Sobre escrever | Digestivo Cultural

busca | avançada
71230 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOG >>> Posts

Sexta-feira, 18/5/2007
Sobre escrever

+ de 2800 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Venho pensando em escrever. O gerundismo aqui, creio que se perdoa, pois é mesmo uma coisa que se arrasta, que "vai vivendo", "continua andando", e "está estando". Mas desde quando? Desde os 12 anos de idade. Hoje tenho 25 e, de concreto, nada. Confesso que me foi muitas vezes mais fácil pensar em abandonar a escrita do que realmente me aventurar por alguma das idéias que tenho na cabeça.

Mas não consigo. Ou melhor, não tenho conseguido (esta forma é um pouco menos "baixo astral"). Mantenho um diário em papel, em que misturo a ficção ao cotidiano. Talvez no final eu acabe escrevendo uma "ficção do cotidiano" e nem saiba mesmo no que acreditar. Ou não saiba mesmo separar uma coisa da outra. Embora já tenha pensado em fazê-lo: escrevo à mão no diário, e à máquina de escrever os "textos". Começava a divagar na máquina de escrever, e a própria movimentação de ir pegar a máquina, tirar a tampa, posicionar o papel tornava toda a operação solene e desnecessária. Um rito que, afinal, não levava a nada, pois a cabeça já ia vazia de idéias.

Não sei, portanto, qual é o meu problema. Talvez erro de aspiração. Tive em criança a facilidade com números; em português nunca fui bom, apenas médio. Isso nas várias subáreas em que a matéria de "português" era dividida quando cursei o ensino fundamental: a parte normativa, a difícil interpretação de texto, a análise sintática. Vi um pouco de literatura, mas só me interessei mais quando adolescente.

Eu comecei a escrever com 12 anos de idade. Na época, eu comecei a escrever uma mistura de relato de fatos da escola, da turma, com ficção. Li alguns livros da série Vaga Lume e comecei a escrever por eles. Disse que meus colegas estavam na história, uns se identificavam com algumas coisas, outros nem sabiam. Um até me deu um caderno!

Hoje, além de não arrumar tempo (sou desorganizado) para escrever, não consigo evocar as lembranças deste tempo. Talvez seja o meu erro bater sempre na mesma tecla. Ou insistir em não bater em nenhuma.

O que escrevo hoje? Bem, este blog que se arrasta. Já o apaguei uma vez, mas resolvi continuar. Trabalho atualmente com informática. Na prática, é de certa forma lidar com uma linguagem - no caso, a de programação. Mas o único objetivo é resolver um problema (isso, no meu caso, que mantenho um sistema antigo em funcionamento) e a sensação de criação é reduzida, de fato, em relação à criar um sistema inteiro. Penso em comparar isso à escrita de um romance, mas... é bem diferente. Lidar com o subjetivo e torná-lo objetivo é diferente. Afinal, como é que os grandes autores sabem o que as suas personagens farão? Que estranha engenharia é essa, a de fios que se entrelaçam, paredes e portas que se constroem e se fecham, mas que no final leval a um lugar que, de alguma forma, tem uma certa claridade?

Bom, enfim, alguns pensamentos por hoje. Acho que no final eu quero mais é que me leiam do que eu escrever alguma coisa.

Marcelo A., no seu blog, que linca pra nós.


