÃO
>>> Cia Triptal faz ensaios abertos para Pedreira das Almas, de Jorge Andrade
>>> Integridade Garantida, peça de Alberto Santoz sobre violência urbana, estreia no Cacilda Becker
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Quando o virtual cai na real
>>> Um Amor Anarquista
>>> ego shots fazem bem à saúde
>>> Curso de Criação Literária
>>> O Sol é Para Todos
>>> Entrevista com Miguel Sanches Neto
>>> De volta às férias I
>>> Píramo e Tisbe
>>> A Última Ceia de Leonardo da Vinci
>>> O Desprezo de Alberto Moravia e Jean-Luc Godard
Mais Recentes
>>> Almas de lama e de aço de Gustavo Barroso pela Abc (2012)
>>> Civilização E Barbárie N'Os Sertões: Entre Domingo Faustino Sarmiento E Euclides Da Cunha de Miriam V Gárate pela Fapesp (2001)
>>> Herois E Bandidos - Os Cangaceiros Do Nordeste de Gustavo Barroso pela Abc (2012)
>>> O Cabeleira de Franklin Távora pela Abc (2021)
>>> Recados da Vida de Francisco Cândido Xavier - Autores Diversos pela Geem (1983)
>>> O Silêncio das Montanhas de Khaled Hosseini pela Globo Livros (2013)
>>> Novas Mensagens de Francisco Cândido Xavier pela Feb (1987)
>>> Bellini e o Demônio de Tony Bellotto pela Companhia das Letras (1997)
>>> O Problema do Ser, do Destino e da Dor de Léon Denis pela Feb (1999)
>>> Energia Elétrica e Integração na América do Sul de Ligia Maria Martins Cabral pela Centro da Memória da Eletric (2004)
>>> Sylvio Pinto. 55 anos de pintura de José Maria Carneiro pela Rbm (1993)
>>> Jornal Nacional - Modo de Fazer de William Bonner pela Globo (2008)
>>> Design sem Fronteiras: a Relação Entre o Nomadismo e a Sustentabilidade de Lara Leite Barbosa pela Edusp (2012)
>>> Dicionário de sociologia: Guia prático da linguagem sociológica de Allan Johnson pela Jorge Zahar (1997)
>>> Quando fui outro de Fernando Pessoa pela Alfaguara (2006)
>>> Neve de Orhan Pamuk pela Companhia das Letras (2006)
>>> Português Alemão Português Vocabulário Básico de Curso de Idiomas Globo pela Globo (1991)
>>> Os espiões de Luis Fernando Verissimo pela Alfaguara (2009)
>>> Minidicionário Alemão Português Portugues Alemão de Erich Ronald Zwickau pela Edelbra
>>> Dicionário Inglês Português - Português Inglês de Liege Maria de Souza Marucci pela Bicho Esperto (2012)
>>> Morrer de Prazer de Ruy Castro pela Foz (2013)
>>> Ponto de Impacto de Dan Brown pela Sextante (2005)
>>> Par Ou Ímpar - Vivendo a Matemática de José Jakubovic pela Scipione (1992)
>>> The Brothers Karamazov de Fyodor Dostoyevsky pela University of Chicago (1989)
>>> Capítulos de História Colonial 1500-1800 de J. Capistrano de Abreu pela Publifolha (2000)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Sexta-feira, 5/11/2004
Cenas de abril
Julio Daio Borges

+ de 4000 Acessos




Digestivo nº 200 >>> A partir dos anos 60, a impressão que se tem é de que o Brasil sempre foi da música. A mensagem de compositores populares atravessou por décadas barreiras que as outras artes, apesar de bem realizadas, não conseguiram superar. Assim, a imagem que se tem da cultura brasileira, e com a qual se cresce desde o meio do século XX, é a da música. Nos anos 80, não foi diferente. Qualquer adolescente (hoje e na época) evoca(va) os nomes de Cazuza e de seus contemporâneos, mas dificilmente vai(ia) saber alguma coisa sobre a poeta Ana Cristina Cesar. Talvez para preencher essa lacuna, nos bancos escolares, Laura Sandroni incluiu a “Ana C” no rol de autores que compõem a coleção Novas Seletas da editora Nova Fronteira. E Ana Cristina, apesar de ter feito parte da geração aparentemente despojada da “literatura de mimeógrafo”, mereceu agora ensaio de Silviano Santiago (o prefaciador das obras completas de Carlos Drummond de Andrade), e obviamente apresentação de seu amigo Armando Freitas Filho. O que chama a atenção hoje, para aqueles que já passaram da fase da influência, é, mais que a poética, os insights e as percepções argutas da poetisa, como esta: “A gente sempre acha que é/ Fernando Pessoa”. Ou, antecipando a problemática dos relacionamentos pós-modernos, que permanece: “Nós estamos em plena decadência (...) Quando duas pessoas chegam a se dizer isso tranqüilamente, é sinal de terra à vista”. Ou ainda sobre a consagração precoce: “Assinei meu nome tantas vezes/ e agora viro manchete de jornal”. Ana Cristina Cesar se suicidou aos 31 anos e, nesse sentido, são comoventes os testemunhos de seus familiares incluídos no volume. Tentam alguma comunicação depois de mais de 20 anos (ela se foi em 1983) ou enfileiram lembranças da juventude, da infância, num exercício livre de interpretação da escritora e de seu “duplo”. Como observa Freitas Filho, a graça da sua poesia, mais que qualquer coisa, é que ela “ia à praia, às festas, jogava bola, suava”. Portanto, seus parentes têm razão em aproximar a artista da pessoa Ana Cristina Cesar. Cazuza reina soberano no rol de preferências dos conjuntos destes anos 00, mas talvez fosse igualmente importante conhecer a fonte inspiradora de autores como Ana Elisa Ribeiro, a “ana e”.
>>> Ana Cristina Cesar - 144 págs. - Nova Fronteira
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. The Devil Put Dinosaurs Here, do Alice in Chains (Música)
02. Procure Saber e o ocaso da MPB (Música)
03. The Daily, de Rupert Murdoch, no iPad (Imprensa)
04. Colin Powell sobre liderança (Além do Mais)
05. Cadernos de Literatura Brasileira: Mario Quintana (Literatura)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Xangô de Baker Street
Jô Soares
Companhia das Letras
(1995)



Estranhos Íntimos
Márcia Infante
Outras Letras
(2011)



Cyber Contos Senzala
Jair Ferreira dos Santos
Brasiliense
(2006)



Rio Escuro
John Twelve Hawks
Rocco
(2009)



Confiteor
Paulo Setubal
Companhia Ed Nacional
(1937)



A Verdade Sobre a Tragédia dos Romanov
Marc Ferro
Record
(2017)



Os Boinas Verdes - Episódios da Guerra no Vietnã
Robin Moore
Flamboyant
(1999)



O mal-estar da pós-modernidade
Zygmunt Bauman
Jorge Zahar Editores
(1998)



O Homem do Caderno
Wilson Frungilo Jr.
Ide
(2010)



Ideas About Substance
Albert L. Hammond
The Johns Hopkins Press
(1969)





busca | avançada
72073 visitas/dia
1,8 milhão/mês