Postado por Julio Daio Borges
Em 18/5/2007 à 00h50


Quem leu este, também leu esse(s):
01. 10 de Dezembro #digestivo10anos de Julio Daio Borges
02. Circulação dos jornais caindo de Julio Daio Borges
03. Vida e tédio de Julio Daio Borges
04. Ofício com Carlos Herculano de Ana Elisa Ribeiro
05. Uma impressão sobre Capitu de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/5/2007
14h15min
Ô Marcelo. Legal sua reflexão. Mas acho que sua angústia atrapalha (o que estou dizendo? Tem gente que só consegue escrever sob angústia, sofrimento, mal-estar...). Mas o que quero dizer é que querer escrever (no sentido de ter de cumprir uma missão) é ruim! O ideal é querer escrever (no sentido de estar com vontade). Mas para tudo tudo existe técnica. Aprendi com o mestre Raimundo Carrero que quem espera uma ninfa vir do Olimpo soprar a inspiração no ouvido para só daí escrever, vai morrer sem datilografar uma lauda na vida. Escrever requer persistência, diciplina e teimosia mesmo! A princípio, vai escrever por obrigação. Vai fazer uns troços horríveis e dispa-se de orgulho, pois você (necessariamente) tem de reconhecer que são péssimos! Só assim, no dia em que escrever algo de qualidade, vai estar sendo justo consigo mesmo e com seu texto. Aí sorria. Tente repetir a dose. Veja porque este ficou melhor que o outro. Guarde-o na gaveta e continue. Sem esmorecer. O treino é tudo! Sucesso
[Leia outros Comentários de Albarus Andreos]
19/5/2007
14h26min
Esqueça a angústia e ponha no papel o que lhe vem à mente, não se importe com os outros, mas com a (in)satisfação que isso possa lhe trazer.
[Leia outros Comentários de Cantimar]
29/5/2007
11h39min
Marcelo, gostei do que escreveste. Por isso, me aventuro a tecer alguns comentários sobre o que li. Onde está o problema? Não existe problema. Que é o texto literário, senão essa mistura de ficção e realidade, lembranças e relembranças? Não há mistério. Escreves e isso basta. É verdade, porém, que, em algumas vezes, bate essas incertezas, e o escritor acaba se complicando, mas isso faz parte da "coisa". Manuel Bandeira nos ensina, afirmando que há poemas pefeitos, mas não há poetas perfeitos. Acho que isso caminha um pouco em direção ao que tens em mente. Teu texto será perfeito, a partir do momento em que te libertares do medo de escrever. Em literatura, não há idéias preconcebidas. É tudo questão de momento, quando elas vão surgindo e vamos colocando essas idéias para fora, por mais absurdas que elas - em um primeiro momento, possam parecer. Veja Gabriel García Marquez, por exemplo. Espero ter contribuído com esse debate. Um grande abraço.
[Leia outros Comentários de Américo Leal Viana]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CARTILHA DA PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIOS
GOMES
INTERCIÊNCIA
(2001)
R$ 5,00



HEROES VINGANÇA - EDIÇÃO DE COLECIONADOR - CAPA DURA - ENCADERNAÇÃO DE LUXO
SEAMUS FAHEY, ZACH CRALEY, RUBINE
PIXEL
(2016)
R$ 44,90
+ frete grátis



MECÂNICA VECTORIAL PARA ENGENHEIROS - DINÂMICA (6ª ED.)
FERDINAND P. BEER ET AL
MCGRAW-HILL
(1998)
R$ 24,90



4 ASES & 1 CURINGA
NATALINO MARTINS
SARAIVA
(1998)
R$ 4,90



O MENOR EM DEBATE
ESPAÇO CADERNOS E CULTURA USU, Nº 11 DE 1985
UNIVERSIDADE SANTA ÚRSULA
(1985)
R$ 31,82



MARKETING PARA O SÉCULO XXI
PHILIP KOTLER
FUTURA
(2007)
R$ 9,80



DIREITO TRIBUTÁRIO: QUESTÕES DA ESAF COM GABARITO COMENTADO.
SERGIO KARKACHE
ELSEVIER
(2009)
R$ 30,00
+ frete grátis



CONTOS
MACHADO DE ASSIS
SOL
R$ 7,00



A INVISÍVEL MÁQUINA DO MUNDO
MARIANNE WIGGINS
EDIOURO
(2005)
R$ 10,00



NUEVO PAÍS, NUEVA POBREZA
MARÍA DEL CARMEN FEIJOÓ
FONDO DE CULTURA ECONOMICA
(2003)
R$ 47,28





busca | avançada
71230 visitas/dia
1,4 milhão/mês